24 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024
24 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024

Surfland Brasil anuncia entrega para outubro de 2023

A Surfland Brasil recebeu a última remessa de containers com as peças necessárias para construir a primeira piscina de ondas artificiais em um clube e resort no mundo. Os materiais enviados da Espanha pela Wavegarden, empresa líder mundial do segmento, garantem a construção do grande atrativo do complexo de multipropriedade em construção em Garopaba, no litoral catarinense. A partir deste envio, a Surfland Brasil confirma a entrega do projeto para outubro de 2023.

A primeira remessa que chegou em outubro de 2021 trouxe materiais que foram concretados no bloco central, aguardando as estruturas finais para o gerador de ondas. Com a chegada de 50 containers, as peças que fazem a tecnologia Wavegarden Cove 2.0. produzir mais de 900 ondas por hora vão ser colocadas para o equipamento funcionar e finalizar a piscina. Junto com os maquinários necessários para a implantação dos motores de propulsão, chegam peças para a montagem dos mecanismos de tratamento de água, sistemas de iluminação, entre outras tecnologias que guardam sigilo industrial. No decorrer desta etapa de finalização, a Surfland Brasil conta com a participação ativa dos membros da equipe de engenharia e tecnologia da Wavegarden, que acompanharam a descarga.

+ 11 brasileiros confirmados na elite do surf mundial em 2023

+ Uma hora em Pipeline com John John Florence

+ Campeões paulistas e do Brasil Surf Tour 2022 coroados em Ubatuba

André Giesta, CEO da Surfland Brasil, destaca que após cumprir todas os trâmites referentes à chegada dos containers, é um sonho se realizando ver o quão perto está a concretização da onda perfeita em Garopaba. “Saber que as todas máquinas e peças estão aqui, faltando apenas a Wavegarden vir montar, é uma segurança para mim e todos os clientes que acompanham a trajetória da Surfland Brasil. É uma etapa muito especial do projeto, que é um empreendimento diferente, arrojado e único no mercado de multipropriedade”.

Com obras iniciadas em abril de 2020, o projeto comercializado no formato de multipropriedade está em fase final de vendas. O complexo terá 464 mil metros², sendo que 300 mil são de área preservada e 278 apartamentos, em sete prédios batizados como Ferrugem, Rosa, Vermelha, Barra, Ouvidor, Silveira e Siriú, em homenagem às praias mais bonitas da região; skatepark inovador, com aproximadamente 2mil m², planejado e estudado pelo campeão Pedro Barros; além de áreas gastronômicas, espaço fitness, spa center, kids club, escolas e clínicas de surfe, tênis e beach tennis, quadra de futebol, open mall, museu do surf e muito mais.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias