30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024
30 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024

Brasil faz bonito no Mundial de Para Surf 2022

A equipe brasileira ficou com a quarta colocação e a medalha de cobre no Campeonato Mundial de Para Surf 2022, encerrado no último domingo (12), em Pismo Beach, Califórnia (EUA).

A competição, organizada pela ISA em parceria com a AmpSurf, teve a participação de de 180 dos melhores Para Surfistas do mundo, representando 28 equipes nacionais e 9 classes diferentes de surf adaptado.

Ao todo, treze Campeões Mundiais foram coroados no encerramento do evento, dos quais cinco foram brasileiros: Elias Figue Diel (Men Vision Impairment 1), Davi Teixeira (Men Prone 2), Fellipe Kizu Lima (Men Open Sit), Rafael Lueders (Men Stand 2) e Alcino ‘Pirata’ Neto (Men Stand 3).

Mundial de Para Surf 2022
Felipe Kizu volta da Califórnia como pentacampeão mundial. Foto: Jersson Barboza

Além das medalhas de ouro, os brasileiros também conquistaram duas pratas com Cristiana Fernandes (Women Stand) e Roberto Pino (Men Stand 1), e dois bronzes Miguel Flavio (Men’s Vision Impairment 2) e Marçal da Costa (Men Prone 1).

+ Ondas clássicas e geladas no Ártico

+ Israel Adesanya recebe aulas de surf de Raimana Van Bastolaer

+ Mihimana Braye e sua impressionante conexão com Teahupoo

Donos da casa, os EUA ficaram com a primeira colocação entre as equipes, com destaque para Victoria Feige (CAN), que conquistou sua quarta medalha de ouro consecutiva.

“Não acredito”, disse Feige. “Mas cheguei até aqui por causa da ajuda da comunidade do surf adaptado e como as outras garotas da minha área estão me pressionando. Estou muito animado para ver onde todos nós iremos para as Paraolimpíadas”, disse a campeã do Campeonato Mundial de Para Surf 2022.

Pismo Beach
Delegação brasileira em Pismo Beach. Foto: Sean Evans / ISA

A sétima edição do Mundial também marcou uma troca de guarda na elite do Para Surf. Um total de sete novos campeões mundiais foram coroados e seis dos medalhistas de ouro gerais são adolescentes.

Entre os primeiros vencedores estão Casey Proud (HAV), Llywelyn ‘Sponge’ Williams (WAL), Camilo Abdulo (POR), Rafael Lueders (BRA) e Aleli Medina (PUR), a mais jovem, com 13 anos, e também a primeira a ganhar uma medalha ISA Para Surf para sua equipe nacional.

Mundial de Para Surf 2022
Marçal Costa. Foto: Jersson Barboza

Mas os veteranos também fizeram bonito. Cinco surfistas aumentaram sua coleção de títulos mundiais em Pismo Beach: Fellipe Kizu Lima (BRA) conquistando sua quinta medalha de ouro, Alcino ‘Pirata’ Neto (BRA) a quarta, e Davi Teixeira (BRA) a segunda, enquanto os medalhistas de ouro de 2021 Elias Figue Diel (BRA) e Roy Calderon (CRC) repetiram suas atuações em 2021 para ganhar títulos mundiais consecutivos.

Aos 17 anos, Davi Teixera, o “Davizinho” manteve seu posto de mais jovem campeão mundial de Para Surf:

Estou tão feliz, tão grato”, disse Teixeira. “Mas a vitória é o mais importante? Não, o mais importante para mim são as pessoas aqui e essa energia”, concluiu o agora bicampeão mundial.

Campeonato Mundial de Para Surf 2022 – Highlights das finais

Resultados

Classificações de equipe

Ouro – EUA (10.890)

Prata – França (10.695)

Bronze – Espanha (10.448)

Cobre – Brasil (10.440)

Women’s Prone 1

Ouro – Sarah Bettencourt (EUA)

Prata – Katherine Beattie (EUA)

Bronze – Tracy McKay (RSA)

Cobre – Sam Bloom (AUS)

Men’s Vision Impairment 1

Ouro – Elias Figue Diel (BRA)

Prata – Thomas Da Silva (FRA)

Bronze – Kirk Watson (AUS)

Cobre – Ben Neumann (GER)

Men’s Prone 2

Ouro – Davi Teixeira (BRA)

Prata – Matthew Vanderhoogth (CRC)

Bronze – Tomoki Fujihara (JPN)

Cobre – Claudio Morales (CHI)

Women’s Vision Impairment 2

Ouro – Aleli Medina (PUR)

Prata – Melissa Reid (PT)

Bronze – Ling Pai (CAN)

Cobre – Alison Eakin (EUA)

Men’s Vision Impairment 2

Ouro – Roy Calderón (CRC)

Prata – Jack Jackson (AUS)

Bronze – Miguel Flávio (BRA)

Cobre – Aaron Paulk (HAW)

Women Kneel

Ouro – Victoria Feige (CAN)

Prata – Noemi Alvarez (CHI)

Bronze – Emmanuelle Blanchet (FRA)

Cobre – Audrey Pascual (ESP)

Women Stand 1

Ouro – Liv Stone (EUA)

Prata – Cristiana Fernandes (BRA)

Bronze – Catalina Castro (CHI)

Cobre – Faith Lennox (EUA)

Open Sit

Ouro – Fellipe Kizu Lima (BRA)

Prata – Guillame Colin (FRA)

Bronze – Juan Camancho (CRC)

Cobre – Doug Hendrikz (RSA)

Men Prone 1

Ouro – Casey Proud (HAW)

Prata – Antonion Mueller (GER)

Bronze – Marçal da Costa (BRA)

Cobre – Christiaan ‘Otter’ Bailey (EUA)

Men Kneel

Ouro – Llywelyn ‘Sponge’ Williams (WAL)

Prata – Mark ‘Mono’ Stewart (AUS)

Bronze – Altair Olivares (CHI)

Cobre – Ibon Oregui (ESP)

Men Stand 1

Ouro – Camilo Abdula (POR)

Prata – Roberto Pino (BRA)

Bronze – John Wheele (AUS)

Cobre – Kentaro Kondo (JPN)

Men Stand 2

Ouro – Rafael Lueders (BRA)

Prata – Jean-Paul Veaudry (RSA)

Bronze – Phillipe Naud (FRA)

Cobre – Kenjiro Ito (JPN)

Men Stand 3

Ouro – Alcino ‘Pirata’ Neto (BRA)

Prata – Dariel Melendez (CRC)

Bronze – Eric Dargent (FRA)

Cobre – Naomichi Katsukura (JPN)

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias