Publicidade:

Quatro bebidas fáceis e práticas que ajudam na recuperação física

Cansado dos géis e pós? Então está de na hora de você usar mais “comida de verdade”. A seguir, quatro bebidas fáceis e práticas que ajudam na recuperação pós-treino

Por Maria Clara Vergueiro

PRINCIPAL FONTE DE ENERGIA dos esportistas, os carboidratos são essenciais para manter a resistência e recuperar os músculos. Frutas como goiaba, manga e abacaxi são fontes naturais desse combustível, com alto teor glicêmico, de rápida absorção. Combinadas com leite e ingeridas até 40 minutos depois do fim da atividade, funcionam muito bem na recuperação. Os smoothies, misto de vitamina e suco, são fantásticos porque unem de maneialegrar a rotina de atleta, selecionamos aqui algumas receitas deliciosas e bem coloridas. Beba à vontadera simples e rápida tudo o que precisamos para energizar o corpo antes do exercício, ou ajudá-lo a se reabastecer no pós-treino. Para facilitar sua vida e , antes ou depois da atividade física.

Popeye

1/2 xícara de leite semidesnatado ou leite de amêndoas sem açúcar

1 xícara de espinafre fresco cortado

1 kiwi fatiado

1/2 banana picada

Bom para você: Excelente opção para quem acaba de sair de um treino moderado. O espinafre é rico em ferro, mineral que ajuda a transportar oxigênio para os músculos. O kiwi tem altas concentrações de vitamina C, que melhora a absorção do ferro, e a banana adoça e dá textura à receita.

Abacate turbo

180 ml de suco de cenoura

1/4 xxx de abacate

1 colher de sopa de suco de limão fresco

60 ml de água

1 colher de sopa de gengibre

uma pitada de pimenta caiena

Bom para você: O suco de cenoura é rico em vitamina A, que fortalece o sistema imunológico. O gengibre é responsável por dar um sabor especial e por reduzir dores musculares pós-treino. O abacate soma na mistura com o ômega 3 e uma textura mais macia, enquanto a pimenta turbina o metabolismo, ajudando a queimar calorias extras.

Morango radical

1/2 xícara de iogurte

1/2 xícara de leite

1/2 xícara de morangos

1 banana

Bom para você: A proteína do leite ajuda na recuperação muscular, enquanto a banana tem carboidratos de rápida absorção, magnésio e potássio. Os morangos entram com uma dose de vitamina C, que combate os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento das células.

Café crocante

110 ml de café gelado

110 ml de leite desnatado

1 banana picada

2 colheres de sopa de amêndoas inteiras

2 colheres de chá de chocolate em pó

Bom para você: Um estudo recente descobriu que a cafeína combinada com carboidratos ajuda o corpo a estocar glicogênio para os músculos bem mais rápido do que a ingestão isolada de carboidratos. O chocolate em pó adoça o paladar e tem propriedades antiinflamatórias e oxidantes. Bananas mantêm as taxas de potássio e eletrólitos, e as amêndoas tornam tudo mais crocante, além de fornecer gorduras boas para o coração, ajudando na recuperação.

 

COMBUSTÍVEL NATURAL PARA A RECUPERAÇÃO

Muitos atletas são adeptos da alimentação “de verdade”. Existe até um livro, disponível na internet, só com receitas sobre o assunto

CAMPEÃO MUNDIAL DE CICLISMO, o norueguês Thor Hushovd não esconde de ninguém um de seus segredos de atleta: em cima da bike, seu combustível preferido é mesmo um sanduíche de queijo e presunto. O ultramaratonista britânico Jez Bragg, que recentemente atravessou as ilhas da Nova Zelândia correndo durante 53 dias, leva na mochila frutas, nozes e arroz doce.

Em seu livro Real Food Basics (O Básico da Comida de Verdade, numa tradução livre), a ex-ciclista Elizabeth Ruiz conta que seu companheiro de equipe levava nos treinos tortillas mexicanas, ainda lá nos idos dos anos 1980, quando barras energéticas industrializadas e carboidrato em forma de gel eram raridade. Trocar suplementos por alimentos é mais simples do que se imagina (ok, pode não ser tão prático quanto um isotônico em pó, mas, sabendo escolher, traz resultados tão eficientes quanto).

O primeiro passo é experimentar alguns tipos de “cardápios” e descobrir o que cai bem para você antes, durante e depois do exercício. Disponível na íntegra para download na internet, o livro de Elizabeth, aliás, é uma boa fonte para quem procura mais informações sobre o assunto

*Colaboraram nesta reportagem: Elizabeth Ruiz, Paola Freitas e Paula Vinha.

(Reportagem publicada originalmente na Go Outside de junho de 2013)


Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias