26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024
26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024

Pro G-Land é adiado no domingo por ventos fortes na ilha de Java

A repescagem do Quiksilver/ROXY Pro G-Land foi adiada no domingo por conta de ventos fortes na ilha de Java, agindo negativamente na formação das ondas em Grajagan Bay. Foram realizadas várias chamadas durante o dia e a próxima ficou para as 6h45 da segunda-feira na Indonésia, 20h45 do domingo no Brasil. Esta sexta etapa do World Surf League (WSL) Championship Tour, tem prazo até o dia 6 de junho e pode ser assistida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com, com transmissão especial no Brasil pelo Globoplay e SporTV.

+ Quatro vitórias brasileiras na abertura do Pro G-Land

+ ISA World Juniors inicia a busca pelo ouro

+ Objetos velhos viram obstáculo em novo Bike Park no Colorado

“Nós ficamos insistindo hoje, porque o swell (ondulação) estava maior, com ondas consistentes de 6-8 pés”, disse Jessy Miley-Dier, vice-presidente de circuitos e competições da WSL. “Ficamos esperando que os ventos virassem de onshore para offshore, mas eles não mudaram e tivemos que adiar a competição por hoje. Voltaremos amanhã (segunda-feira) e esperamos que os ventos estejam favoráveis para a continuação do evento”.

A primeira chamada do domingo foi às 6h30 em Grajagan Bay, ou G-Land, 20h30 do sábado no Brasil. O primeiro adiamento da repescagem, no segundo dia do prazo do Pro G-Land, foi anunciado para as 9h15, depois para as 12h15, para as 13h45 e para as 14h45, quando foi definitivamente decretado um “day-off” para o domingo. A próxima chamada foi então confirmada para as 6h45 da segunda-feira na Indonésia, 20h45 do domingo no Brasil.

Os surfistas que não conseguiram vencer suas primeiras baterias em G-Land no sábado, ficaram o dia todo na expectativa se a competição iria rolar ou não. Principalmente quem está nas primeiras baterias da repescagem. A do ROXY Pro G-Land será iniciada pela bicampeã mundial Tyler Wright e a também australiana Bronte Macaulay. Já a do Quiksilver Pro G-Land, vai começar com dois brasileiros disputando o primeiro duelo eliminatório na Indonésia.

O vice-campeão mundial, Filipe Toledo, que está competindo com a lycra amarela da World Surf League, vai defender a liderança do ranking contra Yago Dora, convocado na última hora para substituir o havaiano Seth Moniz, que se contundiu treinando em G-Land na véspera do início do evento. Os dois já se enfrentaram seis vezes em baterias do CT e Filipe ganhou todas.

Na segunda repescagem, entra Caio Ibelli com Matthew McGillivray e o brasileiro derrotou o sul-africano na única bateria que disputaram, na primeira fase da etapa de Narrabeen Beach, em Sidney, no ano passado. Depois, tem Jadson André fazendo seu primeiro confronto com o havaiano Barron Mamiya na quinta bateria. Na disputa seguinte, o novato na seleção brasileira deste ano, Samuel Pupo, enfrenta Kelly Slater. Samuca ganhou a sua única bateria contra o onze vezes campeão mundial, na primeira fase do MEO Pro Portugal em Supertubos.

Repescagem do Quiksilver/Roxy Pro G-Land:

CATEGORIA MASCULINA – 17.o lugar com US$ 12.125 e 1.330 pontos:
1.a: Filipe Toledo (BRA) x Yago Dora (BRA);
2.a: Caio Ibelli (BRA) x Matthew McGillivray (AFR);
3.a: Kanoa Igarashi (JPN) x Jackson Baker (AUS);
4.a: Jordy Smith (AFR) x Connor O´Leary (AUS);
5.a: Barron Mamiya (HAV) x Jadson André (BRA);
6.a: Kelly Slater (EUA) x Samuel Pupo (BRA);
7.a: Callum Robson (AUS) x Jake Marshall (EUA);
8.a: Kolohe Andino (EUA) x Nat Young (EUA).

CATEGORIA FEMININA – 9.o lugar com US$ 13.500 e 2.610 pontos:
1.a: Tyler Wright (AUS) x Bronte Macaulay (AUS);
2.a: Courtney Conlogue (EUA) x Johanne Defay (FRA);
3.a: Isabella Nichols (AUS) x Sally Fitzgibbons (AUS);
4.a: Lakey Peterson (EUA) x Gabriela Bryan (HAV).

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias