25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Em carta aberta, Federação de surf do RJ critica falta de contrapartida da WSL

Recentemente, a Federação de Surfe do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) recebeu críticas em suas redes sociais, questionando o fato de um estado que recebe etapas da WSL em todos os níveis (QS, Challenger e CT) ter realizado apenas uma etapa do circuito estadual, quando o ano está prestes a chegar ao fim. Em uma resposta pública, a entidade esclareceu sua posição e levantou questões fundamentais sobre a distribuição de recursos no surfe fluminense.

Primeiramente, a Federação corrigiu a informação, apontando que neste ano já foram realizadas duas etapas do circuito estadual profissional e júnior do Rio de Janeiro, uma em Quissamã, em fevereiro, e outra em Saquarema, em julho, ambas com o patrocínio master das respectivas prefeituras. Entretanto, uma etapa tradicional, que seria realizada em Maricá, foi cancelada na véspera devido ao corte de patrocínio da prefeitura.

O Rio de Janeiro é um dos estados mais privilegiados no cenário do surfe mundial, recebendo eventos da World Surf League (WSL) que utilizam verbas públicas estaduais por meio da Lei de Incentivo. No entanto, como diz a carta aberta da FESERJ, a ausência de uma contrapartida significativa para o desenvolvimento da base do surfe é evidente.

A Federação aponta que a WSL cortou a taxa de homologação que era paga há 12 anos para a realização da etapa brasileira do CT no Rio de Janeiro, informando que nenhuma contrapartida da verba pública estadual destinada ao “Vivo Rio Pro” foi repassada à Federação para desenvolver projetos voltados para o surf de base do estado, apesar dos esforços em destacar a importância disso junto aos gestores da WSL e do Governo do Estado.

A FESERJ também destaca que, com uma fração do que o governo gasta nos eventos internacionais da WSL no Rio de Janeiro, poderia ser desenvolvido o circuito estadual mais forte do país, beneficiando as categorias de base e profissionais, além de proporcionar um suporte sem precedentes à equipe estadual júnior.

Leia a carta aberta na íntegra: Carta_Aberta_Comunidade_Surf_FESERJ_2023.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias