26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Medina é maior inspiração de marroquino classificado para elite: “Ele faz acontecer”

Pela primeira vez na elite mundial do surf, o surfista marroquino Ramzi Boukhiam diz ter um ídolo máximo no quesito inspiração: o brasileiro Gabriel Medina.

Enquanto a seleção marroquina de futebol estava no auge de uma performance histórica na Copa do Mundo deste ano, um dos dezenas de milhares de espectadores presentes, um surfista, estava mergulhado em momento histórico semelhante.


VEJA: Capa de revista, Medina gera “vendas impressionantes”. Veja as fotos

Ramzi Boukhiam, que viajou para o Catar por 10 dias para assistir sua nação competir, também comemorava sua própria conquista, tornando-se o primeiro marroquino, ou norte-africano, a se classificar para o Championship Tour.

Aos 29 anos, a viagem de Boukhiam para se juntar aos surfistas de elite do mundo não foi nada típica. Ele competiu, e muitas vezes lutou, na Qualifying Series por uma década, nunca quebrando a cobiçada marca dos 10 primeiros para se classificar.

Mas em 2019 as coisas começaram a mudar para Ramzi quando ele enfrentou os melhores surfistas do mundo nos Jogos Mundiais de Surf da ISA e conquistou uma vaga de qualificação nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

Desde então, a carreira tardia de Boukhiam explodiu. E agora, o garoto que cresceu surfando nos picos de classe mundial do Marrocos, com sonhos maiores do que a maioria em seu país pensou ser possível, finalmente alcançou seu sonho.

Em entrevista ao site The Inertia, Boukhiam cita Gabriel Medina como sua principal inspiração. Confira o que o marroquino falou do brasileiro:

“O cara é um monstro. Você o vê no Challenger, voltando à competição e treinando por uma semana. Ele simplesmente veio e venceu. Ele é tão confiante. Ele faz acontecer o tempo todo. Às vezes você vê um cara como eu lutando por anos no QS para conseguir um resultado. Medina simplesmente aparece assim e ganha os 10.000 estrelas facilmente.”

Boukhiam também citou outros surfistas que admira, como Rob Machado, a quem classificou como seu surfista favorito desde o primeiro dia: “Assistia a todos os seus vídeos e tentava surfar como ele. Achei que ele tinha o melhor estilo.”

Por fim, o marroquino diz ter acompanhado muito a rivalidade entre Kelly e Andy, e que “foi incrível presenciar tudo isso”.

“Claro, tenho muitos surfistas favoritos, como Joel Parkinson, Mick Fanning. Eles são grandes modelos para mim também,” finaliza Boukhiam.

Clique aqui e confira a entrevista na íntegra.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias