Adriano de Souza fala sobre saúde mental de surfistas profissionais: “Isso pesa”

Mais Lidas

Nesta quinta-feira, o campeão mundial Adriano de Souza usou seu perfil no Instagram para fazer um depoimento sobre a saúde mental dos surfistas de alto rendimento, citando o caso da ginasta Simone Biles, que desistiu de participar das Olimpíadas por conta de uma crise de ansiedade, para fazer um paralelo entre a aposentadoria de Julian Wilson e os ataques de ‘haters’ brasileiros que o japonês Kanoa Igarashi vem sofrendo nas redes sociais.

A gente vive uma alegria e uma tristeza ao mesmo tempo”, disse Mineiro, falando também sobre a decisão de se aposentar.

Quando disse que iria me aposentar, a minha própria esposa me perguntou, mas ‘por que? Afinal, eu estava ótimo fisicamente”, disse o surfista, revelando que foi diagnosticado com a chamada “Síndrome de Burnout” em 2020, por estar exausto mentalmente.

Leia também:

+ Como funcionou o critério de julgamento do surf nas Olimpíadas

+ Atletas consagrados comentam polêmica eliminação de Gabriel Medina

+ Pâmela Rosa fala sobre polêmica de Kelvin com Bufoni: ‘penso como ele’

Também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, o “Burnout” é um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico resultante de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.

Eu não tinha mais vontade de surfar e foi então que resolvi tomar a decisão de me aposentar das competições. Sei que meu corpo aguentaria mais alguns anos, mas a cabeça não quer acompanhar”, contou o capitão da “Brazilian Storm”.

Adriano também falou sobre Gabriel Medina, chamando atenção para o ano difícil pelo qual vem passando o bicampeão mundial no plano pessoal, em relação à crise familiar e ao assédio da grande mídia, e que, mesmo assim, segue performando em alto rendimento e liderando o circuito mundial.

Mineiro lembrou das provocações feitas à Medina nas redes sociais, sobretudo em relação à tentativa de levar sua esposa, Yasmin Bruntet, às Olimpíadas e a recusa do COB, e como essa situação pode desgastante para um atleta. “Gente, isso pesa. São pequenos detalhes que vão somando”, avaliou, convocando os fãs para enviem mensagens de incentivo para Medina, ao invés de cobranças e provocações.

Souza conclui seu vídeo pedindo para que todos reflitam sobre os ataques que de ‘haters’ brasileiros a Kanoa Igarashi:

Ele só fez o trabalho dele e não tem culpa nenhuma pelo que aconteceu. Precisamos respeitar o atleta”, concluiu.

Confira o depoimento na íntegra:


Últimas Notícias