26 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024
26 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024

Puerto Escondido pede socorro: locais denunciam poluição e ameaça as ondas

A Pipeline Mexicana, como é conhecida Puerto Escondido, está enfrentando ameaças crescentes de poluição e desenvolvimento desordenado que colocam em risco não apenas as icônicas ondas da região, mas também a saúde do ecossistema costeiro.

Nas águas de Playa Zicatela, a praia mais famosa de Puerto Escondido, a falta de um sistema de drenagem eficiente para tratar o esgoto da área urbana resulta em problemas de poluição. Além disso, a negligência nas regulamentações para o desenvolvimento costeiro levou à construção de edifícios que ultrapassam as alturas permitidas. Atualmente, há estruturas de concreto sendo erguidas diretamente na areia, ameaçando transformar a dinâmica natural da praia e impactar a qualidade da famosa Pipeline Mexicana.

As preocupações não param por aí. A Playa Colorada, outra praia de surf popular na região, enfrenta problemas de poluição similares devido à proximidade da lagoa de Punta Colorada, onde foi descoberto que águas residuais estavam sendo descartadas de uma estação de tratamento. Além dos picos de surf, Zicatela e Colorada são conhecidos por seus ecossistemas costeiros ricos em biodiversidade terrestre e marinha. Ambas as zonas servem como habitats vitais para a reprodução de tartarugas marinhas, por exemplo.

Recentemente, autoridades anunciaram planos de expansão do aeroporto e a construção de um grande resort em Punta Colorada, um dos últimos refúgios intocados em Puerto Escondido. Este local, amado pelos praticantes de surf e bodyboard, enfrenta ameaças iminentes devido à poluição da lagoa da região. Todo esse contexto agravou as preocupações, e a comunidade do surf, bem como ativistas mexicanos, estão apreensivos em relação ao acesso à praia após a conclusão desse novo empreendimento.

Em resposta a essas ameaças, movimentos locais como Costa Unida, Salvemos Colorada, Salvemos la Ola e a Save the Waves Coalition têm trabalhado incansavelmente para chamar a atenção para os problemas e exigir que as autoridades locais, estaduais e federais tomem medidas para garantir um desenvolvimento organizado e sustentável para a área, protegendo todos os seus recursos naturais, incluindo os picos de surf.

Um dos principais passos para preservar as praias de Puerto Escondido seria classificá-lo como uma Reserva Mundial de Surfe por meio da Save the Waves Coalition. Com isso, certas medidas de proteção seriam implementadas para reduzir a poluição, preservar a vida marinha e prevenir o desenvolvimento costeiro que pudesse prejudicar as ondas.

No entanto, antes disso, os movimentos querem que três coisas principais aconteçam:

  1. A implementação de um plano de saneamento adequado que proteja as praias da poluição causada por descargas de águas residuais;
  2. Regulamentações sobre desenvolvimento/construção ao longo da costa que possam afetar negativamente os ecossistemas interconectados; e
  3. Acesso garantido às praias e ondas de Punta Colorada e preservação de sua beleza natural e biodiversidade, garantindo assim que a onda não seja transformada por futuros empreendimentos costeiros.

+ Puerto Escondido bombástico (Assista)

Representantes dos diversos movimentos agora pedem a ajuda de amantes da natureza e membros da comunidade do surf, sugerindo que apoiem a campanha por meio da plataforma Save the Waves, compartilhem informações sobre a questão e, se possível, doem para a causa. Todos os rendimentos irão para o trabalho jurídico necessário para lutar pela causa.

Assine aqui a petição e, se quiser, faça uma doação.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias