23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024
23 C
Papeete
quarta-feira, 22 maio, 2024

Cabeças de chave estreiam no do Saquarema Surf Festival

O Maracanã do surfe brasileiro bombou altas ondas para a estreia dos cabeças de chave do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. As principais atrações do evento apresentado pela Prefeitura de Saquarema, deram um show nas ondas de 4-6 pés da quarta-feira na Praia de Itaúna. O destaque do dia foi Michael Rodrigues, que bateu todos os recordes do campeonato. Mas, teve o campeão mundial Adriano de Souza vencendo a bateria mais aguardada do dia e a batalha pelas vagas no G-8 do ranking da WSL Latin America, que foi travada em quase todas as baterias.

A quarta-feira foi encerrada com os quatro primeiros confrontos da categoria Pro Junior Sub-20, que prossegue nesta quinta-feira, a partir das 8h00, ao vivo da Capital Nacional do Surf pelo WorldSurfLeague.com. Será a vez da nova geração da América do Sul, se apresentar no maior campeonato do ano no continente. São 48 participantes na categoria masculina e 25 na feminina, disputando a penúltima etapa na briga pelos títulos de 2022 da WSL Latin America, além de quatro vagas para o Mundial da World Surf League, duas pelo ranking masculino e duas pelo feminino.

Veja também:

Medina e Italo entre os convidados para o Vans Pipe Masters

“Peace & Power”: A trajetória de Filipe Toledo rumo ao título mundial

Boa Vista: divulgadas primeiras imagens da nova piscina de SP

Em 2021, Cauã Costa e a peruana Sol Aguirre foram campeões sul-americanos com as vitórias na Praia de Itaúna. A categoria Pro Junior é a última competição do Saquarema Surf Festival que está sendo iniciada esse ano. Os participantes do QS 5000 feminino e do Longboard, estrearam na terça-feira. E na quarta-feira, foi a vez das principais estrelas do QS 5000 masculino, fazerem suas primeiras apresentações no maior palco do esporte na América do Sul. A Praia de Itaúna bombou altas ondas de 4-6 pés durante todo o dia, para eles darem um show a cada bateria.

Cauã Costa vai defender o título da categoria Pro Junior em Saquarema. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

Logo na terceira do dia, o cearense Michael Rodrigues, que mora em Florianópolis (SC) há muitos anos, achou boas esquerdas abrindo o paredão para ele mostrar toda a potência do seu backside, combinando grandes manobras no crítico das ondas. Ele foi recompensado pela atitude e alto risco do seu ataque, com os juízes dando notas 8,77 e 8,33 nas duas melhores que surfou. Com os 17,10 pontos que totalizou, se tornou o novo recordista absoluto do Saquarema Surf Festival 2022.

“As ondas estão incríveis. Já surfei desde as 5h00 da manhã e torcendo pra começar logo o campeonato, porque tinha muita onda boa desde cedo. Saquarema é incrível e esse ano não está sendo diferente”, disse Michael Rodrigues, que é o brasileiro mais bem colocado no ranking atual do Challenger Series, o único que está no grupo dos 10 surfistas que se classificarão para a elite do World Surf League Championship Tour de 2023. A penúltima etapa deste novo circuito de acesso para o CT, vai acontecer também na Praia de Itaúna, nos dias 1 a 8 de novembro.

Alex Ribeiro foi um dos ex-tops do CT que estrearam na quarta-feira. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

Michael Rodrigues, assim como muitos dos cabeças de chave, já fez parte do CT. Três deles se enfrentaram na nona bateria, que foi a mais aguardada do dia e poderia até ser uma grande final do Saquarema Surf Festival. Nela, estava o campeão mundial Adriano de Souza, que festejou sua última vitória no CT na Praia de Itaúna em 2017, o paranaense Peterson Crisanto e o vice-campeão da estreia deste evento promovido pela 213 Sports em homenagem a Leo Neves, João Chianca, que é de Saquarema.

BATERIA DO DIA – Mas, quem largou na frente foi o uruguaio Marco Giorgi, conhecido pelo seu “power surf” que se encaixou bem nas condições do mar. Ele começou com nota 6,00, contra 5,67 do Adriano de Souza e 5,60 do João Chianca. O campeão mundial escolheu surfar mais à direita da arena do evento e lá achou uma boa direita para mandar três manobras fortes que valeram 7,33. Essa nota confirmou a vitória de Mineirinho por 13,00 pontos. Nos minutos finais, Chumbinho apostou nas direitas e garantiu sua classificação, somando 12,60 com a nota 7,00 da sua última onda.

O campeão mundial também comentou sobre a dificuldade da sua bateria de estreia no Saquarema Surf Festival. “Foi uma bateria forte, com três caras que já foram CT e o Marco (Giorgi), que também tem grande potencial pra estar no CT. Mas, quem define tudo é o mar, então eu estava focado no mar, concentrado no meu surfe, na minha prancha e graças a Deus eu fui abençoado. Na verdade, eu tive um pouco de sorte em esperar a onda certa pra surfar e para passar a bateria”.

João Chianca foi buscar a classificação nas direitas de Itaúna. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

MEMÓRIA A LEO NEVES – O bicampeão brasileiro faleceu no mar na Praia de Itaúna, enquanto competia em um evento local de Saquarema. A agência 213 Sports, decidiu homenagear Leo Neves promovendo um grande Festival de Surf, com etapas do Qualifying Series, Pro Junior e Longboard, todas com as categorias masculina e feminina, realizadas com o princípio da igualdade na premiação para as mulheres receberem o mesmo valor dos homens na mesma colocação.

O filho de Leo Neves também estreou na quarta-feira e se classificou em segundo lugar na bateria vencida por outro talento da nova geração, Caio Costa. Valentin Neves está mais próximo do grupo dos 8 primeiros colocados no ranking regional da WSL Latin America, que se classificarão para disputar vagas para o CT no Challenger Series de 2023. Ele é o 15.o colocado e o Saquarema Surf Festival é uma das três etapas da temporada com status QS 5000, que vale a maior pontuação.

Adriano de Souza voltando ao palco da sua última vitória no CT. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

VAGAS NO G-8 – Essa batalha por vagas no G-8, foi travada desde a primeira bateria do dia. Dois que estão próximos desse grupo, enfrentaram o líder do ranking, Miguel Tudela. O peruano ganhou as três etapas que disputou esse ano e não perde o primeiro lugar em Saquarema. Mas, ele se classificou em segundo, pois o décimo do ranking, Igor Moraes, achou boas ondas e foi o primeiro a bater os recordes do Saquarema Surf Festival 2022 na quarta-feira. Ele começou com nota 7,00, ganhou 7,50 na segunda onda, 7,17 na terceira e 8,07 na última, quando atingiu 15,57 pontos.

Sete surfistas que chegaram em Saquarema para defender vaga no G-8, competiram na quarta-feira. Quatro passaram para a quarta fase do Saquarema Surf Festival, o líder Miguel Tudela, o argentino José Gundesen e os brasileiros Ian Gouveia e Rafael Teixeira. Mas três foram eliminados, o vice-líder Heitor Mueller e os dois que estavam fechando a lista, Samuel Igo e Vitor Ferreira. Eles acabaram deixando a porteira aberta para vários surfistas com chances de entrar no G-8 nessa semana.

VICE-LIDERANÇA – A 13.a das 16 baterias da terceira fase, reuniu dois deles, Heitor Mueller que estava em segundo no ranking e Rafael Teixeira, quarto colocado. Só que o local de Saquarema, Daniel Templar, mostrou todo seu conhecimento das ondas de Itaúna e surfou as melhores para vencer por 13,23 pontos. O capixaba Rafael Teixeira acabou conseguindo a classificação nos últimos minutos, quando achou uma boa onda para atacar forte e ganhar uma nota 7,50, totalizando 13,00 pontos. Com isso, ele já tirou a vice-liderança no ranking do catarinense Heitor Mueller.

Arthur Maximo foi o primeiro saquaremense a avançar para a quarta fase. Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports

LOCAIS DE SAQUAREMA – Essa batalha por vagas no G-8 vai prosseguir no Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. Os 32 classificados na quarta-feira estão divididos em oito baterias na quarta fase. Os dois melhores em cada avançam para a rodada classificatória para as quartas de final, quando os duelos passam a ser disputados no sistema homem a homem. Quatro surfistas locais de Saquarema seguem na disputa do título, Arthur Maximo na quarta bateria, João Chianca na sexta e Valentin Neves e Daniel Templar juntos na sétima, contra os paulistas Alex Ribeiro e Rodrigo Saldanha.

HIGHLIGHTS DO DIA

BATERIAS DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL 2022:

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA NA PRAIA DE ITAÚNA:

TERCEIRA FASE DO QS 5000 – entrada dos 32 cabeças de chave:
——–3.o=33.o lugar (US$ 300 e 450 pts) e 4.o=49.o lugar (US$ 200 e 400 pts)
01: 1-Igor Moraes (BRA), 2-Miguel Tudela (PER), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Douglas Silva (BRA)
02: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Giovani Pontes (BRA), 3-Lucas Silveira (BRA), 4-Raoni Monteiro (BRA)
03: 1-Michael Rodrigues (BRA), 2-Uriel Sposaro (BRA), 3-Sebastian Olarte (URU), 4-Renan Peres (BRA)
04: 1-Francisco Bellorin (VEN), 2-José Gundesen (ARG), 3-Gabriel A. Vargas (PER), 4-Caetano Vargas (BRA)
05: 1-Santiago Muniz (ARG), 2-Alan Jhones (BRA), 3-Cauã Costa (BRA), 4-Gabriel André (BRA)
06: 1-Alonso Correa (PER), 2-Ryan Kainalo (BRA), 3-Fabricio Rocha (BRA), 4-Pedro Amorim (BRA)
07: 1-Marcos Correa (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Gabriel Klaussner (BRA), 4-Luel Felipe (BRA)
08: 1-Arthur Maximo (BRA), 2-Tomas Lopez Moreno (ARG), 3-Flavio Nakagima (BRA), 4-Jadson André (BRA)
09: 1-Adriano de Souza (BRA), 2-João Chianca (BRA), 3-Peterson Crisanto (BRA), 4-Marco Giorgi (URU)
10: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Cauã Gonçalves (BRA), 3-Vitor Ferreira (BRA), 4-Alejo Muniz (BRA)
11: 1-Ian Gouveia (BRA), 2-Edgard Groggia (BRA), 3-Alex Suarez (EQU), 4-Samuel Igo (BRA)
12: 1-Jessé Mendes (ITA), 2-Leo Casal (BRA), 3-Eduardo Motta (BRA), 4-Daniel Adisaka (BRA)
13: 1-Daniel Templar (BRA), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Heitor Mueller (BRA), 4-Pedro Neves (BRA)
14: 1-Rodrigo Saldanha (BRA), 2-Diego Aguiar (BRA), 3-Mateus Sena (BRA), 4-Willian Cardoso (BRA)
15: 1-Caio Costa (BRA), 2-Valentin Neves (BRA), 3-Takeshi Oyama (JPN), 4-Matheus Navarro (BRA)
16: 1-Krystian Kymerson (BRA), 2-Alex Ribeiro (BRA), 3-Deivid Silva (BRA), 4-Kaue Germano (BRA)

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts):
1.a: 1-Fabricio Rocha (BRA), 2-Yan Sondahl (BRA), 3-Sunny Pires (BRA), 4-Lucas Ribas (BRA)
2.a: 1-Gabriel Klaussner (BRA), 2-Joaquin Reyes (CHL), 3-Manuel Robles (PER), 4-Patrick Plachi (BRA)
3.a: 1-Rafael Guimarães (BRA), 2-Leon De La Torre (CHL), 3-Lucas Catapam (BRA), 4-Takeshi Oyama (BRA)
4.a: 1-Cauet Frazão (BRA), 2-Philippe Neves (BRA), 3-Maximiliano Saenz (EQU), 4-Pedro Martins (BRA)
—–5.a bateria fica para abrir a quinta-feira

BATERIAS DA QUINTA-FEIRA NO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts):
—–as 4 primeiras fecharam a quarta-feira
5.a: Franco Radziunas (ARG), Pedro Rian Lima (BRA), Rickson Falcão (BRA), Rayan Fadul (BRA)
6.a: Kayan Medeiros (BRA), Samuel Joquinha (BRA), Luan Ferreyra (BRA), Guilherme Ferreira (BRA)
7.a: Marcell Neves (BRA), Guilherme Carvalho (BRA), Yan Feder (BRA), Noah de Oliveira (BRA)
8.a: Rodrigo Saldanha (BRA), Murilo Brandt (BRA), Antonio Carvalho (BRA), Kaue Germano (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada dos 16 cabeças de chave:
——–1.o e 2.o=Quartas de Final / 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts)
1.a: Heitor Mueller (BRA), João Cypriano (BRA), Fabricio Rocha (BRA), Joaquin Reyes (CHL)
2.a: Noel De La Torre (CHL), Mateus Sena (BRA), Gabriel Klaussner (BRA), Yan Sondahl (BRA)
3.a: Daniel Templar (BRA), Valentin Neves (BRA), Rafael Guimarães (BRA), Philippe Neves (BRA)
4.a: Cauã Costa (BRA), Eduardo Motta (BRA), Cauet Frazão (BRA), Leon de la Torre (CHL)
5.a: Ryan Kainalo (BRA), Leo Casal (BRA), 1.o da 5.a, 2.o da 6.a
6.a: Caio Costa (BRA), Cauã Gonçalves (BRA), 1.o da 6.a, 2.o da 5.a
7.a: Daniel Adisaka (BRA), Wallace Vasco (BRA), 1.o da 7.a, 2.o da 8.a
8.a: Diego Aguiar (BRA), Kainan Meira (BRA), 1.o da 8.a, 2.o da 7.a

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR FEMININO – 1.a e 2.a=Quartas de Final:
——–3.a=17.o lugar (200 pontos) e 4.a=25.o lugar (150 pts)
1.a: Sol Aguirre (PER), Rafaella Montesi (CHL), Isabela Saldanha (BRA)
2.a: Isabelle Nalu (BRA), Julia Duarte (BRA), Alexia Monteiro (BRA), Allany Tuze (BRA)
3.a: Kalea Gervasi (PER), Mariana Areno (BRA), Luana Silva (BRA)
4.a: Naire Marquez (BRA), Genesis Garcia (EQU), Dominique Charrier (CHL)
5.a: Tainá Hinckel (BRA), Sofia Driscoll (CHL), Estela Lopez (CHL)
6.a: Kiany Hyakutake (BRA), Sophia Medina (BRA), Vera Jarisz (ARG)
7.a: Laura Raupp (BRA), Pamella Mel (BRA), Maya Carpinelli (BRA)
8.a: Arena Rodriguez Vargas (PER), Daniella Rosas (PER), Sophia Gonçalves (BRA)

QUARTA FASE DO QS 5000 MASCULINO – até a 4.a bateria:
——–3.o=17.o lugar (US$ 500 e 800 pts) e 4.o=25.o lugar (US$ 400 e 720 pts)
1.a: José Gundesen (ARG), Igor Moraes (BRA), Weslley Dantas (BRA), Uriel Sposaro (BRA)
2.a: Miguel Tudela (PER), Michael Rodrigues (BRA), Francisco Bellorin (VEN), Giovani Pontes (BRA)
3.a: Santiago Muniz (ARG), Wesley Leite (BRA), Alonso Correa (PER), Tomas Lopez Moreno (ARG)
4.a: Ryan Kainalo (BRA), Marcos Correa (BRA), Alan Jhones (BRA), Arthur Maximo (BRA)

BATERIAS DA SEXTA-FEIRA NO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

QUARTA FASE DO QS 5000 MASCULINO – 4 últimas baterias:
——–3.o=17.o lugar (US$ 500 e 800 pts) e 4.o=25.o lugar (US$ 400 e 720 pts)
5.a: Adriano de Souza (BRA), Edgard Groggia (BRA), Marco Fernandez (BRA), Leo Casal (BRA)
6.a: João Chianca (BRA), Ian Gouveia (BRA), Jessé Mendes (ITA), Cauã Gonçalves (BRA)
7.a: Alex Ribeiro (BRA), Valentin Neves (BRA), Daniel Templar (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA)
8.a: Rafael Teixeira (BRA), Krystian Kymerson (BRA), Diego Aguiar (BRA), Caio Costa (BRA)

TERCEIRA FASE DO QS 5000 FEMININO – 1.a e 2.a=Quartas de Final:
——–3.a=9.o lugar (US$ 1.000 e 1.575 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 700 e 1.440 pts)
1.a: Luana Silva (BRA), Silvana Lima (BRA), Isabelle Nalu (BRA), Kiany Hyakutake (BRA)
2.a: Sol Aguirre (PER), Dominic Barona (EQU), Summer Macedo (BRA), Genesis Garcia (EQU)
3.a: Sophia Medina (BRA), Daniella Rosas (PER), Naire Marquez (BRA), Kayane Reis (BRA)
4.a: Melanie Giunta (PER), Yanca Costa (BRA), Juliana dos Santos (BRA), Anne dos Santos (BRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias