26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Gabriel Medina e Carissa Moore vencem o Margaret River Pro 2023

Gabriel Medina e Carissa Moore (HAV) venceram o Margaret River Pro 2023, parada nº 5 do Championship Tour (CT), encerrado nessa sexta-feira, em ondas sólidas de quatro a seis pés no Main Break. Com as vitórias hoje, Moore e Medina subiram significativamente no ranking e agora estão em 2º e 7º lugares, respectivamente, no ranking.

A partir de agora, o corte no meio da temporada reduzirá o número de competidores para os 22 homens e 10 mulheres, que continuarão competindo na segunda metade da temporada de 2023 do CT.

Vitória inédita

Gabriel Medina vence pela primeira vez em Margaret River. Foto: Aaron Hughes/World Surf League

Ao vencer pela primeira vez a etapa de Margaret River, Medina chegou ao 17º troféu na carreira. A última conquista do paulista foi em 2021, quando venceu o Finals e conquistou o tricampeonato mundial. Gabriel ficou fora de parte do circuito em 2022, para cuidar da saúde mental e, depois, de uma lesão no joelho.

+ Brasil na liderança do campeonato Pan-Americano de Surf

O brasileiro chegou à final do Margaret River Pro 2023 Margaret River Pro 2023 após derrotar dois brasileiros: Flipe Toleto nas quartas de final e João Chianca na semi. Na final, Gabriel Medina encarou o estadunidense Griffin Colapinto.

Griffin Colapinto barrou JJ Florence mas não conseguiu parar Gabriel Medina. Foto: Cait Miers/World Surf League

Gabriel começou muito bem na bateria e conseguiu um 7,17. Griffin garantiu um 8,17 na primeira onda e assumiu a liderança, mas não conseguiu encontrar outra grande pontuação depois de derrotar o eterno favorito do evento, John John Florence, nas semifinais.

Medina finalizou a segunda onda com uma boa manobra e garantiu um 8,00. O brasileiro assumiu a liderança com 15,17 e respirou com folga na bateria. Gabriel conseguiu 9,50, a maior nota do evento, na terceira onda e complicou ainda mais a vida do rival. O paulista pegou quatro ondas, enquanto o estadunidense surfou 10. O tricampeão mundial garantiu o título inédito com 17,50.

Carissa é campeã

Carissa Moore. Foto: Aaron Hughes/World Surf League

Para chegar à final da categoria feminina, Carissa Moore (HAV) superou a local Bronte Macaulay que foi capaz de segurar o avanço da havaiana, que avançou para a final somando 12,50 pontos.

Por outro lado, a australiana Tyler Wright deu show nas semifinais, vencendo Caroline Marks (EUA) com a forte somatória de 15,33.

Na final feminina Carissa Moore e Tyler Wright protagonizaram um duelo menos emocionante em comparação às semis. Ainda assim, Moore atingiu a vitória com uma onda de 6,10 pontos e outra de 5, e um total de 11,10. Tyler, por sua vez, somou um total de 9,17, ficou em 2º.

A brasileira Tatiana Weston-Webb deixou a competição nas oitavas de final e não competiu na sexta. Contudo, garantiu sua vaga entre as Top 10 e segue no jogo após o corte de meio de ano da WSL.

A próxima etapa do Circuito Mundial é o Surf Ranch, a piscina de ondas de Kelly Slater. O evento acontece nos dias 27 e 28 de maio, em Lemoore, na Califórnia.

Highlights 

Resultados Finais do Margaret River Pro 2023 Feminino:

1 – Carissa Moore (HAV)

2 – Tyler Wright (AUS)

Semifinais

Carissa Moore (HAV) 12,50 DEF. Bronte Macaulay (AUS) 4,47

Tyler Wright (AUS) 15.33 DEF. Caroline Marks (EUA) 11,34

Resultados Finais do Margaret River Pro 2023 Masculino

1 – Gabriel Medina (BRA)

2 – Griffin Colapinto (EUA)

Semifinais

Gabriel Medina (BRA) 12.50 DEF. João Chianca (BRA) 10.67

Griffin Colapinto (EUA) 17.50 DEF. John John Florence (HAV) 11.27

Quartas de  final

Gabriel Medina (BRA) 14h00 DEF. Filipe Toledo (BRA) 7.00

João Chianca (BRA) 11.24 DEF. Connor O’Leary (AUS) 5,50

Griffin Colapinto (EUA) 11,77 DEF. Barron Mamiya (HAV) 8.83

John John Florence (HAV) 14,83 DEF. Ethan Ewing (AUS) 11.23

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias