Publicidade:

6 cuidados essenciais para preservar sua prancha de surf

Por que encurtar a vida de suas pranchas de surf, quando com um pouco de cuidado, elas podem desfrutar de vida longa e plena? Confira a seguir seis cuidados para manter o principal equipamento do seu surf em dia:

1) Evite luz solar direta e calor extremo

Não se engane; sol e o calor são inimigos da sua prancha e a exposição a altas temperaturas pode levar a vários problemas que podem realmente impactar na vida útil da prancha. A delaminação é um bom exemplo disso, ou seja, quando a película protetora externa da placa (a camada de fibra de vidro e resina) se afasta da espuma. Isso resulta em bolhas grandes indesejadas em sua prancha de surfe. Consertar uma prancha de surf delaminada é caro e também adiciona áreas aleatórias de peso aumentado (devido à resina extra usada) que acaba afetando o desempenho. As áreas fixas normalmente envelhecem também o quadro, diminuindo seu valor.

Leia também: 
+ Surfista encontra ‘prancha mágica’ perdida há quatro anos
+ Como é feita uma prancha de surf? Assista ao vídeo
+ Surfista e shaper Tyler Warren compartilha sua filosofia sobre pranchas

A luz solar direta também leva ao amarelamento da prancha, transformando partes de uma prancha branca em uma tonalidade amarelada. O resultado é uma prancha com aparência mais velha e gasta, o que também afeta seu valor.

Exposição ao sol e principais problemas de calor:

– Delaminação
– Enfraquecimento e fissuração da camada externa de fibra de vidro e resina
– Amarelecimento da prancha de surf

Na praia

Se você estiver na praia e não tiver como fazer sombra no quadro, é melhor usar sua bolsa de prancha e algumas toalhas sobressalentes para mantê-la fria. Mantenha as toalhas molhadas e cubra a prancha com elas, para que a prancha não pegue os raios do sol. Coloque a bolsa de prancha em cima das toalhas molhadas para que também a proteja dos raios solares. Não coloque a prancha dentro da capa até sair da praia. Abaixo, certifique-se de cavar na areia para que você possa acessar um pouco de areia mais fria. Certifique-se de que a parafina esteja voltada para baixo. Isso é muito importante porque a cera não derreta.

Dicas importantes durante um dia quente e ensolarado:

– Nunca deixe sua prancha de surf no carro;
– Nunca deixe a prancha de surf no teto do seu carro;
– Se você estiver na praia, mantenha a prancha bem sombreada.

2) Mantenha sua prancha bem guardada

Não apenas apoie sua prancha contra a parede e torça pelo melhor.

Mesmo se você tiver apenas uma prancha, é sempre uma prática recomendada prendê-la e protegê-la de danos.

Se você precisar colocar a prancha na vertical, certifique-se de colocá-la em um sistema de rack e de ter algum tipo de acolchoamento de espuma no chão, assim como na parede, caso contrário, a rabeta pode ser danificada. Não encoste a prancha em uma parede de concreto e não coloque-a no chão de concreto.

O ideal é colocar a prancha em uma capa de pranchas – e pendurá-la horizontalmente na parede. Ele tem muito menos chance de cair no chão e ser danificado. Não se esqueça de secar após o uso e verifique se há manchas frescas. Armazene a prancha em local que não receba muito sol, seja bem ventilado e permaneça fresco.

Dicas:

Construir ou comprar um sistema de rack;
– Quando armazenado verticalmente, certifique-se de que o piso e a parede sejam acolchoados;
– O ideal é armazenar a prancha horizontalmente em uma parede, com segurança em uma bolsa de prancha de surfe;
– Sempre seque sua prancha após o uso;
– Certifique-se de que a sala esteja bem ventilada e fresca.

3) Sempre verifique se há danos – e conserte.

Assim que você voltar das ondas, seque sua prancha e verifique se há alguma rachadura (ding). Dings também são seus inimigos e precisam ser consertados o mais rápido possível. Eles podem facilmente passar despercebidos, mas o dano resultante pode afetar enormemente o desempenho, a vida útil e o valor da prancha.

A maioria dos dings pode ser consertada em casa, por você – dentro de 15 minutos ou mais. A menor das rachaduras pode ser corrigida usando uma resina / fibra de vidro tudo-em-um. Mas se você não tiver certeza sobre como consertar sua prancha, procure um especialista.

Para dings maiores, ou para danos que você prefere não atacar sozinho, não surfe até que a prancha esteja consertada e certifique-se de secá-la antes de levá-la ao seu shaper local ou especialista em ding.

É bastante comum os surfistas colocarem um pouco de parafina sobre um pequeno ding para mantê-lo à prova d’água – especialmente se perceberem uma pequena rachadura antes de remar para o surf.

