Circuito Guarujá Open 2019 terá duas etapas, a primeira entre os dias 8 e 10 de agosto na Praia do Tombo. Inscrição estão abertas

Por Redação HC

O Rip Curl Guarujá Open de Surf 2019 está confirmado com duas etapas. A abertura será na Praia do Tombo, nos dias 9, 10 e 11 de agosto e as inscrições já estão abertas. São 12 categorias em ação, valendo os títulos municipais da temporada, tendo como novidade a sub8, fortalecendo uma das diretrizes da Associação de Surf de Guarujá (ASG), de fomentar o trabalho de base para a revelação de novos valores.

Também estarão em disputa as categorias petit (sub10), estreante (sub12), iniciante (sub14), mirim (sub16), júnior (sub18), feminina, longboard (pranchões), stand up paddle surf, master (35+), legends (45+) e pro-am. Esta última com premiação em dinheiro e os finalistas dividindo R$ 2 mil. Outra atração é o Air Show, uma bateria valendo aéreos, exclusiva para convidados.

Além dos títulos guarujaenses, o Campeonato terá como grande destaque o supercampeão, uma disputa mais do que especial reunindo os campeões da temporada. O título já se tornou uma tradição e é realizado desde 2002. No ano passado, Alax Soares faturou a finalíssima, que já tem em sua galeria nomes conhecidos como Magno Pacheco, Leonardo Oliveira, Ricardo Silva, Wesley Moraes, Eduardo Motta, Luan Hanada e Giovani Pontes, entre outros atletas revelados e formados nas ondas da Cidade.

Este é o 11º ano seguido que o Guarujá Open de Surf tem o patrocínio da Rip Curl, uma das maiores empresas do Mundo no segmento surfwear e que investe no Circuito por ter sua sede no Brasil há 16 anos na Praia da Enseada. “Patrocinar o Rip Curl Guarujá Open é uma retribuição à comunidade que nos recebeu tão bem. Somos uma empresa surf e tínhamos de estar na praia. Guarujá, com certeza, é uma surf city e esse circuito tão forte e tradicional demonstra essa grande relação da cidade com o esporte”, comenta o gerente de marketing da Rip Curl no Brasil, Fernando Gonzalez.

O presidente da ASG, Ademir Silva, comemora a realização do evento, que terá mais de 200 atletas por etapa, e a renovação da parceria com a Rip Curl e com a Prefeitura. “A Rip Curl está no Circuito há 11 anos. Confirma que o trabalho vem sendo bem feito, porque é uma marca que gera credibilidade e muito exigente. Estamos felizes em ter essa grande empresa caminhando junto conosco nesse trabalho de fortalecer o surf”, diz.

“O apoio da Prefeitura também é muito importante, porque temos um trabalho abrangente, inclusive no Paulista de Base”, complementa Ademir, falando da novidade deste ano. “Decidimos incluir a sub8, para revelar novos valores. Nosso trabalho sempre foi voltado para fortalecer a base e é um orgulho ver jovens talentos surgindo”, afirma o dirigente, lembrando entre os nomes já revelados, o bicampeão mundial de sup surf, Luiz Diniz.

INSCRIÇÕES – O Rip Curl Guarujá Open 2019 terá duas etapas, com a final nos dias 13, 14 e 15 de setembro em praia a ser definida. As inscrições já podem ser feitas no Palanque da Praia do Tombo, das 15 às 17 horas, com Carmelo ou Alessandro, e até domingo (4) são exclusivas para atletas que moram em Guarujá. Depois, nos dias 5, 6 e 7 de agosto, as vagas são liberadas para competidores de outras cidades. Na categoria pro-am, a taxa é de R$ 150,00, sendo que associados da ASG pagam R$ 100,00 e nas demais categorias, R$ 120,00, sendo R$ 60,00 aos membros filiados à entidade. Mais informações pelo telefone (13) 97403.2140, com Carmelo Seabra, diretor técnico do Circuito.

No ano passado, além de supercampeão, Alax Soares faturou o título da categoria open. Ryan Araújo foi outro grande destaque faturando a estreante a s iniciante. Edgard Groggia levou na pro-am, enquanto que Amaro Matos foi o melhor da legends. Na master, Dárcio Dias terminou empatado com Anderson Robert e na longboard o número 1 do ranking foi Carlos Bahia.

Já sup surf quem faturou foi Leonardo Gimenes e entre as meninas, Louisie Frumento ergueu a taça. Também nas categorias de base, John Muller ganhou a petit, Luis Juquinha a mirim e Luan Hanada, que já foi supercampeão do Circuito em 2016, garantiu nova conquista na júnior.

Veja também:
Corpo achado em SP pode ser de surfista que desapareceu no Rio Grande do Sul
Sistema de piscina falha, cria onda gigante e deixa 44 feridos na China
Chloé Calmon é destaque do dia no Pan; Robson e Karol são eliminados