26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Deu Tigre como zebra no Capítulo Perfeito

Ninguém esperava que o garotão local Tiago Stock, apelidado de Tigre, fosse superar os Pipe Masters Rob Machado e Balaram Stack, nem o brasileiro Bruno Santos, que fez a melhor nota do evento

Deu Tigre como zebra no Capítulo Perfeito. Realizado na praia de Carcavelos, em Cascais, Portugal, a 10ª edição do evento Capítulo Perfeito foi vencida de forma inesperada pelo trialista português Tiago Stock, que derrotou na final três renomados especialistas em tubos, os norte-americanos Rob Machado (2º), Dylan Graves (3º) e Balaram Stack (4º). Tiago, que desde criança é apelidado de Tigre, fez o papel do que se chamava nos tempos da loteria esportiva brasileira de zebra, a aposta com menos chances de vencer.

O brasileiro Bruno Santos, que disputou uma das semifinais sem avançar, foi um dos destaques do dia, surfando o melhor tubo do evento, para atingir a quase perfeita nota de 9,9, o que lhe rendeu dois dos prêmios mais cobiçados do dia. O outro brasileiro no evento, o big rider Lucas “Chumbo” Chianca também foi parado nas semifinais.

Com séries demoradas de até seis pés e vento terral, a competição especial de tubos, na qual o objetivo principal é ficar mais tempo e mais fundo no interior dos canudos, reuniu, segundo os organizadores, mais de 20 mil pessoas na praia de Carcavelos, num belo domingo de muito sol. A sorte, combinada com a escolha criteriosa de ondas, foi fundamental para determinar quem avançava ou não. Muitas ondas fechavam e não faltaram pranchas partidas.

Naquela que foi a sua estreia no Capítulo Perfeito, Tiago Stock se beneficiou do conhecimento do pico onde aprendeu a surfar para escolher os melhores tubos, diante de um público mais que feliz em celebrar a vitória do garotão local de Carcavelos. Com este triunfo, Stock, de apenas 18 anos, embolsou um polpudo cheque no valor de 20 mil euros e tornou-se o primeiro trialista a conquistar o evento, ele que foi também o vencedor da prova de triagem, que aconteceu na mesma praia em janeiro.

“Foi um dia incrível, com bom tempo, boas ondas e a praia cheia de gente para nos ver. Estou muito contente por ter começado bem a final e ter conseguido manter a vantagem até ao fim. Vencer em casa, rodeado da minha família e amigos, é um sonho tornado realidade. Sinto que atingi o auge e espero que venham muitos mais momentos como este”, declarou o vencedor.

+Capítulo Perfeito marcado para domingo

Para a organização, o 10ª aniversário do evento foi muito bem celebrado, como avaliou Rui Costa, a principal figura por trás da competição: “Consideramos que a nossa missão foi cumprida. O offshore não entrou tanto como queríamos, mas ficamos contentes por ter havido pelo menos um bom tubo em todos os heats e várias notas acima da média. Recebemos uma lenda como o Rob Machado e escrevemos história com a vitória de um herói local, que veio dos Trials para ganhar o evento. O feedback que tive ao longo do dia foi de que só existem dois campeonatos com uma moldura humana como a que tivemos hoje em Carcavelos, as provas do circuito mundial do Rio de Janeiro e de Peniche”.

Quem também fez bonito, deixando mais uma vez sua marca no evento que já venceu em 2015, foi o brasileiro Bruno Santos, protagonista da melhor onda (9.90 pontos) e melhor pontuação combinada (16,90 pontos) de toda a competição, logo na primeira bateria do dia. Bruninho conquistou, assim, os prêmios Best Tube by 58SURF no valor de 2,5 mil euros e Best Score by Go Chill no valor de 2 mil euros, fazendo com que ele subisse ao palaque com um largo sorriso no rosto e postasse um agradecimento ao organizadores do campeonato no Instagram: “Obrigado Capítulo Perfeito, mais um evento incrível, cada ano melhor. Domingão de tubos, sol, amigos e família. Não levei o caneco, mas feliz por ter surfado a melhor onda do evento”.

Outro que honrou as bandeira brasileira em Portugal, foi Lucas “Chumbo” Chianca, que pela sua atitude e consistência nos poderosos tubos de Carcavelos conquistou o prêmio Ricardo dos Santos Atitude by Corona no valor de 2 mil euros. Vale ainda destacar que Francisca Veselko, atual bicampeã portuguesa, fez história ao tornar-se a primeira mulher a competir no Capítulo Perfeito. 

 

Final: Tiago Stock (9.75) x Rob Machado (5.25) x Dylan Graves (2.60) x Balaram Stack (1.25)

Ex-campeões: Tiago Pires (2012), Nic von Rupp (2013), Nic von Rupp (2014), Bruno Santos (2015), Aritz Aranburu (2016), William Aliotti (2018), Anthony Walsh (2020), Aritz Aranburu (2022), Nic von Rupp (2023).

Melhor Tubo: Bruno Santos (BRA) 9.90

Maior Score: Bruno Santos (BRA) 16.90

Maior Wipeout: Salvador Vala (PRT)

Prémio Ricardo dos Santos Atitude: Lucas Chianca (BRA)

Vencedor New Generation: Salvador Vala (PRT)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias