Publicidade:

Como evitar acidentes surfando

Há quem diga que é impossível evitar acidentes surfando, afinal, trata-se de um esporte de aventura e, como tal, o fator risco faz parte do negócio.

Contudo, o fato é que muitos acidentes poderiam ter sido evitados se alguns cuidados fossem tomados, principalmente por surfistas iniciantes.

Sendo assim, vamos listar abaixo algumas dicas sobre evitar acidentes surfando que podem servir tanto para iniciantes, quando para experientes. Confira:

Como evitar acidentes surfando

Como evitar acidentes surfando
Conheça seus limites e as característica do lugar onde pretende surfar. Foto: Reprodução

Conheça seus limites e o lugar onde pretende surfar

Vivemos na era da internet. Portanto, informações sobre a praia e a onda em que se pretende surfar estão a um “clique” de distância.

Sendo assim, antes de entrar no mar, informe-se! Além disso, muitas praias têm placas indicando restrições, correntes, avisos de períodos de pesca e até presença de tubarões.

É sempre válido, também, conversar com pessoas da área (guarda-vidas, pescadores e outros surfistas) sobre as características do mar.

Munido de todas essas informações, se você se sente confiança em entrar na água, então, boa diversão. Mas, na dúvida, não entre.

Escolha a prancha certa

Qual o seu nível de surf? Você está com a remada em dia? Esse é o tipo de questionamento que deve ser feito antes de escolher a prancha certa.

Afinal, não é qualquer prancha que serve para qualquer dia de onda.

Se o mar estiver muito grande, por exemplo, você não deve surfar com uma prancha muito pequena. Mas um longboard, por exemplo, trará grandes dificuldades para quem pretende varar uma arrebentação mais longa.

Ou seja, para minimizar as dificuldades, esteja com o equipamento adequado para cada ocasião.

Use sempre o leash

Leash de prancha
O uso do leash é fundamental para a sua segurança e dos demais que estão no mar. Foto: Geoff Goldswain / Shutterstock

O leash também conhecido como strap, cordinha, é um acessório de segurança muito importante, pois é o que mantém o surfista preso à prancha.

Seu uso é fundamental para a sua segurança e dos demais que estão no mar.

Afinal, estar ligado à sua prancha significa estar ligado a algo que flutua, ou seja, por mais que você saiba nadar, em uma situação de caldo muito forte, em que a energia se esgota, a prancha se torna uma tábua de salvação.

Preste atenção na qualidade e tempo de uso da cordinha. Lave-a sempre com água doce após o surf e a mantenha guardada em local arejado e protegido.

Entenda as regras de comportamento do surf

O surf, como qualquer modalidade esportiva atende a determinadas regras de conduta. A mais importante é a prioridade.

A prioridade determina quem tem a preferência de pegar a onda e funciona assim: quem está mais perto de onde a onda está quebrando (ou seja, da espuma) tem prioridade para pegá-la.

Você não pode simplesmente entrar na frente de outra pessoa. Se o surfista já está surfando, nunca entre na frente. Isso pode ser muito perigoso, além de ser considerado bastante desrespeitoso.

Atenção ao pular da prancha

Nunca pule da prancha de cabeça depois de surfar uma onda. Distraído com o surf que acabou de fazer, você pode não lembrar de checar a profundidade daquele ponto que você se encontra.

Então, ter o hábito de mergulhar de cabeça pode ser um grande risco. Mesmo quando pular em pé, lembre-se que, se estiver muito raso, você pode machucar joelhos, tornozelos ou pés com o impacto. Tente ser suave ao se jogar da prancha e preste atenção se há outros surfistas ou banhistas a sua volta, para que sua prancha não os atinja.

Veja sempre a previsão de tempo antes de surfar

Veja sempre a previsão de tempo antes de surfar. Se há previsão de trovoadas ou ventania, não vale a pena se arriscar.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em média, pelo menos 100 pessoas morreram no Brasil nos últimos 15 anos vítimas de raios. E isso acontece mais durante o verão, quando as tempestades atingem as praias repletas de banhistas.

Lembre-se de que quando você está surfando é ainda pior, pois se torna o ponto mais alto daquela faixa de oceano, e um alvo em potencial para raios. Então, se o tempo fechar, saia rapidamente da água e da praia.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias