Oi0vHp50cAk

Teahupoo quebra gigante e perfeito e local Matahi Drollet completa onda que está sendo chamada de “uma das melhores da história” do pico. Assista

Por Redação HC

Enquanto os tops do CT esperavam por um balanço qualquer no Oceano Índico para finalizar a etapa de Keramas, uma ondulação de peso varria o Pacífico Sul e fazia a onda de Teahupoo quebrar do seu jeito mais impressionante: gigante, perfeito e sinistro.

Big riders do mundo todo monitoraram o swell e se deslocaram para o pico a tempo de participar da sessão. Mas a melhor onda de todas ficou para um jovem local, Matahi Drollet, irmão mais novo do legend Manoa Drollet.

E a onda surfada por Matahi não foi apenas a melhor daquela sessão. Ao espalhar-se pelas mídias sociais mundo afora, ela rapidamente começou a ser comentada, entre nomes respeitados da cena, como uma das mais bem surfadas na remada na história do pico. Se não a melhor de todas, como alguns ousaram cravar. Foi o caso do big rider e comentarista da WSL Peter Mel. Para Albee Layer, a onda é no mínimo um top 5.

A Red Bull produziu um vídeo com o melhor da ação que rolou — você pode conferir acima. Além da onda de Matahi, o local Raimana van Bastolear, de férias do seu trabalho de piloto do jet no Surf Ranch, e Billy Kemper também pegaram algumas ondas memoráveis. Mas antes vale dar uma olhada na onda do jovem Drollet. Assista abaixo:

Quais outras ondas históricas na remada em Teahupoo você consegue se lembrar? Andy Irons, Nathan Florence, todas as do Gabriel Medina em 2014… Em que posição fica esta de Matahi Drollet?

VEJA TAMBÉM:
– GAROPABA TERÁ PISCINA DE ONDAS COM INVESTIMENTO DE R$ 250 MILHÕES
– STEPHANIE GILMORE VENCE ETAPA DE BALI COM ATUAÇÃO HISTÓRICA
– TUBARÃO ATACA E MATA BANHISTA EM MAUI