Publicidade:

Como voltar ao rip após os exageros do carnaval

Carnaval, como sabemos, é uma época de excessos para muitos. E não são poucos que se rendem a folia e relaxam na preparação.

Então, alguns dias após a quarta-feira de cinzas pinta a previsão daquele swell clássico, mas seu corpo ainda está se recuperando do “estrago”. O que fazer?

Calma, nada está perdido! É possível voltar ao rip obtendo um bom rendimento nas ondas mesmo depois de uma maratona de festas, desfiles, bailes e blocos de carnaval em um curto espaço de tempo. Mas tudo depende do quanto você abusou nas festas e de sua disposição para “reverter o estrago”.

Quando paramos de praticar atividade física o corpo leva um tempo para voltar ao ritmo habitual. Além disso, fatores como noites mal dormidas, alimento pesado e abuso do álcool terão uma influência negativa no rendimento dos treinos. É preciso, portanto, um pouco de calma e bom senso na hora de pegar firme no treino novamente.

Veja também:

+ Filipe Toledo & cia treinando forte em Supertubos

+ Italo Ferreira se destaca em mar clássico no Supertubos (vídeo)

+ Nathan Florence: sessão rara nos outer reefs e depois o pote de ouro em Pipeline

Se exagerou no Carnaval, quando voltar ao treino não adianta ter pressa e querer recuperar tudo rapidamente”, comenta Guilherme Leme, coordenador de musculação da rede de academias Bio Ritmo.

Segundo o profissional, é possível que o atleta também perceba uma pequena diminuição da força: “Se a ideia é praticar exercícios de corrida ou pedalar, por exemplo, é necessário reduzir o ritmo e velocidade média nos primeiros treinos, apenas para evitar que seu corpo saia de um período de repouso para um esforço intenso demais”, explica.

Mas Leme explica que isso não atrapalhará os objetivos a médio prazo e que, inclusive, diminuir a intensidade também evita lesões. “Além disso, não levará mais do que duas ou três sessões de treino para que o ritmo volte ao normal”, comenta.

Confira as dicas do Guilherme Leme para se recuperar da folia:

  • Beba bastante água. “O consumo de álcool é prejudicial para a hidratação. Portanto, ao retomar os treinos, beba bastante água, pois dessa forma fica mais fácil evitar câimbras”, explica o coordenador.
  • Evite o açúcar e a gordura em excesso. Segundo Guilherme Leme, voltar a se alimentar de forma saudável é fundamental para ter mais disposição e energia, além de contribuir para os resultados.
  • Não adianta tentar surfar com a mesma intensidade logo na primeira queda. Vá com calma. As chances de se lesionar ou sobrecarregar músculos e estruturas articulares é grande nesses casos.
  • Resultados não são obtidos em uma semana. “Isso quer dizer que essa semana que você parou de treinar não colocará tudo a perder, assim como exagerar na quantidade ou intensidade dos treinos ao voltar ao mar não será determinante para você chegar mais próximo do seu objetivo”, comenta Leme. Isso quer dizer que treinar em excesso é tão prejudicial quanto a má alimentação.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias