Publicidade:

R.I.P Rich Harbour

R.I.P Rich Harbour. Faleceu no domingo, 11/7, aos 77 anos, em casa, cercado pelos familiares e amigos, o shaper que abriu uma das lojas de surf mais lendárias do sul da Califórnia há mais de 60 anos.

Harbor começou a shapear pranchas do zero em 1959, depois que sua primeira prancha foi roubada da casa de seus pais.

Leia também: 
+ Guia das Olimpíadas: tudo sobre o surf

Em uma entrevista de 2017 para a Laist, Harbor chamou sua primeira tentativa de prancha “terrível”.

“Não havia guia prático na época,” lembrou ele. “Um garoto de 16 anos fazendo uma prancha sem instruções. Você pode imaginar.”

Na época, ele disse que passou os próximos meses estudando “todas as pranchas de surfe feitas profissionalmente que pôde ver para analisar como elas tinham sido feitas. Quais etapas eles fizeram e eu não fiz?”

Na sequência, ele disse que a segunda prancha ficou boa. Tanto que teve crianças lhe pedindo para fazer o modelo.

Ele então vendeu as pranchas da garagem dos seus pais antes de abrir sua própria loja, Harbor Surfboards, na Main Street em Seal Beach em 1962. Essa loja agora afirma ser a mais antiga loja de surf de seu tipo no mundo.

Harbor e sua equipe de shapers – muitos dos quais passaram a fazer nomes no setor – acabaram esculpindo mais de 32.000 pranchas desde que ele entrou no mercado. Seus designs clássicos de longboard dos anos 60 e 70 ainda são muito procurados pelos surfistas locais.

De acordo com o The Daily Breeze, a família e os amigos de Harbour planejam uma remada para celebrar sua vida. O jornal também informou que ele deixou a esposa Helen Harbor, as filhas Melissa Harbor-Hennessy e Carrie Harbor-Nolan, o filho Paul Lawler e cinco netos.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias