30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024
30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024

“Drama Queen”, vídeo de Caity Simmers, conta bastidores do Final 5 em Trestles

Com seu novo vídeo, “Drama Queen”, a talentosa surfista californiana Caitlin Simmers não apenas prova que surfa muito, mas que também sabe rir de si mesma. Ela que, com apenas 18 anos, foi eleita a Revelação do Ano no WSL Championship Tour (CT) de 2023 e encerrou sua temporada de estreia em 4º lugar, revela que reclamou demais durante seus treinos para o Final 5 em Trestles, e sem razão.

Nascida em Oceanside, pertinho de San Clemente, cidade onde fica Trestles, ela é bem acostumada ao pico. Caitlin Simmers sempre teve uma abordagem descontraída em relação ao surf. É nítido o quanto ela se diverte a cada onda. No entanto, por traz da brincadeira, ela revela um talento que a levou a grandes vitórias desde cedo, como o ISA Under-16 Girls World Junior Championship em 2018 e o prestigioso US Open of Surfing em 2021, quando tinha apenas 15 anos.

A trajetória de Caitlin no CT poderia ter começado no circuito de 2022, quando ela conquistou a vaga a partir do Challenger Series. No entanto, ela recusou a oportunidade, com o intuito de aprimorar suas habilidades. Esse tipo de decisão não era visto desde que Taj Burrow fez o mesmo em 1997.

Em 2023, Caitlin – que havia conquistado novamente a vaga – finalmente estreou no CT. Sua chegada não passou despercebida, trazendo uma nova perspectiva ao circuito feminino. A surfista mais jovem da elite não só elevou o nível das competições, mas também conquistou o título das etapas de Supertubos, em Portugal, e Saquarema, no Brasil. Com sua performance consistente ao longo da temporada, ela garantiu a vaga para o WSL Final 5 e encerrou seu ano de estreia na 4ª colocação.

Recentemente, Caitlin compartilhou um vídeo no YouTube, intitulado de “Drama Queen” [rainha do drama]. As imagens proporcionam aos fãs uma espiada nos bastidores dos seus treinos em Trestles antes do evento final de 2023. Em uma conversa com a Stab Magazine, ela descreveu a onda de Trestles como um local peculiar para treinar, devido ao crowd intenso. No vídeo, Caitlin destaca que, na época, cada pequeno contratempo durante as sessões parecia ser o fim do mundo.

Com sua característica de menina, ela admitiu que estava sendo uma “drama queen” naquele momento, o que inspirou o título do vídeo. E realmente ao assistir as imagens, fica claro que ela não estava enfrentando dificuldades significativas. Pelo contrário, a surfista exibia muito bem seu estilo e surf de borda.

Com a primeira etapa do CT 2024 se aproximando, os olhos do mundo do surf estão mais uma vez atentos às performances de Caitlin Simmers. Aos 18 anos, essa jovem prodígio do surf já demonstrou muita habilidade nas competições. À medida que os anos passam, a surfista não só adquiri experiência, mas também ganha força nas manobras, tornando-se uma competidora ainda mais perigosa para suas adversárias.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias