28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Saquarema Surf Festival 2024 tem início com disputas do QS 5000

A quarta edição do Saquarema Surf Festival, o maior festival de surf da América do Sul, em memória a Leo Neves, teve início na segunda-feira (15) com a etapa masculina do Qualifying Series com status máximo QS 5000. Uma das atrações da segunda-feira, foi o campeão mundial de ondas gigantes, Lucas Chumbo Chianca, que passou as duas baterias que disputou no primeiro dia. Já os recordistas nas boas ondas da Praia de Itaúna, foram Wallace Vasco e João Ferreira. Foram realizadas 16 baterias na segunda-feira e o QS 5000 masculino continua na terça-feira, a partir das 8h00.

Uma triagem com surfistas do Rio de Janeiro promovida pelo Circuito Banco do Brasil de Surfe, classificou os últimos e as últimas participantes do QS 5000 do Saquarema Surf Festival 2024. Na categoria masculina, as vagas ficaram com Caio Knappi e Theo Fresia. Na feminina, as duas melhores foram Laiz Costa e Leticia Calleia. O niteroiense Caio Knappi disputou cinco baterias na segunda-feira, três pela triagem e depois venceu mais duas, na primeira e na segunda fase do QS 5000.

Acho que a pressão é bem maior nas primeiras baterias”, disse Caio Knappi, após a vitória sobre Leo Andrade, Igor Shibata e Lucas Di Giorge, na segunda fase do evento. “Depois que passa a primeira, a gente vai ficando mais calmo, mas mais cansado também. Estou morto aqui agora, porque essa bateria foi intensa, deu muita onda. O mar melhorou bastante e agora é descansar um pouco pra amanhã. Graças a Deus, estou aí no segundo dia do campeonato”.

Saquarema Surf Festival 2024
O niteroiense Caio Knappi disputou cinco baterias na segunda-feira. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

Uma das atrações da segunda-feira foi o campeão mundial de ondas gigantes, Lucas Chumbo Chianca. Ele estreou na primeira bateria da segunda fase e avançou em segundo lugar no confronto vencido pelo alagoano Amando Tenorio. Chumbo participou das três primeiras edições do Saquarema Surf Festival e no ano passado conseguiu o melhor resultado, 13.o lugar na quinta fase, quando perdeu para dois surfistas que vão disputar vagas para o CT no Challenger Series esse ano, Cauã Costa e Rafael Teixeira.

Campeonato no quintal de casa é sempre bom e eu adoro esse feeling de competição”, disse Lucas Chianca. “É aqui que eu treino quando as ondas estão grandes e é bom ficar no rip de bateria, sem falar que eu adoro também dar uma impregnada na galera da marola (risos). O mar está um pouco devagar ainda, acho que o swell (ondulação) está chegando e o período tá alto para o tamanho da ondulação. Mas, deve dar um bombada mais tarde. Graças a Deus eu passei e vamos pra próxima”.

Chumbo também falou sobre o seu irmão mais jovem, João Chianca, que se inscreveu no evento, mas cancelou sua participação seguindo orientações médicas de prosseguir o tratamento para a recuperação total do acidente sofrido em Pipeline: “Graças a Deus, ele está bem, 100% de novo. Já está focado nos treinos e a meta é as Olimpíadas no Taiti, então vamo que vamo”.

MELHORES DO DIA – Lucas voltou a competir no fim de tarde da segunda-feira, quando as ondas já estavam melhores na Praia de Itaúna. Novamente se classificou em segundo lugar, com o jovem catarinense Wallace Vasco fazendo os recordes do primeiro dia. Ele ganhou a primeira nota excelente – 8,00 – do Saquarema Surf Festival 2024, com uma série de quatro batidas e rasgadas muito fortes de backside, numa direita que abriu a parede até o canal do point de Itaúna.

Saquarema Surf Festival 2024
Wallace Vasco estreou fazendo os recordes do Saquarema Surf Festival 2024. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

É gratificante saber disso, porque é um evento de alto nível, muito especial e estou feliz por ter achado duas ondas bem boas, principalmente a que foi a melhor do evento até agora”, disse Wallace Vasco. “Certamente, isso dá mais confiança para o restante do campeonato e vamos com tudo pras próximas. A bateria tinha um localzão daqui né, o Lucas Chumbo, deu uma pressão a mais, então só foquei em dar o meu melhor, achar duas ondas boas e estou feliz de ter passado essa bateria”.

Wallace Vasco venceu a bateria por 13,33 pontos, superando os 12,93 que o paulista João Ferreira tinha acabado de atingir na abertura da terceira fase. Era dele também a maior nota – 7,83 – do campeonato até ali. O recorde era o 7,00 do João Lucas Bessy na segunda fase, depois igualado pelo baiano Yage Araujo no penúltimo confronto do dia. A segunda-feira terminou com as quatro primeiras baterias da terceira fase. As outras doze serão ficaram para abrir a terça-feira.

Saquarema Surf Festival 2024
João Ferreira tinha feito a maior nota do dia também de backside. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

Eu tinha feito a estratégia de ficar ali na direitinha do canal, só que as minhas duas primeiras ondas nem foram ali no lugar que eu tava querendo ficar”, contou João Ferreira. “Foram duas ondas ruins, aí decidi esperar e consegui pegar a boa, soltar o surfe, mas não sabia que tinha sido a maior nota do dia de hoje. No ano passado, eu fiquei no mesmo lugar, fiz duas ondas boas no começo da bateria, mas cometi uma interferência e perdi. Agora tem altas ondas, a previsão é de melhorar ainda mais, então vem mais show de surfe aí”.

PRÓXIMAS ATRAÇÕES – E vem mesmo, porque na terça-feira já começam a entrar as principais estrelas do Saquarema Surf Festival 2024. Na oitava bateria da terceira fase, a quarta a entrar no mar no segundo dia, estreia o catarinense Alejo Muniz, que já fez parte da elite mundial e vai tentar retornar pelo Challenger Series desse ano. Na disputa seguinte, tem o bicampeão brasileiro Krystian Kymerson e, duas baterias depois, entra outro ex-top da elite da WSL e vencedor de uma etapa do QS em Saquarema, Wiggolly Dantas.

Ainda na terceira fase, compete o catarinense Matheus Navarro, que ganhou a primeira etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe em Torres (RS). Com a vitória, ele lidera o ranking regional da temporada 2024/2025 da WSL South America, que define o campeão sul-americano e classifica 7 surfistas para o Challenger Series, circuito de acesso para a elite do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT). O Saquarema Surf Festival 2024 é a única etapa com status QS 5000, que vale a pontuação máxima. Matheus Navarro está escalado na 14.a das 16 baterias da terceira fase.

O baiano Yage Araujo surfando uma das melhores ondas da segunda-feira. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

CABEÇAS DE CHAVE – Na sequência, serão disputadas as oito primeiras baterias da quarta fase, quando estreiam os 32 cabeças de chave mais bem colocados no ranking da World Surf League. Esta rodada começa com Edgard Groggia e Fabricio Rocha enfrentando dois classificados na segunda-feira, o campeão mundial Lucas Chianca e um dos recordistas do primeiro dia, João Ferreira. Na quarta bateria, tem o vice-campeão do Circuito Banco do Brasil de Surfe em Torres e vice-líder do ranking sul-americano de 2024/2025, Mateus Sena.

Na quinta, está Valentin Neves, filho do bicampeão brasileiro Leo Neves, homenageado pela 213 Sports no Maior Festival de Surfe da América Latina em Saquarema. A sétima bateria é encabeçada por um ex-top da elite mundial, Peterson Crisanto, e pelo atual campeão sul-americano da categoria Pro Junior, Ryan Kainalo. E na oitava e última da terça-feira, está o vencedor do principal título da América do Sul na temporada 2023/2024 e cabeça de chave número 1 do evento, Mateus Herdy. Ele vai estrear junto com um dos convidados da cidade, Arthur Maximo.

PRÓXIMOS DIAS – A programação do Saquarema Surf Festival 2024 será definida a cada dia. Para a terça-feira, já foi anunciado que serão realizadas as 12 baterias restantes da terceira fase masculina do QS 5000 e as 8 primeiras da quarta fase. A segunda metade desta rodada de estreia dos principais cabeças de chave do QS 5000, poderá abrir a quarta-feira. Mas, dependendo das condições do mar, pode ser iniciado o QS 5000 feminino, ou a categoria Pro Junior Sub-20, ou até o Longboard. Certeza mesmo é de que o show de surfe vai prosseguir na Praia de Itaúna até o domingo, quando serão decididos os títulos das seis competições do Maior Festival de Surfe da América do Sul.

A competição é transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e pelo canal da WSL Brasil no YouTube.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias