Publicidade:

Pescadores fisgam atum de R$ 140 mil e perdem o dinheiro

Pescadores da cidade de Areia Branca, no Rio Grande do Norte, fisgaram um raro atum azul de 350 kg, a 300 km da costa do estado. Um peixe do tipo já foi vendido no Japão por US$ 1,8 milhão — mas os pescadores brasileiros perderam a chance de ganhar esse dinheiro.

Após pescar o atum, a equipe da embarcação ainda ficou duas semanas em alto mar. Pelo porte do peixe, o ideal seria voltar imediatamente à costa assim que ele foi capturado para mantê-lo na temperatura e cuidados ideais, conservando a qualidade da carne. O atum azul ficou apenas refrigerado com gelo no período de 15 dias, o barco não tinha câmara fria.

Leia também:

+ Praias do RN têm 6 toneladas de lixo hospitalar

+ Com tucuxi, todos os botos de rio do mundo estão ameaçados

O dono da embarcação contou ao UOL que, pelo tamanho do atum, nenhuma peixaria da cidade aceitou a mercadoria e, pela perda de qualidade nas duas semanas, ele não servia mais para fazer sushi.

Sem ter para onde vender, o pescador contou que dividiu o peixe entre os moradores da cidade de Areia Branca. Ele também disse ter sentido medo de ser alvo de ladrões pelo alto valor que o atum azul fisgado tem.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias