26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

CBSurf Imbituba Prime: Ryan Kainalo faz a maior somatória do dia

Representando a nova geração brasileira, Ryan Kainalo, 16 anos, foi o destaque da abertura do CBSurf Imbituba Prime na quinta-feira de boas ondas de 3-5 pés na Praia da Vila, a primeira etapa com status Prime da Taça Brasil da Confederação Brasileira de Surf, oferecendo premiação de 120.000 Reais e 8.000 pontos no ranking de acesso para o Dream Tour 2023.

Dos 176 surfistas inscritos de 12 estados, 80 estrearam no primeiro dia e apenas 32 avançaram para a segunda fase. O evento vale como penúltima etapa do Circuito Profissional da Federação Catarinense de Surf e a sexta-feira vai começar pela categoria feminina, as 8h00, ao vivo pelo Cbsurf.org.br e fecasurf.com.br.

Neste segundo dia, a líder invicta do ranking estadual, Tainá Hinckel, já poderá garantir o bicampeonato catarinense antes da última etapa da FECASURF, em novembro na Praia da Joaquina, em Florianópolis. Isto se sua única concorrente, Laura Raupp, não passar para a segunda fase do CBSurf Imbituba Prime. Tainá conquistou o primeiro título catarinense profissional feminino da história e ganhou as três primeiras etapas deste ano. A surfista da Guarda do Embaú estreia no sexto confronto do dia e Laura Raupp entra no sétimo.

Veja também:

Silvana Lima e Lucas Silveira vencem o CBSurf Floripa Pro

2ª etapa do Brasil Surf Tour será em Baía Formosa (RN)

Italo Ferreira desfalca o Brasil no ISA World Surfing Games

Na quinta-feira, foram realizadas 24 baterias na Praia da Vila, as 8 da triagem e as 16 da primeira fase masculina. A bateria que inaugurou o CBSurf Imbituba Prime foi vencida por Ian Gouveia, que no domingo foi vice-campeão na etapa da Divisão Principal do Circuito Brasileiro em Florianópolis. Depois, Ian ganhou também o confronto que abriu a primeira fase, contra o paulista Tales Araujo, o potiguar Samuel Joquinha e o carioca Pedro Neves.

CBSurf Imbituba Prime
Ian Gouveia. Foto: Marcio David

Estou amarradão, porque é muito bom quando a gente consegue manter o ritmo com um campeonato atrás do outro”, disse Ian Gouveia. “Você consegue se divertir, tudo acontece, a onda vem, a nota sai, então espero continuar neste ritmo até o final do ano. Essa onda aqui de Imbituba é internacional, a Vila já foi palco de grandes eventos e nunca decepciona. A previsão está mostrando que vai ter altas ondas, então estou bem animado para este evento”.

A VOLTA DE IMBITUBA – Muitos surfistas de várias gerações estavam felizes com Imbituba voltando a sediar um campeonato importante de surfe. A Praia da Vila foi palco da etapa brasileira do World Surf League Championship Tour até 2010 e decidiu alguns títulos mundiais, para Kelly Slater, Andy Irons e Mick Fanning. Mas, a última grande competição em Imbituba aconteceu 11 anos atrás, uma etapa do Qualifying Series com status Prime também em 2011, que foi vencida pelo hoje tricampeão mundial Gabriel Medina.

Estou feliz em estar aqui em Imbituba, é um lugar que eu gosto porque foi onde consegui meu melhor resultado no CT, ficando em terceiro lugar nas semifinais (em 2005)”, disse Raoni Monteiro, após estrear com vitória no CBSurf Imbituba Prime. “A onda aqui é bem surfável, abre mais o braço pra direita, pra esquerda, é um lugar com um astral muito bom, com uma onda muito boa, forte, que dá pra mostrar mesmo o seu surfe. Eu consegui pegar duas boas ali, para passar a bateria e agora é focar no próximo round”.

CBSurf Imbituba Prime
Raoni Monteiro. Foto: Marcio David

MELHOR DO DIA – Logo após o ex-top da elite do CT, Raoni Monteiro, 40 anos, avançar para a segunda fase junto com o também experiente bicampeão catarinense, Diego Rosa, 28 anos, um dos maiores talentos da nova geração, fez as marcas a serem batidas no CBSurf Imbituba Prime.  O paulista Ryan Kainalo, de 16 anos, nem estava confirmado no evento, mas acabou entrando na vaga do catarinense Mateus Herdy, que cancelou sua participação.

Ele já havia feito os recordes da triagem, 14,50 pontos somando uma nota 8,17. Na primeira fase, Ryan Kainalo achou boas ondas de novo para mostrar o seu surfe de borda, alongando grandes manobras nas paredes perfeitas das ondas na Praia da Vila, mandando até um aéreo para completar a melhor apresentação do campeonato. Os juízes deram nota 8,67, que ele somou com o 6,57 da sua segunda melhor onda, para totalizar imbatíveis 15,24 pontos.

Estou bem feliz por ter conseguido fazer boas médias e duas notas excelentes, uma em cada bateria que surfei aqui hoje”, disse Ryan Kainalo. “Essa onda é muito boa e é um sonho estar competindo aqui com boas ondas. Eu tinha competido aqui quando tinha uns 12 anos e ganhei três categorias, a sub-12, sub-14 e sub-16. É um lugar bem especial pra mim e a condição estava até bem semelhante com a de hoje, então estou bem feliz”.

ÚLTIMA HORA – Outro surfista que tinha ficado de fora do limite de 144 participantes na categoria masculina do CBSurf Imbituba Prime, mas conseguiu uma vaga de última hora na triagem, foi o atual campeão mundial Pro Junior da WSL, Lucas Vicente. O catarinense foi chamado para entrar no lugar do capixaba Guilherme Carvalho logo na segunda bateria do dia. Mesmo assim, Lucas venceu essa e a da primeira fase também, como Ryan Kainalo.

Eu estava ansioso, sem saber se ia conseguir vaga ou não, aí me chamaram em cima da hora. A bateria já tava entrando, então tive que sair correndo pela areia e já cheguei adrenalizado, mas deu certo”, disse Lucas Vicente. “Estou feliz porque tem altas ondas e a previsão tá irada pros próximos dias. A Praia da Vila é um lugar muito especial pra mim. Tenho memória de eu e meu pai surfando aqui, eu só com 1m30 pegando ondas de 2 metros e a galera aplaudindo. É um lugar muito especial, então quero ir bem, mas sei que é um campeonato longo”.

CBSurf Imbituba Prime
Lucas Silveira. Foto: Marcio David

BOAS LEMBRANÇAS – Outro surfista que relembrou momentos vividos na Praia da Vila, quando Imbituba era o palco da etapa brasileira do WSL Championship Tour, foi Lucas Silveira. O carioca, que mora em Florianópolis, venceu a final da etapa da Divisão Principal do Circuito CBSurf Pro, contra Ian Gouveia no domingo na Praia Mole e foi um dos 48 que entraram na primeira fase do CBSurf Imbituba Prime. Ele estreou com vitória na Praia da Vila.

Estou feliz por estar aqui na Praia da Vila, que é um lugar que tem muita história no surfe”, disse Lucas Silveira. “Me lembro de vir aqui bem pequeno ainda, para assistir o CT que rolava aqui e vi o Andy Irons quebrando sua prancha porque perdeu a bateria. Eu vi também o (Kelly) Slater sendo campeão, o Mick Fanning conquistando o título mundial, então estou feliz por ter passado minha primeira bateria. A previsão das ondas está muito boa pro fim de semana, então quero seguir avançando para surfar essas ondas”.

SEGUNDA FASE – Os 32 surfistas que passaram pelas baterias da primeira fase na quinta-feira, vão enfrentar os 32 pré-classificados pelos rankings da Taça Brasil e da FECASURF, que vão entrar na segunda das três rodadas de 16 baterias do CBSurf Imbituba Prime. Ela vai acontecer logo após os oito confrontos da primeira fase feminina, que abre a sexta-feira, às 8h00 na Praia da Vila. A previsão é de que seja mais um dia de boas ondas e com Sol, depois da quinta-feira que amanheceu com chuva e céu carregado de nuvens.

O CBSurf Imbituba Prime é uma parceria entre a Prefeitura de Imbituba, Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e VCplay, juntamente com a Associação de Surf de Imbituba (ASI), com homologação da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) e patrocínio da Motostore Yamaha, Fico, Fu-Wax, Surfland, Silverbay, Açaí do Joca Jr, Unifique, Lord e Arena. A competição está sendo transmitida ao vivo pelo fecasurf.com.br e Cbsurf.org.br.

RESULTADOS DA QUINTA-FEIRA NO CBSURF IMBITUBA PRIME:

TRIAGEM – 3.o=129.o lugar e 4.o=137.o lugar:

1.a: 1-Ian Gouveia (PE), 2-Riomar Rodrigues (SC), 3-Tanio Barreto (AL), 4-Leo Casal (SC)

2.a: 1-Lucas Vicente (SC), 2-José Muniz (SC), 3-Marco Polo (SC), 4-Gustavo Diniz (RN)

3.a: 1-Gabriel André (SP), 2-Leonardo Berbet (RN), 3-Luy Gonzales (RS), 4-Gustavo Bertotto (RS)

4.a: 1-Cauã Gonçalves (SP), 2-Luiz Diniz (SP), 3-Rodrigo Farias (SC), 4-Giovani Reis (RS)

5.a: 1-Ryan Kainalo (SP), 2-JP Ferreira (SP), 3-Gabriel Catapam (PR), 4-Kaique Garcia (RS)

6.a: 1-Lucas Cainan (PR), 2-Moa Soares (SC), 3-Jonas Tatuíra (SC), 4-Niccolas Padaratz (SC)

7.a: 1-Tayrom Silva (SC), 2-Derek Souza (SP), 3-Adailo Filho (CE), 4-Guilherme Santos (SC)

8.a: 1-Edvan Silva (CE), 3-Felix Martins (BA), 4-Ricardo Petry (AL)

PRIMEIRA FASE – entrada de 48 pré-classificados:

——–3.o=97.o lugar e 4.o=113.o lugar

01: 1-Ian Gouveia (PE), 2-Tales Araujo (SP), 3-Samuel Joquinha (RN), 4-Pedro Neves (RJ)

02: 1-Lucas Catapam (PR), 2-Riomar Rodrigues (SC), 3-Arthur Alves (RN), 4-Yan Feder (RJ)

03: 1-Lucas Vicente (SC), 2-Deyvson Santos (RN), 3-Derek Adriano (SC), 4-Pedro Araujo (SP)

04: 1-José Muniz (SC), 2-Charlie Brown (CE), 3-Renan Rodrigues (SP), 4-Leandro Silva (SC)

05: 1-Israel Junior (RN), 2-Caio Knappi (RJ), 3-Gabriel André (SP), 4-Gabriel Ramos (SP)

06: 1-Ramiro Rubim (SC), 2-Leonardo Berbet (RN), 3-Victor Costa (RN), 4-Patrick Plachi (SC)

07: 1-Cauã Gonçalves (SP), 2-Gabriel Paiva (BA), 3-Dodo Veiga (SP), 4-Aminandes Pamplona (PR)

08: 1-Raoni Monteiro (RJ), 2-Diego Rosa (SC), 3-Luiz Diniz (SP), 4-Odarci Nonato (SP)

09: 1-Ryan Kainalo (SP), 2-Lucas Pires (RN), 3-Geovane Ferreira (SP), w.o-Alandreson Martins (BA)

10: 1-Felipe Oliveira (SP), 2-JP Ferreira (SP), 3-Guilherme Lemos (CE), 4-Kayan Medeiros (RN)

11: 1-Pericles Dimitri (PR), 2-Lucas Cainan (PR), 3-Robson Santos (SP), w.o-Valentin Neves (RJ)

12: 1-Lucas Silveira (RJ), 2-Moa Soares (SC), 3-Pedro Amorim (RJ), 4-Lucas Ribas (RJ)

13: 1-Victor Valentim (PR), 2-Tayrom Silva (SC), 3-Raphael Reis (RJ), 4-Alan Donato (PE)

14: 1-André Luiz (SC), 2-Yan Sondahl (RJ), 3-Kainan Meira (PR), 4-Derek Souza (SP)

15: 1-Gustavo Borges (RS), 2-Edvan Silva (CE), 3-Flavio Nakagima (SP), 4-Murilo Brandt (SC)

16: 1-Glauciano Rodrigues (CE), 2-Janninfer de Souza (CE), 3-Marcio Freitas (CE)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias