Publicidade:

Koa Rothman: bastidores do Code Red 2.0 em Teahupoo

O havaiano Koa Rothman marcou presença naquele que está sendo considerado um dos maiores Teahopo’os de todos os tempos: Code Red 2.0.

O nome ao qual foi batizado esse swell em Teahupoo é uma alusão ao Code Red de 2017, que para muita gente teria sido palco das maiores ondas no pico até então.

Acontece que entendidos do surf estão dizendo que esse último swell da semana passada foi maior ainda do que o de 2017, e por isso o “2.0” no nome.

Veja também:

Peixe-boi ‘rouba’ prancha de surf de menino e cena inusitada viraliza; veja

Pescador pesca lagosta azul extremamente rara: “Chances de dois milhões para um”

Filipe Toledo em ondas pesadas: “Estamos trabalhando esse lado,” diz Pinga

Há quem afirme que ondas de 100 pés chegaram a quebrar sobre a bancada dos crânios quebrados!

Sendo assim, Koa Rothman que há algum tempo investe na carreira de “vloger”, marcou presença em Teahupo’o com sua equipe de filmagem.

Koa então compartilha conosco uma visão dos bastidores desse dia histórico e toda a insanidade que aconteceu por lá.

Algumas das maiores e mais assustadoras ondas já surfadas em todos os tempos.

Aperte o play e confira:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias