23 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024
23 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024

QS 1000 Galápagos começa nesta quarta-feira

A segunda edição da Copa Sails of Change QS 1000 Galápagos começa nesta quarta-feira, abrindo a temporada 2023/2024 da World Surf League (WSL) South America no Equador. A expectativa é de que seja iniciada em altas ondas na Praia Lobería da paradisíaca Ilha San Cristóbal. Estarão em jogo os primeiros 1.000 pontos nos rankings regionais classificatórios para o Challenger Series 2024 e o evento será realizado com o princípio da igualdade na premiação para homens e mulheres. A competição será transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e o fuso horário de Galápagos é de 3h00 a menos do Brasil.

Lobería é uma onda bastante pesada, de nível internacional, e o plano é sempre trabalhar nas melhores horas da maré, que é bem ampla e expressiva na Ilha San Cristóbal”, destaca Roberto Perdigão, Tour Manager da WSL Latin America. “A qualidade da onda varia muito em função justamente da maré e o lugar é maravilhoso. No ano passado, o campeonato aconteceu em Tongo Reef, que é um pointbreak de esquerdas. Esse ano, o desafio para os surfistas e as surfistas que vão participar, será maior em Lobería. Eles terão que se adaptar às condições `world class´e mais pesadas dessa onda icônica de Galápagos”.

+ John John Florence lança vídeo na Austrália

Muitos surfistas consideram que a Praia Lobería produz uma das ondas mais poderosas do Pacífico Sul. É um reef break que quebra sobre um recife de corais e funciona muito bem, principalmente entre os meses de março e abril, com esquerdas e direitas tubulares podendo atingir 3 a 4 metros de altura. Lobería é até conhecida como a Pipeline/Backdoor de Galápagos, pela semelhança com as ondas perfeitas do templo sagrado do esporte no Havaí.

QS 1000 Galápagos
A atleta olímpica, Dominic Barona, é o grande nome do surfe do Equador. Foto: Kevin Moncayo

Nós temos um formato de 36 surfistas na categoria masculina e 12 na feminina, para fazer o campeonato nas melhores condições possíveis de ondas desta semana em Galápagos”, informa Roberto Perdigão. “Por ser um QS 1000, a maioria dos inscritos é aqui da região, de surfistas equatorianos, mas tem peruanos, brasileiros também e essa competição promete bastante, pela qualidade da onda. É o início da temporada, abre o ranking sul-americano de 2023/24 e depois seguimos para Mar del Plata na Argentina, Punta Rocas no Peru e Saquarema no Brasil, onde fecharemos essa primeira rodada de campeonatos na nossa região”.

+ CT 2023: por dentro de Bells Beach

A Copa Sails of Change QS 1000 Galápagos abre a primeira série de eventos da temporada 2023/2024 da WSL Latin America, que terá quatro etapas seguidas em quatro países. Depois do Equador, vem o já tradicional Rip Curl Pro Playa Grande realizado sempre na Semana Santa em Mar del Plata, na Argentina. Na semana seguinte, entre os dias 12 e 16 de abril, tem a segunda edição do Punta Rocas Open Pro no Peru e o Saquarema Surf Festival fecha essa série de quatro etapas no Brasil, na última semana do mês, de 24 a 30 de abril nas ondas da Praia de Itaúna, o maior palco do esporte na América Latina.

QS 1000 Galápagos
A onda da Playa Lobería na Ilha San Cristóbal de Galápagos. Foto: Angel Ortiz

ORIGEM DAS ESPÉCIES – O arquipélago de Galápagos é um lugar paradisíaco, fica a 1.000 quilômetros da costa equatoriana e estará sempre ligado a Charles Darwin, com seu trabalho “A Origem das Espécies”. O naturalista britânico passou pelas ilhas em 1835 e suas observações sobre a fauna local, o levaram a criar a provocativa e controversa “Teoria da Evolução”. O arquipélago é formado por 58 ilhas, 13 principais e outras ilhotas no Oceano Pacífico, que preservam o habitat de espécies como iguanas, leões-marinhos, tartarugas gigantes e muitas aves, como albatrozes.

Na Ilha San Cristóbal, a organização suíça “Sails of Change” vai promover várias ativações educativas de preservação ambiental durante o campeonato na Praia Lobería. A segunda edição da Copa Sails of Change QS 1000 Galápagos acontece graças ao apoio da Sails of Change, El Club Formativo San Cristóbal, CNT, GAD San Cristóbal, do Ministerio de Deporte, do Consejo de Governo de Régimen Especial, da Universidad San Francisco, Narturagua e GEA. A competição será transmitida ao vivo de Galápagos pelo WorldSurfLeague.com.

BATERIAS DA COPA SAILS OF CHANGE QS 1000 GALÁPAGOS

PRIMEIRA FASE – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=35.o lugar (66 pts):
1.a: Pablo Ceballos (ECU), Preston Obrien (EUA)
2.a: Roberto Rodriguez Moreira (ECU), Santiago Abascal (ECU)

SEGUNDA FASE – 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts):
1.a: Alonso Correa (PER), Tomas Vergara (ECU), José Herrera (ECU), 1.o da 1.a bateria da 1.a fase
2.a: Israel Barona (ECU), Andy Rivera (ECU), Joe Scott Parra (ECU), Joshua Marcillo (ECU)
3.a: Maximiliano Saenz (ECU), Anthony Cornejo (ECU), Cristhian Hernandez (ECU), Noah Barrera (ECU)
4.a: Alex Suarez (ECU), José Maclas (ECU), Calixto Choez (ECU), 2.o da 1.a bateria
5.a: Daniel Adisaka (BRA), Angel Gil (ECU), Sean Goldszmidt (PER), 1.o da 2.a bateria
6.a: Mariano Maugere (PER), Shadi Bayoumi (ECU), Jesus Mendonza (ECU), Juliano Auad Klaere (ECU)
7.a: Esnaider Parrales (ECU), Daniel Panchana (ECU), Diego Silva (ECU), Mario Coronel (ECU)
8.a: Samuel Joquinha (BRA), Jonathan Zambrano (ECU), Diego Garcia Coello (ECU), 2.o da 2.a

PRIMEIRA FASE FEMININA – 1.a e 2.a=Quartas de Final / 3.a=9.o lugar (350 pts):
1.a: Dominic Barona (ECU), Brianna Barthelmess (PER), Marina Bortman (ECU)
2.a: Genesis Garcia (ECU), Julia Duarte (BRA), Mia Barrera (ECU)

QUARTAS DE FINAL – entrada das 4 cabeças de chave:
——–derrota=5.o lugar com US$ 250 e 500 pontos
1.a: Sophia Medina (BRA) x 2.a da 1.a bateria da 1.a fase
2.a: Kalea Gervasi (PER) x 1.a da 1.a bateria
3.a: Arena Rodriguez Vargas (PER) x 1.a da 2.a bateria
4.a: Melanie Giunta (PER) x 2.a da 2.a bateria

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias