26 C
Papeete
segunda-feira, 27 maio, 2024
26 C
Papeete
segunda-feira, 27 maio, 2024

João Chianca é o novo líder no ranking do CT 2023

O brasileiro João Chianca é o novo líder no ranking do CT 2023. Chumbinho tirou a liderança de Jack Robinson quando passou para as oitavas de final e o australiano perdeu na terceira fase do Rip Curl Pro Bells Beach, quarta etapa do circuito mundial encerrada nesta terça-feira, na Austrália.

Na segunda-feira, João acabou derrotado numa bateria fraca de ondas para o sul-africano Matthew McGillivray. O único que poderia lhe tirar a liderança na terça-feira era Filipe Toledo, mas somente se conquistasse o bicampeonato no Rip Curl Pro Bells Beach. O campeão mundial foi passando suas baterias com viradas incríveis no último minuto, mas nas semifinais foi barrado pelo campeão, Ethan Ewing.

Filipe se manteve em terceiro lugar no ranking, agora liderado por João Chianca, com Jack Robinson em segundo e Ethan Ewing saltou da décima para a quarta posição, com os 10.000 pontos da vitória. Ele tirou Caio Ibelli do seleto grupo dos top-5, que caiu do quarto para o sétimo lugar e o americano Griffin Colapinto permaneceu em quinto lugar.

No ranking masculino, Ryan Callinan foi quem mais se aproximou do grupo dos top-5, subindo do 13.o para o sexto lugar com os 7.800 pontos do vice-campeonato no Rip Curl Pro Bells Beach. Dois surfistas entraram na lista dos 22 primeiros do ranking, que serão mantidos no CT na segunda metade da temporada, com vagas garantidas para 2024. O japonês Kanoa Igarashi e o sul-africano Matthew McGillivray, que derrotou o novo líder do ranking, João Chianca, tiraram do G-22 o contundido Miguel Pupo que não competiu e o australiano Liam O´Brien.

Além de Miguel Pupo, quem continua fora dos 22 é Michael Rodrigues. Ele até fez uma grande bateria contra John John Florence nas oitavas de final, acertando os aéreos para somar duas notas 7. No entanto, o bicampeão mundial conseguiu a classificação na sua última onda, por uma pequena diferença no placar encerrado em 14,77 a 14,10 pontos. Para Michael escapar do corte, ele terá no mínimo que chegar nas oitavas de final de novo em Margaret River, última etapa do CT antes do corte.

Entre as mulheres, apesar da derrota nas quartas de final, a brasileira Tatiana Weston-Webb permaneceu fechando o grupo das top- do ranking, com Molly Picklum continuando na liderança, agora seguida por Tyler Wright, que subiu do quarto para o segundo lugar. Carissa Moore caiu para a terceira posição e a jovem norte-americana Caitlin Simmers para a quarta.

OLIMPÍADAS DE PARIS – O CT deste ano também é qualificatório para os Jogos Olimpícos de Paris 2024. Serão indicados dez surfistas da categoria masculina e oito da feminina, limitados a dois de cada país. Após a quarta etapa em Bells Beach, estariam se classificando João Chianca e Filipe Toledo pelo Brasil, Jack Robinson e Ethan Ewing pela Austrália, Griffin Colapinto e John John Florence pelos Estados Unidos, Leonardo Fioravanti pela Itália, Matthew McGillivray e Jordy Smith pela África do Sul e Rio Waida pela Indonésia.

Os finalistas na estreia do surfe como esporte olímpico nos Jogos de Tóquio no Japão, o primeiro surfista medalha de ouro da história, Italo Ferreira, bem como o medalha de prata, Kanoa Igarashi, estariam de fora das Olimpíadas da França. Os dois estão empatados em 17.o lugar no ranking, já tendo que se preocupar para escapar do corte na elite.

Na categoria feminina, as oito que estariam se classificando são Molly Picklum e Tyler Wright pela Austrália, Carissa Moore e Caitlin Simmers pelos Estados Unidos, Tatiana Weston-Webb pelo Brasil, Brisa Hennessy pela Costa Rica, Teresa Bonvalot por Portugal e Johanne Defay pela França.

RANKINGS DO WSL CHAMPIONSHIP TOUR 2023:

TOP-22 DA CATEGORIA MASCULINA – 4 etapas:
1.o: João Chianca (BRA) – 25.490 pontos
2.o: Jack Robinson (AUS) – 25.215
3.o: Filipe Toledo (BRA) – 22.160
4.o: Ethan Ewing (AUS) – 19.395
5.o: Griffin Colapinto (EUA) – 18.620
6.o: Ryan Callinan (AUS) – 15.770
7.o: Caio Ibelli (BRA) – 15.480
7.o: John John Florence (HAV) – 15.480
9.o: Yago Dora (BRA) – 14.055
10.o: Leonardo Fioravanti (ITA) – 13.780
11.o: Gabriel Medina (BRA) – 13.280
12.o: Connor O´Leary (AUS) – 11.085
12.o: Matthew McGillivray (AFR) – 11.085
14.o: Callum Robson (AUS) – 11.000
15.o: Jordy Smith (AFR) – 10.725
16.o: Rio Waida (IND) – 9.660
17.o: Italo Ferreira (BRA) – 9.300
17.o: Kanoa Igarashi (JPN) – 9.300
17.o: Ian Gentil (HAV) – 9.300
21.o: Samuel Pupo (BRA) – 8.735
21.o: Nat Young (EUA) – 8.735
21.o: Jackson Baker (AUS) – 8.735
——outros brasileiros:
25: Miguel Pupo (SP) – 8.235 pontos
26: Michael Rodrigues (CE) – 7.310
34: Jadson André (RN) – 1.060

TOP-10 DA CATEGORIA FEMININA – 4 etapas:
1.a: Molly Picklum (AUS) – 27.290 pontos
2.a: Tyler Wright (AUS) – 24.930
3.a: Carissa Moore (HAV) – 22.100
4.a: Caitlin Simmers (EUA) – 19.965
5.a: Tatiana Weston-Webb (BRA) – 18.185
6.a: Caroline Marks (EUA) – 17.765
7.a: Stephanie Gilmore (AUS) – 16.200
8.a: Gabriela Bryan (HAV) – 16.050
8.a: Bettylou Sakura Johnson (HAV) – 16.050
10.a: Isabella Nichols (AUS) – 13.915
10.a: Macy Callaghan (AUS) – 13.915

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias