Após eliminação, Pâmela Rosa mostra foto de tornozelo inchado

Mais Lidas

Uma das representantes brasileiras no skate street e atual primeira do mundo no ranking, a skatista Pâmela Rosa, 22 anos, ficou de fora da final na modalidade e justificou-se em suas redes sociais.

Leia também:
+ Extraordinária, Rayssa Leal é prata no skate street feminino
+ Entenda a polêmica entre Letícia Bufoni e Kelvin Hoefler
+ Covid e Olimpíadas: COI chama a atenção de atletas por abraços no pódio

Ela explicou em depoimento do GE que torceu o pé três dias antes da viagem para Tóquio. “Fui até onde consegui,” postou a skatista.

No Instagram, ela publicou uma foto da lesão e afirmou:

“Mais uma vez enfrentei uma competição lesionada, mas essa lesão não me parou, fui até onde consegui! Agradeço imensamente todas as energias positivas, toda torcida e todo o apoio”, completa Pâmela Rosa, que terminou na 10ª colocação geral.

Veja: 
+ Guia das Olimpíadas: tudo sobre o skate

O skate street feminino terminou na madrugada desta segunda-feira (26) com a conquista histórica da maranhense Rayssa Leal, de apenas 13 anos, ao vencer a prata olímpica.

A 'Fadinha Rayssa Leal' garantiu a prata para o Brasil no skate street
Rayssa Leal conquista segunda medalha de prata do skate brasileiro. Foto: Wander Roberto/COB

Com o resultado, a skatista se tornou a terceira medalhista individual mais jovem da história brasileira após 85 anos, em sua primeira participação olímpica, que também marcou a estreia do skate nas Olimpíadas.

A Nishiya Momiji, do time Japão, da mesma idade que Rayssa, foi a primeira colocada. A japonesa Funa Nakayama, 16 anos, completou o pódio e assim o Japão celebrou sua dobradinha no skate street feminino.

A outra integrante do Time Brasil, Letícia Bufoni deu adeus às Olimpíadas na rodada eliminatória, terminando na 9ª colocação.


A próxima aparição olímpica do skate será com o skate park feminino, na terça-feira, 3/8,  A classificatória inicia às 21h (horário de Brasília), enquanto a final ocorre à 00h20 (horário de Brasília), de quarta-feira, 4/8.

No park feminino, o Brasil é composto por Yndiara Asp, Isadora Pacheco e Dora Varella.  Dora Varella é a melhor posicionada no ranking, em 9º. Isadora Pacheco é a 11ª, enquanto Yndiara Asp está em 14º.


Últimas Notícias