Após temporal provocar enchente em Petrópolis, surfista pega prancha e sai surfando pelas ruas rebocado por uma moto

Por Redação HC

Se você achava que Petrópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro, não tinha surf nem surfista, estava achando errado. Não é na água salgada e na verdade nem tem onda direito, mas o deslizar na água em cima de uma prancha está lá — “graças” ao temporal que atingiu a cidade nesta quarta (8), provocando diversos pontos de alagamento.

Romulo Rocha, morador da cidade, aproveitou a enchente, convocou um amigo que foi pilotando uma moto saiu surfando a reboque por algumas das ruas centrais de Petrópolis.

“Era para ser um dia de voo livre, quando cheguei na rampa se formou uma nuvem enorme, impossibilitando o voo e desabando o mundo, a única alternativa para ainda aproveitar o dia foi buscar minha prancha de surf”, escreveu Romulo junto do vídeo em que divulga sua “façanha”.

A cena foi filmada por diversas pessoas que passavam pela rua, e os vídeos rapidamente se espalharam pela internet, dando ao surfista da enchente de Petrópolis um status de quase celebridade.

Ele curtiu o momento, mas afirmou que o surf foi em protesto contra o alegado descaso do atual prefeito de Petrópolis (Bernardo Rossi, do MDB) com a cidade. E ainda alertou aos telespectadores: “não tentem fazer isso, pois é muito perigoso.”

Assista ao vídeo do “surf” em Petrópolis:

Veja também:
Camisa de competição de Kelly Slater flutua na Estação Espacial Internacional