Publicidade:


Publicidade:

Polvo ataca geólogo australiano que tenta filmá-lo

Que polvos são animais muito inteligentes a gente já sabia. Mas que eles podem ficar extremamente nervosos caso sejam incomodados é novidade.

Mas um vídeo publicado no Instagram na sexta-feira (2) viralizou: um polvo gigante fica nervoso com geólogo australiano que, em férias com a família, tentá filmá-lo e toma uns tapas.

+ Newcastle Cup: as primeiras baixas da Austrália
+ Fiscal quebra prancha de surfista que cumpre Decreto Municipal no Guarujá
+ Eleições CBSurf: Projeto Surfa Brasil confirma candidatura

Apesar de ter ficado famoso agora, o fato aconteceu no mês passado (18), quando Lance Karlson, de 34 anos, estava com sua esposa e filha em uma praia em Dunsborough, na Austrália.

A praia tem águas transparentes e quando ele avistou o polvo nas águas rasas, correu com a filha de dois anos em uma mão e o celular na outra para filmar.

Só faltou combinar com o polvo. O molusco ficou agitado e partiu para cima, chicoteando a água com os tentáculos. Karlson se afastou rapidamente para desviar dos “socos” do polvo gigante. No vídeo é possível ouvir o pai gritando “Oh, meu Deus!”.

Mas o geógrafo não desistiu. Sem graça, ele voltou para a barraca, deixou a filha com a esposa, colocou os óculos de mergulho, pegou um snorkel e mergulhou uns 20 minutos após o ataque. Cerca de 30 metros à frente, ele achou um pilha de conchas de mariscos que, segundo uma lição aprendida pelo mergulhador em um documentário, é uma forma com a qual polvos marcam seu território.

Então ele achou o que estava procurando. Para defender seu território, o polvo gigante deu uma chicotada no braço de Karlson, e ainda uma no pescoço e outra na parte de cima das costas. O polvo ainda disparou um jato de tinta para confundir o inimigo.

No entanto, uma pesquisadora de polvos da Universidade do Oregon, nos EUA, não concorda com o geólogo e afirma que suas marcas são compatíveis com ataques de águas-vivas, e que os polvos não têm veneno em suas ventosas. Nunca saberemos exatamente o que atacou o geólogo, mas a lição mais importante é clara. Não mexa com quem está quieto!

Via revista Go Outside

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Italo Ferreira e o aéreo...

Em seu pós-bateria, Italo Ferreira vai até o armário dos competidores, coloca sua prancha...

Treino na Jaguaruna em véspera...

A equipe dos Jaguaboys realizou mais uma expedição off-shore em busca das grandes ondas...

“Parei com carne vermelha e...

O Circuito Mundial de Surf de 2021 começou com muitas mudanças para Gabriel Medina. Como...

Possível ataque de tubarão em...

Um bodyboarder está desaparecido desde a semana passada na África do Sul e as...