26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Stab se retrata por post polêmico no Instagram

No dia 08 de julho, um artigo publicado pelo site australiano Stab, intitulado “Are Brazilian Champions Detrimental To The WSL?” (tradução livre: “Os campeões brasileiros são prejudiciais à WSL?”), despertou a ira de internautas brazucas, principalmente após o site ter divulgado a matéria em seu perfil no Instagram.

A matéria, contudo, não era depreciativa aos surfistas brasileiros, mas o título, bastante provocativo, foi trabalhado de forma exagerada pela Stab em seu Instagram.

Leia também: 

+ Guia das Olimpíadas: tudo sobre o surf

+ Perfil: Silvana Lima no Time Brasil

Como se tratava de um conteúdo “premium”, só teve acesso ao artigo quem leu a matéria. Esse fato contribuiu fortemente para que uma horda de internautas enfurecidos acusassem a Stab de preconceito contra o Brasil (entenda o caso AQUI).

Ontem, porém, o site publicou uma retratação em português pedindo desculpas ao público brasileiro e reconhecendo que “errou a mão” ao fazer a postagem em seu Instagram:

A manchete poderia ser facilmente interpretada como descaradamente racista quando vinda de uma fonte externa da Austrália e dos EUA. Foi um descuido postar desse jeito, onde o contexto é mínimo e as manchetes costumam ser as únicas palavras lidas”, diz o texto.

Para se desculpar, a Stab também liberou o acesso à matéria, que agora pode ser lida na íntegra sem a necessidade de assinatura do conteúdo premium do site.

Para ler o artigo (em inglês) clique AQUI.

Como bônus, a Stab também liberou outro artigo sobre o cenário do surf brasileiro, no caso, o feminino, intitulado “Why Is There No Female Brazilian Storm?”, que pode ser lido AQUI.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias