Publicidade:

Mineiro se machuca e abandona etapa de Portugal

O campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, torceu seu joelho entrando na água para a primeira bateria do dia nesta quarta (17) no MEO Rip Curl Pro em Portugal. Mineiro disputava a bateria número 7 da repescagem contra o francês Joan Duru, que surfou sozinho em Peniche durante 30 minutos e avançou para a terceira fase.

Após tomar uma onda na cabeça, Adriano foi ficar em pé para pegar sua prancha e continuar remando. Ele estava mais no raso do que imaginava, pisou errado e virou o joelho.

Veja também: Medina, Julian e Filipe avançam em condições difíceis em Peniche

Ainda não se sabe a gravidade da lesão, nem se Mineiro poderá ou não competir no Pipe Masters. A etapa que fecha o Circuito Mundial de WSL em 2018 acontece entre os dias 8 e 20 de dezembro.

O guarujaense melhorou sua posição no ranking após chegar às quartas de final no Quiksilver Pro, na França, sua melhor apresentação em 2018. Na 15ª posição, ele não está matematicamente garantido na elite para o próximo ano, apesar de estar mais de 6 mil pontos à frente de Frederico Morais, o atual 22º colocado – última posição que se garante pelo ranking do CT.

O MEO Rip Curl Pro deve prosseguir em Peniche ao menos até o final da repescagem. O comissário da etapa, Travis Logie, optou por aguardar até o começo da tarde em Portugal para colocar a competção na água, já om ventos mais fracos.

O catarinense Yago Dora entra na água na última bateria da rodada, contra o próprio Morais, último representante português na disputa.

Para assistir ao vivo, ver os resultados detalhados e o heat analyser, entre aqui.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias