Publicidade:

Jordan Rodin: pura habilidade na arte do surf sem quilha

Se o surf já é considerado por muitos como um dos esportes mais difíceis do mundo, imagine surfar sem quilha. Pois é. Mesmo para os mais habilidosos, essa brincadeira geralmente é um verdadeiro desafio.

Veja também:

Tom Curren mostra detalhes da biquilha mágica usada em Free Scrubber

Deadmans faz o sonho e pesadelo de surfistas

Lucas Fink, Fabio Gouveia e Raoni Monteiro desbravam a Pororoca

Para dominar minimamente uma prancha sem quilha é preciso, primeiramente, muita prática. E são poucos os surfistas que treinam regularmente dessa forma, ou seja, são poucos os que realmente são bons.

Derek Hynd, Brad Domke e Jordan Rodin definitivamente são nomes que são lembrados quando o assunto é surf sem quilhas. Há alguns anos, eles propagam um movimento chamado “finless” (sem quilhas, na tradução para o português).

Segundo eles, a quilha, inventada por Tom Blake nos anos 1930, e mais tarde aperfeiçoada por Bob Simons, interrompeu a linha natural de evolução do design das pranchas. Por meio do surf sem quilha, o grupo busca justamente encontrar esse elo perdido.

Filme Head in the Clouds

Agora, no filme ‘Head in the Clouds’, Jordan desbrava o selvagem oeste australiano. Para ir de encontro a essa filosofia de evoluir as criações de pranchas sem quilhas, o surfista usa inúmeras delas, mas uma foi feita pelo próprio percursor do movimento, Derek Hynd.

“Tem sido uma jornada interessante para Jordan Rodin”, escreveu Billy Cervi, que fez o filme, na descrição da postagem do youtube. “Eu acompanho o seu crescimento e progresso nas habilidades do surf e de shaper de prancha, experimentando o que funciona e o que não funciona. Jordan é um trabalhador comum, então ele não vive de surf, mas se contenta com o que tem de melhor, eu acho”, finaliza.

Jordan Rodin é um verdadeiro artista de alma do surf de prancha sem quilha – e essa é a sensação que o filme passa.

Aperte play e assista:

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias