23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024
23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024

Cinco brasileiros avançam na abertura do CT de Portugal

Cinco brasileiros conseguiram se classificar diretamente para o Round 3 na abertura do MEO Rip Curl Pro Portugal, terceira etapa do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT) 2024, realizada na manhã desta quarta-feira nas ondas portuguesas de Supertubos. Samuel Pupo fez o maior somatório da quarta-feira nas ondas de 4-6 pés em e Caio Ibelli também estreou com vitória.

O bicampeão desta etapa, Italo Ferreira, Miguel Pupo e Yago Dora, foram os outros brasileiros que passaram direto para a terceira fase, mas em segundo lugar nas suas baterias. Já Gabriel Medina e Deivid Silva, ficaram em último nas deles e terão que disputar a repescagem. A rodada inicial masculina foi a única fase a entrar na água no dia de hoje e a próxima chamada foi marcada para as 7h30 só da sexta-feira em Portugal, 4h30 da madrugada no fuso horário de Brasília.

Layback Pro decide títulos sul-americanos em Floripa a partir dessa quarta

A primeira fase feminina também estava programada para a quarta-feira, mas entrou um vento muito forte que acabou forçando o adiamento. Já está definido também que na quinta-feira não haverá competição, porque as previsões indicam que as condições do mar e do vento estarão desfavoráveis. Gabriel Medina e Deivid Silva são os únicos brasileiros que terão que passar pela repescagem em Peniche. Eles estão juntos na terceira eliminatória da competição e vão disputar duas vagas para a terceira fase com o australiano Ryan Callinan.

Samuel Pupo estreou fazendo o recorde de pontos da quarta-feira em Supertubos. Foto: WSL / Damien Poullenot

Deivid foi o primeiro brasileiro a competir na quarta-feira e terminou em último contra os havaianos Barron Mamiya e Imaikalani deVault na segunda bateria do dia. Medina estreou junto com Samuel Pupo, que achou boas ondas para mostrar o seu surfe e fazer o maior somatório da primeira fase, 15,00 pontos, com notas 8,33 e 6,67. O italiano Leonardo Fioravanti passou em segundo com 11,80, contra 8,16 do tricampeão mundial, que no domingo festejou sua classificação para os Jogos Olímpicos com vitória em Porto Rico.

A seleção brasileira da WSL não teve um bom início de ano no Havaí. Apenas Italo Ferreira, Miguel Pupo e Yago Dora, estão entre os 22 primeiros do ranking, grupo que será mantido na elite para a segunda metade da temporada. Os outros estão abaixo dos 22, então precisam de bons resultados nas três últimas etapas para escapar do corte, essa de Portugal e as duas da Austrália, em Bells Beach e Margaret River. Já as duas surfistas do time feminino, Tatiana Weston-Webb e Luana Silva, saíram do Havaí empatadas em sétimo lugar no ranking, ou seja, dentro do grupo das 10 primeiras que permanecerão na elite após Margaret River.

Caio Ibelli conquistou a segunda vitória brasileira na dobradinha com Italo Ferreira. Foto: WSL / Damien Poullenot

Antes do Samuca conseguir a primeira vitória da seleção brasileira no MEO Rip Curl Pro Portugal, o seu irmão mais velho, Miguel Pupo, tinha acabado de conquistar a primeira classificação na bateria anterior. Ele chegou a ganhar a maior nota do confronto, 6,33, mas foi superado por 11,27 a 10,50 pontos pelo marroquino Ramzi Boukhiam. Os dois mandaram o australiano Ryan Callinan para a repescagem. E depois da vitória do Samuel Pupo, aconteceu a primeira dobradinha verde-amarela em Supertubos esse ano, com Italo Ferreira e Caio Ibelli sobre o havaiano Ian Gentil.

Bicampeão do evento (2018 e 2019), Italo Ferreira, confirmou a segunda colocação com a nota 7,43 da sua melhor apresentação na quarta-feira. Caio Ibelli liderou toda a bateria e venceu por 13,90 pontos, somando 7,23 com 6,67. Italo passou em segundo lugar com 12,93 e Ian Gentil ficou em último com 10,73. E na última bateria do dia, Yago Dora se classificou com 11,80 pontos, contra 13,10 da vitória do português Frederico Morais. Os dois mandaram o australiano Liam O´Brien para a repescagem.

A programação inicial era realizar a primeira fase masculina e a feminina também na quarta-feira. No entanto, o vento mudou e passou a agir negativamente na formação das ondas em Supertubos. Com isso, a direção técnica decidiu cancelar a estreia das mulheres e a próxima chamada foi marcada só para a sexta-feira, as 7h30 em Peniche, 4h30 no Brasil. Isto porque as condições ficarão bem difíceis na quinta-feira, com mar muito grande e vento desfavorável.

TRANSMISSÃO AO VIVO – Todas as etapas do WSL Championship Tour passam ao vivo no Sportv e Globoplay, parceiros de mídia da WSL no Brasil. Neste ano, a transmissão em português pelos canais da World Surf League, pela primeira vez está sendo produzida no Brasil e com uma nova equipe de comentaristas. Também pelo WorldSurfLeague.com e pelo Aplicativo e Canal da WSL no YouTube, pode ser acessada uma transmissão inédita em espanhol.

HIGHLIGHTS DO DIA

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA EM PORTUGAL:

PRIMEIRA FASE – 1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.a=Repescagem:
1.a: 1-Cole Houshmand (EUA)=10.10, 2-Connor O´Leary (JPN)=9.93, 3-Jake Marshall (EUA)=9.76
2.a: 1-Barron Mamiya (HAV)=11.77, 2-Imaikalani deVault (HAV)=10.07, 3-Deivid Silva (BRA)=9.84
3.a: 1-Callum Robson (AUS)=9.17, 2-Matias Canhoto (POR)=6.80, 3-Griffin Colapinto (EUA)=4.83
4.a: 1-Jacob Willcox (AUS)=11.24, 2-John John Florence (HAV)=7.27, 3-Marcos Mignot (FRA)=6.77
5.a: 1-Joan Duru (FRA)=13.96, 2-Ethan Ewing (AUS)=13.00, 3-Rio Waida (IDN)=9.67
6.a: 1-Jack Robinson (AUS)=14.76, 2-Crosby Colapinto (EUA)=11.20, 3-Joaquim Chaves (POR)=7.77
7.a: 1-Jordy Smith (AFR)=13.67, 2-Kade Matson (EUA)=11.00, 3-Matthew McGillivray (AFR)=6.96
8.a: 1-Seth Moniz (HAV)=12.60, 2-Eli Hanneman (HAV)=11.87, 3-Kanoa Igarashi (JPN)=11.50
9.a: 1-Ramzi Boukhiam (MAR)=11.27, 2-Miguel Pupo (BRA)=10.50, 3-Ryan Callinan (AUS)=8.43
10: 1-Samuel Pupo (BRA)=15.00, 2-Leonardo Fioravanti (ITA)=11.80, 3-Gabriel Medina (BRA)=8.16
11: 1-Caio Ibelli (BRA)=13.90, 2-Italo Ferreira (BRA)=12.93, 3-Ian Gentil (HAV)=10.73
12: 1-Frederico Morais (POR)=13.10, 2-Yago Dora (BRA)=11.80, 3-Liam O´Brien (AUS)=7.90

PRÓXIMAS BATERIAS DO MEO RIP CURL PRO PORTUGAL:

REPESCAGEM – 1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=33.o lugar com 265 pontos:
1.a: Griffin Colapinto (EUA), Jake Marshall (EUA), Joaquim Chaves (POR)
2.a: Kanoa Igarashi (JPN), Matthew McGillivray (AFR), Marco Mignot (FRA)
3.a: Ryan Callinan (AUS), Gabriel Medina (BRA), Deivid Silva (BRA)
4.a: Ian Gentil (HAV), Liam O´Brien (AUS), Rio Waida (IDN)

PRIMEIRA FASE – 1.a e 2.a=Oitavas de Final / 3.a=Repescagem:
1.a: Caitlin Simmers (EUA), Isabella Nichols (AUS), Alyssa Spencer (EUA)
2.a: Molly Picklum (AUS), Luana Silva (BRA), Sophie McCulloch (AUS)
3.a: Caroline Marks (EUA), Gabriela Bryan (HAV), Francisca Veselko (POR)
4.a: Bettylou Sakura Johnson (HAV), Lakey Peterson (EUA), Sawyer LIndblad (EUA)
5.a: Johanne Defay (FRA), Tatiana Weston-Webb (BRA), India Robinson (AUS)
6.a: Tyler Wright (AUS), Brisa Hennessy (CRC), Sally Fitzgibbons (AUS)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias