Surf, Stand Up, Kite e Windsurf, e música, gastronomia e artes, são algumas das atrações do Master Of The Ocean, que acontece na República Dominicana

Por Redação

O Master Of The Ocean 2020 começou na praia de El Encuentro, região de Cabarete, que acontece na República Dominicana.

Veja também: Pra fazer a cabeça: Existe surf em Amsterdã!

O grande festival teve início com ondas de 4 a 6 pés, que abriam com boas condições, para deleite dos watermen que foram pra água para a disputa das baterias de surf, uma das modalidades da competição.

Na primeira bateria do dia, o waterman havaiano Zane Schweitzer (que já esteve no Brasil em mais de uma oportunidade) confirmou o favoritismo no surf ao imprimir performance sólida para vencer a bateria inaugural e dar um bom cartão de visitas aos adversários, o local Diego Anta e o alemão Christopher Buenger.

No embate seguinte, séries maiores entraram no line up e Francis Gonzales levou a melhor para cima da promessa dominicana Sammy Perez Hults; e Anthony Collar.

E no terceiro desafio, o vencedor do último Master of the Ocean Luciano Gonzalez apostou nas esquerdas, e entre aéreos e floaters tirou as melhores notas dos juízes, deixando para trás o legend Brian Talma e a atleta estoniana Marja Kvistik.

Agora é esperar o vento para soprar para as provas de wind e kitesurf. Na terça-feira pela manhã, as baterias de SUP estão confirmadas.

SURF NA REPÚBLICA DOMINICANA: UMA VIAGEM À HISTÓRIA DA AMÉRICA

Situado na costa da República Dominicana, Puerto Plata é um destino certo para quem busca surfar boas ondas. Contudo, é um local imprescindível para os amantes da história e da cultura da América.

Os monumentos, construções coloniais, arquitetura particular e ruínas que conservam os primeiros rastros da chegada de Cristovão Colombo na América, primeiro ponto onde o desbravador aportou na América, permitem que os visitantes experimentem a cada passo uma verdadeira viagem à história do continente.

Imponente, em uma das pontas do Malecón da cidade está a Fortaleza San Felipe, umas das fortificações mais antigas do Novo Mundo. Construída em 1577, a  Fortaleza San Felipe é um museu que exibe canhões originais que miram o Atlântico e armas antigas, além de ser um passeio bonito para desfrutar do pôr-do-sol no mar.

Também vale explorar as ruínas de La Isabela, o primeiro assentamento espanhol no Novo Mundo, fundado por Cristóvão Colombo em sua segunda viagem, em 1493.

Mar, montanhas, vales verdes, rios e uma grande quantidade de praias se combinam com plantações de cacau e café.

Um dos passeios imperdíveis é chegar, de teleférico, ao topo da colina Isabel de Torres, a 800 metros de altura, um dos lugares mais emblemáticos da região, marcado por um gigantesco Cristo Redentor. Uma vez ali, só resta aproveitar as vistas maravilhosas para as praias do Atlântico.

Esportes na República Dominicana

A República Dominicana oferece uma variedade de esportes, atividades de lazer e entretenimento, além de experiências culturais únicas, como a dança, festas de carnaval e outras especialidades dominicanas, como charutos, rum, chocolate, café, âmbar e larimar (pedra rara e exclusiva do país).

Entre a aventureira Puerto Plata, onde rola o surf, a exuberante Samaná, a histórica Santo Domingo, a ensolarada Punta Cana, a luxuosa La Romana e a alegre Barahona, há um país em que cada região que tem muito a oferecer para qualquer viajante.

A República Dominicana tem uma reputação mundial por seu povo caloroso e hospitaleiro.

Visite o site oficial do Ministério do Turismo da República Dominicana: godominicanrepublic.com