Embora possa parecer uma boa ideia, a parafina pode ser facilmente removida e não garante vedação segura. É mais do que provável que a água vaze para dentro e cause danos. É muito melhor carregar um pequeno kit de reparo de ding em seu carro que inclui uma mistura de resina de cura rápida que endurece em segundos. Se for um dia sombrio (e sem sol), você pode ter dificuldade para “endurecer” a mistura de resina completa. Neste caso, sugerimos um pouco de fita adesiva. Mas certifique-se de remover e consertar os danos assim que você estiver em casa e a placa estiver seca.

Dicas:

– Verifique se há dings após cada surf;
– Corrija problemas básicos sozinho;
– Leve o kit básico de ding em seu carro (incluindo mistura de resina de cura rápida).

4) Troque sua cera de vez em quando

Pelo menos algumas vezes por ano, crie o hábito de retirar a parafina velha da prancha para detectar facilmente rachaduras e outros amassados ​​que possam estar escondidos embaixo. Uma pequena rachadura no deck pode causar muitos danos. Se isso não for ruim o suficiente, aplicações infinitas de parafina também aumentarão o peso da sua prancha, o que também pode afetar o desempenho.

5) Enxaguar o sal

Assim que você voltar das ondas, enxágue sua prancha. Aqueles que usam uma roupa de neoprene geralmente enxáguam a roupa de neoprene, então sempre que você fizer isso, apenas enxágue a sua prancha de surfe também e depois enxágue até que esteja seca. Claro, certifique-se de fazer isso com água doce (não do oceano!). O sal é corrosivo e, embora o enxágue da fibra de vidro não seja questão tão urgente, enxaguar com água doce irá mantê-la com uma aparência mais nova com o tempo. Certifique-se de enxaguar as quilhas e caixas de quilhas, pois podem corroer e degradar.

6) Invista em uma capa de prancha de surf

Se escolher apenas uma de nossas dicas, deve ser esta. Investir em uma bolsa de prancha certamente manterá a condição da prancha e, embora possa parecer um investimento caro, realmente vale a pena. As capas para pranchas de surfe podem durar décadas se forem tratadas com cuidado.

Na verdade, não é apenas um bom investimento para quem não planeja surfar no exterior. Uma capa de prancha de surfe sempre deve ser usada se você for para a praia com sua prancha. Sem dúvida, a maioria dos pequenos danos à prancha de surfe ocorre quando você está viajando para a praia – e especialmente no estacionamento. Batê-lo contra algo quando você o está puxando para fora do carro ou quando você está colocando-o no chão é comum. É certamente uma boa prática manter sua prancha na capa até o último minuto, quando você estiver 100% pronto para sair para o surf. E lembre-se de não amarrar a placa em seu rack de teto com muita força ou você pode amassar a placa. Este é outro motivo pelo qual é bom ter um saco mais grosso. Se preferir deslizar a prancha para dentro do carro, coloque-a sempre numa capa, caso contrário a parafina irá espalhar-se pelo estofamento, o que é muito difícil de se livrar. Gotas de água salgada e areia também serão absorvidas e potencialmente danificarão o interior se estiverem dentro da capa.

Evite comprar capas de pranchas de surf baratas que oferecem pouca proteção e procure comprar uma com 8-10 mm de espessura e um material prateado reflexivo para refletir o calor. Bolsas mais grossas fornecem acolchoamento e proteção extra necessários para prender sua prancha de surfe no teto do carro e, claro, se você estiver voando com sua prancha favorita para uma viagem no exterior. Quando viajar para o exterior, certifique-se de embalar sua prancha plástico-bolha extra para proteção adicional e prenda algum isolamento de tubo ao redor das partes pontudas de suas pranchas. As companhias aéreas nem sempre lidam com as pranchas de surfe com cuidado e não há nada pior do que chegar ao destino dos seus sonhos com uma prancha danificada.

Dicas:

– Compre uma capa de prancha de surfe de 8-10 mm de boa qualidade;
– Sempre mantenha sua prancha de surf em sua capa;
– Mantenha a prancha na bolsa até estar pronto para surfar;
– Tenha cuidado para não amarrar a prancha de surf no telhado com muita força;
– Ao transportar sua prancha de surf dentro do carro, sempre use uma capa de prancha
– Pacote com plástico bolha extra e isolamento de tubo ao voar

Se você seguir nossas dicas, certamente aumentará as chances de sua vida útil e valor de revenda. Certifique-se de cuidar bem de sua prancha fora da água e invista em uma capa grossa de prancha, pois elas duram anos. Comece a consertar seus próprios dings também faça do hábito de verificar a condição da sua prancha de surfe após cada sessão de surf uma rotina.


Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias