Publicidade:

Marrocos: na terra da direita, também quebra uma esquerda

Marrocos geralmente é conhecido pelos seus pointbreaks que escorrem perfeitamente para direita. Mas no paraíso dos regulares também rola uma esquerda ideal para aqueles que não temem o lip grosso, pesado e tubular que só é acessível com jet ski ou com muita força de vontade – e sorte – na remada.

Veja também:

Italo Ferreira e amigos em Portugal na parte 2 de Eurotrip

Door to Door: novos talentos da Tríplice Coroa em série da Vans

3 trilhas para fazer em Portugal

As provas vivas do show da natureza foram Othmane Choufani e Ismail Benlamlih, sob imagens de Amine Nader, conhecido como Morocco Surf Photography – que estava por ali quando esse swell explodiu pela África e pelas Ilhas Canárias há alguns dias.

“Este foi um dos melhores dias de surf de ondas grandes no Marrocos desde Hércules, foi simplesmente incrível”, disse Othmane. “Eu nunca tinha visto condições como essa. Éramos apenas dois na água durante seis horas. Peguei uma 6’6” e foi meio pouco para as condições, sabe? Olhando para as imagens, eu gostaria de estar mais profundo, mas com essa placa era difícil de atrasar. Vou tentar algo mais power, quando tiver um pouco menor pra tentar ficar mais fundo no tubo se tivermos outro dia como este”, completou ele.

“Ismail mora na Austrália e ele nunca tinha pilotado um jetski. Eu forcei ele (risos). Eu tava direcionando ele exatamente onde eu queria ser deixado e deu certo”

“Não tem muitas pessoas que surfam nessa onda e pegar um tubo pra esquerda na terra das direitas é simplesmente incrível. Eu gritei a sessão inteira – só eu e um amigo! Eu tava tão animado.”

Na terra das direitas, também existe uma esquerda. Foto: Amine Nader Photography.

A previsão de abertura das fronteiras do Marrocos é na véspera do Ano Novo (amanhã), mas é preciso esperar o pronunciamento oficial do país.

Imagina uma surf trip dos sonhos para esse paraíso?

Confira o vídeo da sessão de esquerdas:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias