Publicidade:

Homem nada com 50 tubarões ao tentar quebrar recorde; VÍDEO

Um homem disse que foi cercado por até 50 tubarões no mar de Dorset, na Inglaterra, enquanto treinava para bater o recorde de natação mais rápida em torno da Ilha de Wight. O britânico nadava em uma madrugada de julho quando o encontro aparentemente assustador aconteceu.

Oly Rush, de 36 anos, conta que saiu à meia noite para treinar e, quando estava a cerca de 70 metros da costa, sentiu um tubarão batendo em sua perna e avistou os animais. As informações são do DailyMail.

Leia mais

+ Tubarão-touro morde lateral de jet ski e piloto quase cai na água

+ Tubarão-branco salta em direção de barco de mergulho

+ Tubarão salta do mar e ataca homem que voava de parapente; veja vídeo

Ashley McPherson, amigo de Oly que o acompanhava em um caiaque, iluminou a água com uma lanterna e o nadador conseguiu tirar fotos dos tubarões com seu celular que estava em uma caixa à prova d’água.

Imagem: Oly Rush

Oly afirma que dezenas de tubarões mustelus, também conhecido como cães de caça, comuns nas águas do Reino Unido, o cercaram por 15 minutos. O nadador disse que os animais chegaram a mordiscar suas mãos e pés, que não estavam cobertos pela roupa de mergulho – mas ele não teve ferimentos.

Apesar de parecer um encontro assustador, o nadador não se intimidou com a companhia e, em vez de fugir dos tubarões, decidiu aproveitar a experiência “fantástica”.

“Antes de partirmos, eu tinha brincado sobre ser atacado por tubarões e estávamos rindo disso. Foi minha primeira natação noturna, então foi muito enervante quando de repente me deparei com algo na água”, contou Oly.

“Quando Ashley iluminou a água, havia todos esses olhos nos encarando – contamos cerca de 50 tubarões. Quando percebi o que era, simplesmente gostei da experiência – foi fantástico ver tantos tubarões na natureza se comportando naturalmente e com tanta saúde. Eu me senti muito privilegiado.”

O nadador disse que nadou por 15 minutos com os animais e depois os deixou sozinhos. Ele acredita que os tubarões podem ter sido atraídos pela luz da sua boia que piscava.

Veja o vídeo que o homem publicou do momento em que encontrou os tubarões:

Oly estava se preparando para um mergulho ininterrupto de 24 horas ao redor da Ilha de Wight, que ele pretende concluir no final do mês em um recorde para uma ação de caridade.

Ele partirá de Seaview em 22 de agosto e nadará cerca de 105 km redor da ilha. O objetivo é quebrar o recorde atual de 26 horas estabelecido em 2016 por Scott Dawson e arrecadar mais de £ 5.000 (cerca de R$ 36.000) para instituições de caridade que recolhem plástico nas costas da Grã-Bretanha.

Oly é um ambientalista vegano. No ano passado passado, ele nadou por toda a costa jurássica do Reino Unido e arrecadou mais de £ 10.000 (cerca de R$ 72.000) para instituições de caridade.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias