Publicidade:

Orlando Bloom tem encontro com tubarão-branco filmado por drone

Os tubarões estão no oceano. Isso você sabe. Dependendo do lugar onde você mora e surfar, avistar tubarões não é algo improvável, afinal, o oceano é a casa deles.

Também é um fato que muitas vezes tubarões passam ao nosso lado sem que a gente perceba, simplesmente porque estamos na casa deles.

Ataques de tubarão são raros, mas, quando acontecem, são assustadores, e por isso mesmo é compreensível que tanta gente tenha medo deste animal, ainda que, estatisticamente, a chance de ser atacado por um tubarão é realmente pequena.

Veja também:

+ Médico surfista descobre método para se salvar de mordida de tubarão

+ Tubarão persegue grupo de surfistas na Austrália

+ Carne de tubarão? Entenda como os brasileiros podem comer a carne do predador sem saber

Para tentar desmitificar um pouco essa fobia em torno dos tubarões, o cinegrafista californiano Carlos Gauna tem o hábito de documentar com seu drone encontros entre humanos e esse animal.

Recentemente, encontrou Gauna Orlando Bloom (ator que ficou famoso por estrelar filmes como Senhor dos Anéis e Piratas do Caribe) na praia.

Bloom, que estava com um stand up paddle, perguntou a Gauna se havia tubarões na água, e Gauna explicou que era provável, mas explicou ao ator que se houvesse um por perto, ele voaria com seu drone até lá.

Assim, após alguns minutos, um jovem tubarão branco se aproximou de Blomm, que se manteve tranquilo sobre a prancha.

O tubarão se aproxima lentamente, e depois se afasta. Em seguida, ressurge novamente, dessa vez por trás da prancha do ator, que se mantém calmo.

Gauna explica que esse é um comportamento padrão dos tubarões, que são animais curiosos e procuram se aproximar de uma forma segura (para eles).

O ator e mais alguns amigos então continuam a remada enquanto o tubarão fica mais um pouco de tempo ao lado deles e depois vai embora.

Ao fim do vídeo, uma nova imagem de quatro surfistas que permanecem no outside mesmo após avistarem um tubarão-branco.

Mais uma vez o cinegrafista explica que esses encontros são comuns e que nunca viu uma aproximação agressiva dos tubarões. Assista:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias