27 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
27 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Surf Junkie Club anuncia valores, lotes e opções de pagamento

O SURF JUNKIE CLUB (SJC) anunciou na última terça-feira, 27/2, os valores, lotes e modalidades de pagamento para o público.

Para se tornar membro, os interessados devem adquirir um “Surf Junkie”, representado por uma arte digital colecionável, a partir do dia 21 de março.

Serão abertos dois (2) lotes de venda no site oficial do clube: o 1º lote oferece um preço fixado em US$ 40 (aprox. R$ 200*) + taxas, com possibilidade de comprar até dez (10) “Surf Junkies” por carteira digital.

+ Surf Junkie anuncia experiências exclusivas para a comunidade do surf no mundo dos NFTs

Para aproveitar esta condição, os interessados devem ingressar na comunidade do SJC no Telegram e/ou Discord para solicitar uma vaga na ‘Lista de Prioridade’ (WL).

Já o 2º lote será aberto ao público no valor de US$ 60 (aprox. R$ 300*) + taxas com limite de até seis (6) “Surf Junkies” por carteira. Ainda não foi revelado se existirá um 3º lote e o tempo de duração de cada oferta.

Os membros adquirem uma arte digital colecionável registrada na blockchain criada por Marcello Serpa, um dos designers mais premiados do mundo, que libera acesso a um marketplace com experiências e produtos em edição limitada no formato de ‘DROPS’ (vouchers digitais) que dão acesso a atletas, celebridades e viagens lendárias para as melhores ondas do mundo. Membros podem comprar o voucher para resgatar a experiência ou revender no mercado secundário como o OpenSea.

Somos o primeiro e único clube de surf ativo na WEB3 que utiliza essa tecnologia alinhada com o modelo de negócios dos drops”, afirma Matheus Bombig, um dos fundadores responsável pela área comercial.

“Criamos uma coleção maravilhosa de quatro mil (4.000) Surf Junkies únicos para representar as ‘carteirinhas do clube’, sendo uns mais raros e lendários do que outros através de uma combinação aleatória de mais de 200 características desenhadas à mão pelo Serpa”, revela Felipe Baracchini, sócio fundador e gerente geral do projeto.

Os membros do SJC possuem ainda os direitos autorais e comerciais exclusivos sobre a sua arte digital, acesso a reuniões periódicas com os fundadores para criação e sugestão de experiências e parcerias que ofereçam utilidades e benefícios para surfistas.

Ao efetuar a compra utilizando moeda crypto, paga-se uma taxa de 7% para a rede Ethereum, onde as artes digitais (Surf Junkies NFTs) estão registradas. Para quem ainda não está familiarizado com o tema, o clube oferece a opção de pagamento via PIX, com uma taxa adicional de mais 5% (totalizando 12% de taxas), por se tratar de um meio de pagamento que facilita a compra de cripto ativos.

“É um meio de pagamento que vai ajudar as pessoas interessadas no Surf Junkie Club que até então não tiveram nenhum tipo de contato com o mundo de criptomoedas e NFTs. Em todas as coleções que essa solução foi oferecida, mais de 70% dos membros que compraram os NFTs não tinham nenhum contato anterior com esse mundo”, comenta Rodrigo Caggiano, diretor de desenvolvimento de novos produtos na Mobiup.

Conheça mais sobre o projeto aqui e siga o SURF JUNKIE CLUB (SJC) nas redes sociais.

* Valores aproximados de acordo com a cotação da moeda no dia da compra.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias