26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Mick Fanning perde irmão, o terceiro em 25 anos

O tricampeão mundial se despediu do irmão com um emocionante tributo no Instagram: "Enquanto você dança pela estrada final em direção ao pôr do sol eterno, saiba que todos nós amamos você"

O australiano tricampeão mundial de surf Mick Fanning recebeu ontem a trágica notícia de que seu irmão Edward faleceu em Madagascar, onde trabalhava como guia num surf camp em Anakao. As circunstâncias da morte ainda não foram esclarecidas, mas a embaixada australiana no país já confirmou o ocorrido. Ed, como ele era conhecido, é o terceiro irmão que Fanning perde nos últimos 25 anos. Sean Fanning morreu num acidente de carro em Coolangatta, na Gold Coast, em 1998, aos 20 anos, e Peter Fanning, o mais velho, morreu em 2015, aos 43 anos, devido a um problema de saúde, enquanto Mick disputava o Pipe Masters.

Um amigo de Edward, o bodyboarder de Coolangatta Stevie Maher, deu a notícia no Facebook: “Em primeiro lugar, quero enviar minhas condolências à família Fanning… mãe Liz, pai John, irmã Rachel e irmão Mick”, escreveu ele. “Meu coração está partido ao saber do falecimento do meu melhor amigo. Eu gostei e tive tantos momentos incríveis com você, Eddie. Vou sentir sua falta, Eddie, e agora descanse em paz”.

Mick fica sendo o último filho homem restante de Liz Osborne e John Fanning. Ele ainda possui uma irmã, Rachel Fanning. A trajetória do tricampeão mundial tem sido marcada por muitas atribulações, como um dolorido divórcio e o ataque por tubarão durante uma etapa do Circuito Mundial da WSL, em Jeffrey’s Bay, na África do Sul. Assim mesmo, ele tem sempre dado prova de resiliência e passado adiante uma mensagem positiva.

+Como o ataque de tubarão ajudou Mick Fanning a prosperar nos negócios

+Tricampeão mundial, Mick Fanning se separa da Red Bull após 23 anos

Em uma emocionante mensagem postada no Instagram, Mick se despede do irmão agradecendo tudo de bom que ele trouxe para sua família e amigos:

“Te amo meu irmão. Você me ensinou muito ao longo dos anos sobre tudo o que a vida poderia oferecer. O bom e o ruim você foi meu professor. Você nos apresentou o surf, a alegria e a liberdade de surfar uma onda. O significado de ir até os confins do mundo em busca de ondas, de seguir uma paixão na crença de que o surf pode ser o melhor trabalho possível. Com o passar dos anos, você entrava e saía do oceano, mas seu talento puro sempre brilhava. Até o momento em que você acabou ensinando às crianças a alegria de pegar uma onda. Sem você, não tenho certeza do que o mundo faria de mim, então obrigado 🙏🏼

Ed, você tinha o maior coração e era leal demais para o seu próprio bem. Sempre defendendo os oprimidos e cuidando daqueles que precisavam de ajuda. Você deu a todos tudo o que tinha e, se não tivesse, ainda daria a eles. Você fez seus amigos se sentirem como super-heróis e deu a tantas pessoas as lembranças mais engraçadas que durarão a vida toda.

Eu sei que às vezes você achou difícil encontrar seu lugar feliz. Aquece meu coração saber que você o encontrou nos últimos anos. Ouvir a emoção em sua voz cada vez que conversávamos me enchia de esperança.

Eu gostaria que você pudesse aceitar todo o amor que as pessoas lhe davam. Você não era perfeito, mas ninguém queria que você fosse. Nós simplesmente amamos o Ed. O rebelde que fazia o sinal de shaka em cada foto e gritava yeeeeew a plenos pulmões. Enquanto você dança pela estrada final em direção ao pôr do sol eterno, saiba que todos nós amamos você, companheiro. 🤙🏼🤙🏼 YEEEEEEEEEWWW HAHA🤙🏼🤙🏼”

A Hardcore manifesta seus sentimentos para Mick e toda a família Fanning neste momento de luto.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias