Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Em decisão inédita, Mikey Wright e Leo Fioravanti duelam por wildcard no Pipe Masters



A poucas semanas para o início do Tour mundial, a WSL anunciou que a vaga remanescente para wildcard, disputada entre Mikey Wright e Leo Fioravanti será decidida de forma, no mínimo, emocionante.

Isso porque, com uma das vagas garantidas a Adriano de Souza, devido à lesão sofrida em 2019, um impasse surgiu com a vaga remanescente.

Em 2020 Mikey Wright e Leo Fioravanti disputariam o wildcard durante as três primeiras etapas.

Veja também: WSL divulga o calendário completo da temporada do CT de 2021

Dessa forma, aquele que obtivesse a melhor classificação no ranking, após a perna australiana, carimbava seu passaporte para o restante do Tour.

Contudo, a chegada da pandemia obrigou a WSL a cancelar o Tour de 2020 e, sendo assim, a entidade decidiu mudar as regras para 2021.

Veja também: Surf olímpico: dirigente afirma que a vacinação não será obrigatória

Agora, os dois irão enfrentar-se numa bateria homem a homem durante as triagens para o Pipeline Masters, que agora será a etapa de abertura do circuito mundial.

O duelo entre Mikey e Leo será à melhor de três, ou seja, o primeiro a vencer dois heats irá garantir a vaga na elite mundial.

Mais experiente em Pipe, Fioravanti tem a seu favor três temporadas competindo na mítica onda havaiana.

No entanto, foi nessa mesma bancada que o italiano sofreu uma de suas piores lesões e passou meses em recuperação.

Já Mikey Wright competiu somente uma vez em Pipeline, em uma edição do Volcom Pipe Pro.

Contudo, seu irmão, Owen Wright, tem muita experiência em Pipe e pode passar conselhos valiosos ao caçula da família.

A fase de triagem, Pipe Invitational, também classificará dois surfistas para o Billabong Pipe Masters juntamente com o vencedor do duelo entre Fioravanti e Wright.

Primeira fase anunciada

A WSL também divulgou os confrontos da primeira fase do Pipeline Masters.

Ademais, onze brasileiros já estão confirmados na etapa de abertura do Tour: Italo Ferreira, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Yago Dora, Peterson Crisanto, Caio Ibelli, Adriano de Souza, Jadson André, Miguel Pupo, Deivid Silva e Alex Ribeiro.

Billabong Pipe Masters – Primeira fase

1 Kanoa Igarashi (JPO), Conner Coffin (EUA), Connor O’Leary (AUS)
2 Kolohe Andino (EUA), Adrian Buchan (AUS), Deivid Silva (BRA)
3 Filipe Toledo (BRA), Peterson Crisanto (BRA), Morgan Cibilic (AUS)
4 Jordy Smith (AFR), Yago Dora (BRA), Mikey Wright (AUS) ou Leo Fioravanti (ITA)
5 Gabriel Medina (BRA), Frederico Morais (POR), wildcard
6 Italo Ferreira (BRA), Jadson André (BRA), wildcard
7 John John Florence (HAV), Wade Carmichael (AUS), Ethan Ewing (AUS)
8 Kelly Slater (EUA), Caio Ibelli (BRA), Miguel Pupo (BRA)
9 Owen Wright (AUS), Griffin Colapinto (EUA), Alex Ribeiro (BRA)
10 Jeremy Flores (FRA), Ryan Callinan (AUS), Jack Robinson (AUS)
11 Julian Wilson (AUS), Jack Freestone (AUS), Matthew McGillivray (AFR)
12 Seth Moniz (HAV), Michel Bourez (FRA), Adriano de Souza (BRA)

Veja AQUI o calendário completo da temporada do CT de 2021.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Derek Hynd e a ffffonte...

Um dos gurus do surf moderno lidera praticamente sozinho uma revolução em design que pode mudar a maneira como surfamos para sempre. Leia!

Alex Ribeiro treinando forte em...

Na semana em que embarca para as etapas do Tour mundial na Austrália, o...

Russell Bierke, um dos tube...

Depois de se consolidar no topo dos surfistas de ondas grandes que conquistaram a...

Kelly Slater, Kolohe Andino e...

Mesmo com as fronteiras fechadas para o turismo, alguns afortunados, como Kelly Slater, conseguiram...