Este é o resultado do surfista que ficou preso em Kandui durante a quarentena

Anthony Fillingim, um surfista profissional de Santa Teresa, Costa Rica, ficou preso em Kandui durante a quarentena.

Sob certa perspectiva, ele também é um dos seres humanos mais sortudos do mundo, afinal, têm passado a quarentena isolado na cadeia de ilhas com mais ondas perfeitas no planeta.

Desde 17 de março, Anthony está na Ilha Kandui, ao sul de Siberut, nas Ilhas Mentawai, na Indonésia.

Cinco dias após sua chegada ao arquipélago, o governo indonésio decretou o fechamento das fronteiras indonésias.

Algumas das ondas de Kandui e arredores incluem Nokandui, Rifles, Ebay, Pitstop, Cofres para Bancos, Refúgios, Playgrounds, etc.

Por conta do fechamento secreto e subsequente do Mentawai, Anthony surfou todas essas ondas sozinho (ou com uma ou duas outras pessoas) nos últimos quatro meses.

Em Kandui durante a quarentena

Segundo Anthony conta, quando o governo indonésio anunciou o banimento do surf em abril, foi torturante assistir aos melhores meses de onda do ano; abril, maio e junho, e não surfar..

“Após Ray [o dono do resort em Kandui] falar com o governo, conseguimos surfar alguns picos ao nosso redor e fizemos isso de maneira consciente. Estamos isolados na ilha de Kandui, longe das vilas das Mentawai, então não oferecíamos risco às comunidades locais.”

O banimento do surf foi suspenso no dia 20 de junho, e desde então, temos surfado todos os dias.

“É uma honra e um privilégio surfar algumas das melhores ondas nas Mentawai sem ninguém. Vivemos uma realidade dura no mundo e conversamos o tempo todo sobre o que está rolando.”

De acordo com o que conta Anthony, é Ray quem resume melhor a situação: “Seria criminoso não apenas não surfar, como também não documentar o que tem se passado aqui.”

Assim como no resto do mundo, a economia das Mentawai sucumbiu com a pandemia e o resort de Kandui foi um dos poucos da região que manteve os empregados.

“Estamos trabalhando em uma série no YouTube focada no que rolou aqui nos últimos meses, e Ray espera que ela atraia as pessoas para a Indonésia para que todos possam retomar seu trabalho.”

Solta o vídeo. Para ver mais vídeos, clique aqui.

LEIA TAMBÉM: Nic Von Rupp surfa tubo de 1 minuto na terra da rainha das esquerdas dos tubos sem fim. VÍDEO