26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Brasileiros avançam em meio a condições irregulares em Sunset

As ondas irregulares em Sunset Beach não impediram o avanço dos Brasileiros no segundo dia do Hurley Pro Sunset Beach, que, depois de um dia parado, retornou na quarta-feira, definindo as últimas classificações para a terceira fase em ondas de 4-6 pés. As condições não estavam tão boas, ondas muito irregulares, mas Gabriel Medina, Samuel Pupo e Yago Dora estrearam com vitórias, completando 100% do time indo direto para a terceira fase, sem passar pela repescagem. Os nove vão disputar vagas para as oitavas de final com primeira chamada às 7h45 da quinta-feira no Havaí, 14h45 no Brasil.

Infelizmente, a combinação dos resultados não foi boa para o Brasil e dois duelos serão verde-amarelos, o 13.o entre Italo Ferreira e Michael Rodrigues e o 14.o com Yago Dora e João Chianca. Se por um lado, isso garante dois nas oitavas de final, dois terminarão em 17.o lugar no Hurley Pro Sunset Beach. Dos nove brasileiros, sete foram para a chave de baixo, que vai apontar o segundo finalista. Apenas Gabriel Medina e Samuel Pupo ficaram na chave de cima.

Samuca será o primeiro a competir, na segunda bateria com o italiano Leonardo Fioravanti, vice-campeão do Billabong Pro Pipeline, que inaugurou o ranking 2023 do WSL Championship Tour. Ele e o campeão, Jack Robinson, tiveram que passar pela repescagem e o australiano vai abrir a terceira fase, enfrentando ao costa-ricense Carlos Munoz.

+ Assista à onda inesquecível de Slater em Pipeline

+ Mundial de Longboard da ISA será em El Salvador 

+ CBSurf faz 1º Surf Camp da Seleção Brasileira Junior

Já Gabriel Medina está na sétima bateria, com um dos estreantes da temporada, o indonésio Rio Waida. O tricampeão mundial procurou ficar ativo no mar difícil da quarta-feira e aproveitou bem as ondas que pegou, derrotando os australianos Ryan Callinan e Connor O´Leary por 11,67 pontos.

Samuel Pupo iniciando a invencibilidade do Brasil em Sunset na quarta-feira. Foto: WSL / Tony Heff

Não é o Sunset que estamos acostumados a ver, está bem difícil, ondas muito irregulares,  e até mais parecido com um beachbreak (praia com fundo de areia). Então, eu tentei pegar várias ondas e estou feliz com a vitória”, disse Gabriel Medina, que está tendo o apoio do big-rider havaiano, Billy Kemper, neste evento. “Eu tenho treinado bastante, surfado bastante, curtindo com meus amigos e aproveitando todo o tempo aqui. Estou trabalhando com o Billy Kemper e ele me ajudou muito, mostrando vários pontos para eu me posicionar no line-up, para pegar boas ondas”.

No primeiro dia do Hurley Pro Sunset Beach, iniciado na segunda-feira, dos seis brasileiros que competiram, apenas o atual campeão mundial, Filipe Toledo, estreou com vitória. Os outros também passaram direto para a terceira fase, mas em segundo lugar nas suas baterias. Já na quarta-feira, Gabriel Medina fechou a primeira fase confirmando a invencibilidade da seleção brasileira. O dia começou com Samuel Pupo dominando o confronto com o californiano Griffin Colapinto e o havaiano Ian Gentil, derrotando-os por 10,66 pontos.

Está sendo meio estranho esse início de temporada aqui no Havaí, em termos de ondas. Hoje (quarta-feira) parecia igual em casa (Maresias-SP). Não adiantava ficar esperando por uma onda perfeita, porque não tinha”, analisou Samuel Pupo. “Eu tentei ficar ativo, indo em todas e precisava ter sorte, para conectar até o inside. O evento em Pipeline já foi difícil pra mim, as condições estavam bem diferentes do ano passado, então aqui eu só queria surfar o máximo de ondas e fazer o meu melhor. Estou feliz que deu certo”.

Yago Dora voando nas esquerdas de Sunset Beach. Foto: @WSL / Tony Heff

Na segunda bateria do dia, Yago Dora também liderou do início ao fim. Apesar de Sunset Beach ser um pico conhecido por suas longas direitas, ele achou algumas esquerdas formando rampas para voar. O primeiro aéreo não completou, mas na segunda tentativa, fez o giro completo no ar e aterrissou, para receber sua maior nota, 6,83. Com ela, Yago confirmou uma tranquila vitória por 13,00 pontos, contra 5,43 do australiano Callum Robson e 2,83 do indonésio Rio Waida.

SELEÇÃO BRASILEIRA – Os nove titulares do time masculino da seleção brasileira, vão disputar classificação para as oitavas de final do Hurley Pro Sunset Beach. A batalha começa na segunda bateria, com Samuel Pupo enfrentando o italiano Leonardo Fioravanti. O tricampeão mundial Gabriel Medina também está na chave de cima, na sétima bateria com Rio Waida. Os outros sete foram para a chave de baixo, que vai definir o segundo finalista do evento.

O tricampeão Gabriel Medina completou a invencibilidade do Brasil na quarta-feira. Foto: @WSL / Tony Heff

O campeão mundial Filipe Toledo está na nona bateria com um dos havaianos convidados para esta etapa, Eli Hanneman. Na 11.a, tem Miguel Pupo contra o californiano Kolohe Andino e na seguinte entra o semifinalista em Sunset Beach em 2022, Caio Ibelli, com o australiano Ryan Callinan. Na sequência, vem os dois duelos brasileiros, com o campeão mundial Italo Ferreira enfrentando Michael Rodrigues na 13.a bateria e Yago Dora com João Chianca na 14.a.

Na categoria feminina, as oitavas de final já foram formadas na segunda-feira, com as duas brasileiras se classificando em segundo lugar nas suas estreias no Hurley Pro Sunset Beach. Luana Silva foi convidada para participar desta etapa e deu trabalho para a pentacampeã mundial Carissa Moore, mas a havaiana confirmou o favoritismo. As duas voltam a se enfrentar na quinta oitava de final. Tatiana Weston-Webb está na sétima, com a jovem californiana Caitlin Simmers, uma das estreantes na elite do CT 2023.

HIGHLIGHTS DO DIA

PRÓXIMAS BATERIAS DO HURLEY PRO SUNSET BEACH:

TERCEIRA FASE – 17.o lugar com US$ 11.610 e 1.330 pontos:
1.a: Jack Robinson (AUS) x Carlos Munoz (CRC)
2.a: Samuel Pupo (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
3.a: John John Florence (HAV) x Ian Gentil (HAV)
4.a: Callum Robson (AUS) x Nat Young (EUA)
5.a: Ethan Ewing (AUS) x Keanu Asing (HAV)
6.a: Kelly Slater (EUA) x Jake Marshall (EUA)
7.a: Gabriel Medina (BRA) x Rio Waida (IDN)
8.a: Griffin Colapinto (EUA) x Liam O´Brien (AUS)
9.a: Filipe Toledo (BRA) x Eli Hanneman (HAV)
10.a: Barron Mamiya (HAV) x Seth Moniz (HAV)
11.a: Miguel Pupo (BRA) x Kolohe Andino (EUA)
12.a: Caio Ibelli (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
13.a: Italo Ferreira (BRA) x Michael Rodrigues (BRA)
14.a: Yago Dora (BRA) x João Chianca (BRA)
15.a: Jordy Smith (AFR) x Matthew McGillivray (AFR)
16.a: Kanoa Igarashi (JPN) x Jackson Baker (AUS)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar com US$ 13.500 e 2.610 pts:
1.a: Brisa Hennessy (CRC) x Sally Fitzgibbons (AUS)
2.a: Molly Picklum (AUS) x Isabella Nichols (AUS)
3.a: Stephanie Gilmore (AUS) x Zoe McDougall (HAV)
4.a: Tyler Wright (AUS) x Macy Callaghan (AUS)
5.a: Carissa Moore (HAV) x Luana Silva (BRA)
6.a: Lakey Peterson (EUA) x Gabriela Bryan (HAV)
7.a: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Caitlin Simmers (EUA)
8.a: Bettylou Sakura Johnson (HAV) x Caroline Marks (EUA)

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA EM SUNSET BEACH:

PRIMEIRA FASE – 1.o e 2.o=Terceira Fase e 3.o=Segunda Fase:
9.a: 1-Samuel Pupo (BRA)=10.66, 2-Griffin Colapinto (EUA)=9.10, 3-Ian Gentil (HAV)=8.76
10: 1-Yago Dora (BRA)=13.00, 2-Callum Robson (AUS)=5.43, 3-Rio Waida (IDN)=2.83
11: 1-Kolohe Andino (EUA)=11.43, 2-Jordy Smith (AFR)=10.94, 3-Leonardo Fioravanti (ITA)=6.33
12: 1-Gabriel Medina (BRA)=11.67, 2-Ryan Callinan (AUS)=9.87, 3-Connor O´Leary (AUS)=9.33

SEGUNDA FASE – 3.o=33.o lugar com US$ 10.500 e 265 pontos:
1.a: 1-Jackson Baker (AUS)=9.77, 2-Jack Robinson (AUS)=8.50, 3-Kai Lenny (HAV)=8.00
2.a: 1-Ian Gentil (HAV)=14.34, 2-Keanu Asing (HAV)=8.00, 3-Connor O´Leary (AUS)=5.93
3.a: 1-Leonardo Fioravanti (ITA)=9.87, 2-Rio Waida (IDN)=9.10, 3-Ezekiel Lau (HAV)=5.93
4.a: 1-Nat Young (EUA)=11.40, 2-Matthew McGillivray (AFR)=9.63, 3-Maxime Huscenot (FRA)=4.50

AO VIVO – O prazo deste segundo desafio do World Surf League Championship Tour 2023 vai até o dia 23 de fevereiro e está sendo transmitido pelo WorldSurfLeague.com e pelo Aplicativo e canal da WSL no YouTube. No Brasil, todas as etapas também passam ao vivo nos Canais SporTV e no Globoplay.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias