26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Sem Medina, Brasil garante vaga na semifinal do Margaret River Pro

A quarta etapa do Championship Tour (CT) da WSL, Margaret River Pro, teve seu reinício na última quarta (quinta-feira na Austrália), com a realização das baterias da fase de oitavas de final.

Os surfistas brasileiros mais uma vez se destacaram na competição, com Italo Ferreira e Filipe Toledo, que se enfrentarão na quarta bateria das quartas de final, garantindo assim uma vaga para o Brasil nas semis independente de quem vença.

A competição começou às 7h35 na Austrália Ocidental (cerca de 20h30 no Horário de Brasília), com baterias sobrepostas de 44 minutos e definiu os 8 atletas que estão agora nas quartas-de-final do evento.

Gabriel Medina, Peterson Crisanto, Caio Ibelli e Jadson André deram adeus à competição nessa fase.

Peterson Crisanto. Foto: WSL

A eliminação de Medina, que lidera o ranking mundial, foi bastante sentida pela torcida brazuca e agora deve apimentar a corrida pela lycra amarela.

O brasileiro enfrentou Seth Moniz (HAV) em uma bateria um pouco confusa por conta do sistema de baterias sobrepostas da WSL.

Medina levou um caldo violento em uma disputa de onda que envolveu Ryan Callinan (AUS), que estava na outra disputa e tinha prioridade, e Seth Moniz.

Medina, que estava mais deep em uma onda cuja prioridade era do australiano, tento surfá-la e acabou vacando.

Ontem, a Top Isabella Nichols havia relatado ao jornal The Guardian, momentos de terror que sofrera durante uma vaca violenta em sua bateria.

Havia, portanto, uma certa tensão em relação ao brasileiro. Tanto por sua integridade física, quanto por uma possível punição de interferência por ter remado em uma onda na qual não tinha prioridade.

Medina Margaret River Pro
Seth Moniz. Foto: WSL

Os juízes, no entanto, apenas passaram a prioridade para seu adversário, resultado foi que ele deu a primeira prioridade do confronto para o seu adversário.

Sem a prioridade inicial, Medina fez uma boa onda garantindo 6.00 pontos. A disputa seguiu parelha, com uma pequena vantagem em favor do brasileiro.

Na metade da bateria, o havaiano fez uma onda regular, mas que lhe rendeu 4.67 pontos e a liderança da bateria.

Medina conseguiu a virada instantes depois, porém o havaiano retomou a liderança quando faltavam cinco minutos para o fim com 5.17. Para piorar a situação do brasileiro, Seth conseguiu trocar sua nota mais baixa, mesmo com a prioridade em favor de Medina, que acabou sendo eliminado, encerrando sua participação na nona colocação.

John John Florence. Foto: WSL

Nas outras baixas, Peterson Crisanto acabou sendo eliminado por John John Florence (HAV) que está em sintonia com as ondas de Margaret River, pelo placar de 13.50 a 8.97 pontos.

Enquanto Caio Ibelli e Jadson André foram eliminados em confrontos caseiros respectivamente contra Italo Ferreira e Filipe Toledo.

Medina Margaret River Pro
Italo Ferreira. Foto: WSL

Atual campeão mundial, Italo teve uma atuação impecávelna bateria contra Caio Ibelli. Com manobras poderosas e verticais de backside, deixando seu compatriota precisando de uma combinação de notas, avançando com o maior somatório do dia: 16.57 pontos contra 10.83 de Ibelli.

Já bateria entre Jadson Andre e Filipe Toledo, que encerrou a rodada, foi bem disputada, porém, sem nenhuma performance de grande destaque até os minutos finais, quando Filipinho, que já estava na frente, fez três manobras boas numa onda intermediária, fazendo uma pontuação de 6.33, que lhe garantiu a vitória pelo placar de 11.83 a 9.47 pontos.

Medina Margaret River Pro
Filipe Toledo. Foto: WSL

A WSL informou que na sexta-feira (esta quinta-feira no Brasil) a competição entrará novamente em espera.

A próxima chamada para o Margaret River Pro acontecerá nesta sexta-feira (Brasil), às 20h (de Brasília).

Cobertura da competição feminina AQUI.

Margaret River Pro 2021

Oitavas de final Masculinas

1 John John Florence (HAV) 13.50 x 8.97 Peterson Crisanto (BRA)
2 Griffin Colapinto (EUA) 14.66 x 8.33 Jeremy Flores (FRA)
3 Jordy Smith (AFR) 10.10 x 9.23 Julian Wilson (AUS)
4 Ryan Callinan (AUS) 14.86 x 10.36 Frederico Morais (POR)
5 Seth Moniz (HAV) 9.84 x 9.53 Gabriel Medina (BRA)
6 Matthew McGillivray (AFR) 12.77 x 11.08 Kanoa Igarashi (JAP)
Italo Ferreira (BRA) 16.57 x 10.83 Caio Ibelli (BRA)
Filipe Toledo (BRA) 11.83 x 9.47 Jadson André (BRA)

Quartas de final Masculinas

1 John John Florence (HAV) x Griffin Colapinto (EUA)
2 Jordy Smith (AFR) x Ryan Callinan (AUS)
3 Seth Moniz (HAV) x Matthew McGillivray (AFR)
Italo Ferreira (BRA) x Filipe Toledo (BRA)

Quartas de final Femininas

1 Bronte Macaulay (AUS) 11.83 x 11.83 Johanne Defay (FRA)
Tatiana Weston-Webb (BRA) 16.23 x 14.17 Tyler Wright (AUS)
3 Carissa Moore (HAV) 14.57 x 10.33 Isabella Nichols (AUS)
4 Stephanie Gilmore (AUS) 15.73 x 14.17 Sally Fitzgibbons (AUS)

Semifinais Femininas

1 Bronte Macaulay (AUS) x Tatiana Weston-Webb (BRA)
2 Carissa Moore (HAV) x Stephanie Gilmore (AUS)

 

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias