Publicidade:

Keramas de sonho na sessão do Unicórnio

Há alguns dias, no início do mês de julho, Keramas, em Bali, na Indonésia, registrou um dia verdadeiramente especial que inclusive rendeu um apelido inédito entre os surfistas balineses: “sessão do unicórnio”.

A alcunha não veio do acaso, afinal, o pico ganhou contornos muito especiais a partir de condições “fora da curva”, nas quais um surfista sortudo – o Crosby Colapinto – pegou um tubo extraordinário.

Leia também: 
+ Guia das Olimpíadas: tudo sobre o surf

Crosby pegou este tubo (abaixo) de manhã, e à medida que a maré enchia e a manhã avançava, o swell também aumentou e se transformou na sessão do unicórnio.

“Estava tão grande quanto vimos há algum tempo e, por um golpe de sorte ridículo, o vento recuou e estava o mais suave possível”, escreveu o canal Surfers Of Bali. “O padrão normal para este lugar é que o vento comece a aumentar entre o meio da manhã e a hora do almoço, e geralmente mais cedo nesta época do ano. Portanto, para essas condições vítreas, o meio-dia é incomum. Para cronometrar com uma ondulação deste tamanho e forma é extremamente raro.”

Leia também:
+ Nas ondas de Maresias, Gabriel Medina se prepara para Tóquio 

Acontece que Crosby Colapinto, Jett Shilling, Bronson Meydi, Varun Tandjung, Wyatt McHale e um mais outros surfistas muito sortudos estavam lá para pegar o unicórnio pelo chifre.

Assista ao “mel do unicórnio” em uma Keramas de sonho:



Vídeo: Surfers Of Bali


Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias