Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Outubro Rosa: vida outdoor x câncer de mama e a história lendária Rell Sunn


Como ação parte da campanha Outubro Rosa, a revista Go Outside promove nesta sexta-feira, 23/10, às 11h, um encontro online com três esportistas que enfrentam o câncer de mama.

O evento é gratuito e será transmitido por todas plataformas da Go Outside (site, YouTube e redes sociais).

As convidadas são Débora Aquino (corredora e especialista em desenvolvimento humano, curada de um câncer de mama), Roberta Borsari (atleta de canoagem que superou a doença há 4 anos) e Erika Sallum (ciclista e diretora de redação da Go Outside, atualmente em tratamento de câncer de mama).

Todas essas mulheres têm no esporte e na natureza parte essencial de suas vidas.

Elas dividirão as suas experiências e discutirão o papel da atividade ao ar livre na prevenção e no tratamento do câncer de mama.

Leia Mais:

+ A importância da atividade física na prevenção e tratamento do câncer de mama

+ Após tratar câncer, norte-americana cruza o Canal da Mancha a nado 4 vezes sem parar

O evento também conta com participações especiais, entre elas a da mountain biker e professora de yoga Claudia Clement, que terminou o tratamento do câncer de mama há dez meses; Larissa Lima, remadora e criadora do Canomama; e a atleta amadora de mountain bike e corrida de aventura Paula Paulada, curada há 10 anos de um câncer no colo do útero.

LEIA TAMBÉM: João Chumbinho, assista o reel do Inverno 2020 em Saquarema. Pancada! 

A mediação será feira pela jornalista Maria Clara Vergueiro.

Rell Sunn, a Rainha de Makaha

Relembramos nesse Outubro Rosa uma primeira-dama do surf: a lendária Rell Kapolioka’ehukai Sunn.

Sunn foi diagnosticada com câncer de mama com apenas 32 anos; o veredicto do médico foi claro: apenas alguns meses de vida.

Em vez de se submeter à doença e desistir da vida, Rell fez exatamente o contrário, escolhendo viver a vida em plenitude.

 

“É a pior sensação. Você está no hospital e pega o resultado da mamografia. Eles estão te testando, e daí você vê um médico, ele relê o exame, tira fotos. Está ficando escuro; ligo para o meu médico e ele diz: “Ah, sim, eles me contaram que você tem câncer.”

outubro rosa x vida outdoor

Rell Sunn em Haleiwa, em 1980. Foto: Jeff Divine. 

Eu era jovem, tinha 32 anos. Não é comum ter um câncer de mama com essa idade. O médico dizia que sabendo do que ele sabia e do meu corpo jovem e dos meus hormônios, eu talvez tivesse um ano de vida,” conta Rell Sunn no vídeo acima, sobre quando ela foi diagnosticada com câncer de mama.

Embora dificilmente se distanciasse da maneira como sempre viveu, Sunn encarou a vida com paixão e escolheu viver cada dia como se fosse o último.

Durante sua batalha de quinze anos contra a doença, Rell e afetou indelevelmente cada pessoa com quem entrou em contato.

No vídeo acima, o havaiano Kalani Robb discute o legado de Rell Sunn. 

O nome do meio de Rell, Kapolioka’ehukai, significa “coração do mar” em havaiano.

Freqüentemente chamada de “Rainha de Makaha”, Rell era a quintessência da mulher aquática, destacando-se em todos os esportes aquáticos, incluindo surfe, bodysurfing, caça submarina e canoagem em águas abertas.

No início dos anos 70, Rell foi fundamental para estabelecer a Women’s Professional Surfing Association e fundar o torneio de surf profissional feminino, no qual ela terminou em terceiro lugar no ranking de final de ano.

Em uma cultura onde a proficiência na água é amplamente respeitada e os salva-vidas quase deificados, em 1977 Rell foi homenageada por ser nomeada a primeira mulher salva-vidas do Havaí.

Rell Sunn faleceu em 2 de janeiro de 1998.

+Notícias

ONU retira maconha de lista...

Finalmente a a ONU retira maconha da lista de drogas pesadas. Foi um marco na...

Big Swell chega no Havaí

Um big swell chega no Havaí a partir desta quarta-feira, 2/12. Foi emitido um alerta...

Imersão no gelo: conheça essa...

Imersão no gelo. Já vimos técnicos e terapeutas usarem terapias de água quente e fria...

Conheça quatro mitos sobre o...

Nós, surfistas, vivemos na água e estamos em constante contato com os raios do...