28 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024
28 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024

Em ação da WSL de homenagem à mulher, Gabriel Medina usa lycra da jogadora Marta

No Rip Curl Pro Portugal, 3ª etapa do Championship Tour (CT), da World Surf League, que tem seu primeiro dia de janela na quarta-feira, 8 de março, a WSL faz homenagem especial à mulher.

Os surfistas entrarão no mar de Peniche, no litoral português, com um objetivo extra além de competir: eles celebrarão o Dia Internacional da Mulher usando lycras com o nome de uma atleta feminina inspiradora no esporte, independentemente da modalidade que ela pratica ou praticou.

A campanha anual lançada pela WSL visa reforçar o seu compromisso com o movimento de igualdade para atletas femininas e esforço para inspirar as gerações futuras.

+ Praia em Fernando de Noronha eleita a melhor do mundo

Cada surfista do Circuito Mundial (homens e mulheres) selecionou uma atleta feminina que os inspira para homenagear nas costas de sua camisa.

Gabriel Medina presta homenagem à mulher: a jogadora Marta foi a eleita pelo 3x campeão mundial brasileiro, para estampar sua lycra.

Entre os brasileiros, o tricampeão Gabriel Medina escolheu a Marta Vieira da Silva, mais conhecida como Marta, eleita a melhor jogadora de futebol do mundo por seis vezes. “Ela é muito corajosa e é a melhor do mundo. Tenho orgulho de Marta representar o Brasil tão bem.”, diz Medina.

Já o atual campeão mundial Filipe Toledo elegeu a atual campeã mundial de surfe, Stephanie Gilmore; e Miguel Pupo terá em sua camisa o nome da medalhista olímpica de tênis Luisa Stefani.

“No ano passado, ela machucou o joelho e quando retornou, ganhou o primeiro evento que participou, na categoria de doublés. Eu a escolhi pela perseverança, passou por uma parte difícil na carreira e agora está de volta com tudo”, conta Pupo. 

Para Yago Dora, a preferida é Hortência Marcari, considerada uma das maiores jogadoras femininas de basquete do mundo: “Sou muito fã de basquete, e assisti a alguns vídeos de Hortência jogando e é incrível como ela não errava nunca. Que inspiração”. 

João Chianca escolheu a surfista e colega de competição Tatiana Weston-Webb. “Ela tem carinho por todo mundo, e sua decisão de representar o Brasil nas competições de surfe inspirou toda uma geração de surfistas no país”, diz o atleta.

Sábado de folga para os tops no Pro Pipeline. Nova chamada acontece neste domingo, 5/2, às 14h45 de Brasília
Tatiana Weston-Webb presta homenagem à mulher Beatriz Haddad Maia, tenista profissional brasileira. Foto: @WSL / Tony Heff

Por sua vez, Tati Weston-Webb também terá um nome inspirador estampado em sua lycra, de Beatriz Haddad Maia, tenista profissional brasileira. “Bia subiu muito no ranking no ano passado e é legal ver uma jogadora brasileira tendo sucesso em um esporte dominado pelas jogadoras da Europa. Além de que ela treinou tênis com meu tio e acabamos nos apoiamos nas redes sociais”, explica. 

“Acredito que um dia ela possa ser uma das melhores de todos os tempos”, diz Samuel Pupo ao contar sua escolha por Rayssa Leal, skatista na categoria street, vice-campeã olímpica e campeã mundial de 2022. Entre os demais, Jadson André preferiu a tenista Victoria Barros; e Michael Rodrigues, a surfista brasileira Tita Tavares

Haverá também ativações no local durante a competição para promover a mensagem. A WSL tem feito investimentos impactantes no progresso do surfe feminino.

Desde 2019, concede prêmios em dinheiro iguais para homens e mulheres em todos os eventos pertencentes e operados pela WSL, tornando-se a primeira e única liga esportiva global com sede nos Estados Unidos a fazê-lo.

A WSL também lançou o programa Rising Tides, em 2019, permitindo que jovens surfistas conheçam atletas do CT e compartilhem uma plataforma para explorar e aprender com seus heróis sobre como perseguir seus sonhos dentro e fora da água.

O Rip Curl Pro Portugal tem prazo até o dia 16 de março e a competição será transmitida pelo site da WSL e pelo Aplicativo e Canal da WSL no YouTube.

No Brasil, todas as etapas do World Surf League Championship Tour também passarão ao vivo nos canais do SporTV e no Globoplay.

Demais atletas e sua homenagem à mulher no Dia Internacional da Mulher 2023:

Kolohe Andino (EUA): Sydney McLaughlin
Jackson Baker (AUS): Carissa Moore
Teresa Bonvalot (POR): Patrícia Mamona
Ramzi Boukhiam (MAR): Nawal El Moutawakel
Gabriela Bryan (HAW): Haven Shepherd
Macy Callaghan (AUS): Emma McKeon
Ryan Callinan (AUS): Poppy Starr Olsen
Griffin Colapinto (EUA): Janice Aragon
Courtney Conlogue (EUA): Lisa Andersen
Johanne Defay (FRA): Laure Manaudou
Ethan Ewing (AUS): Helen Ewing
Leonardo Fioravanti (ITA): Teresa Bonvalot
Sally Fitzgibbons (AUS): Layne Beachley
John John Florence (HAW): Alex Florence
Ian Gentil (HAW): Amanda Nunes
Stephanie Gilmore (AUS): Susie O’Neill
Brisa Hennessy (CRC): Jimena Ruiz
Maxime Huscenot (FRA): Serena Williams
Caio Ibelli (BRA): Taliê Hanada
Kanoa Igarashi (JPN): Naomi Osaka
Ezekiel Lau (HAW): Melanie Bartels
Barron Mamiya (HAW): Moana Jones Wong
Caroline Marks (EUA): Katie Ledecky
Matthew McGillivray (RSA): Bianca Buitendag
Sophie McCulloch (AUS): Jessica Watson
Jake Marshall (EUA): Alyssa Spencer
Seth Moniz (HAW): Kelia Moniz
Carissa Moore (HAW): Megan Abubo
Carlos Munoz (CRC): Frieda Zamba
Isabella Nichols (AUS): Rhiannan Iffland
Liam O’Brien (AUS): Pauline Menczer
Connor O’Leary (AUS): Akemi Karasawa
Lakey Peterson (EUA): Venus Williams
Molly Picklum (AUS): Ash Barty
Jack Robinson (AUS): Amanda Nunes
Callum Robson (AUS): Cathy Freeman
Bettylou Sakura Johnson (HAW): Rell Sunn
Caitlin Simmers (EUA): Nora Vasconcellos
Kelly Slater (EUA): Margo Oberg
Jordy Smith (RSA): Natalie Du Toit
Filipe Toledo (BRA): Stephanie Gilmore
Rio Waida (INA): Greysia Polii e Apriyani Rahayu
Tyler Wright (AUS): Sam Kerr
Nat Young (EUA): Kerri Walsh Jennings

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: A World Surf League (WSL) promove as principais competições de surfe no planeta, coroando os campeões mundiais desde 1976, com os melhores surfistas do mundo se apresentando nas melhores ondas do mundo. A WSL é composta por uma divisão de Circuitos e Competições, que supervisiona e opera mais de 180 eventos globais a cada ano; pela WSL WaveCo, que produz as melhores ondas artificiais de alta performance; e pela WSL Studios, com produções independentes de conteúdos e projetos com e sem roteiros.

Para mais informações, visite site da WSL.

Fonte: imprensa WSL

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias