Publicidade:

o retorno de pablo

Por Lucas Franceschini Mais uma vez os brasileiros chegaram nas retas finais de uma etapa do WQS. No evento francês, em Lacanau, Alejo e Guigui formaram a dupla na disputa decisiva. Domingo, na Espanha, o cearense Pablo Paulino ficou com o vice após perder para o neozelandês Billy Stairmand, e fez seu primeiro pódio desde outubro do ano passado, quando se sagrou campeão sul-americano no Eco Surf Festival, na Bahia. Heitor Alves e Pedro Henrique saíram com a quinta colocação. Devido as más condições da praia de Pantín, o último dia foi encerrado em Marnela com ondas que não passavam de 2 pés. Mesmo com o mar pequeno, Paulino encaixou o seu surf e superou adversários difíceis, como o compatriota Heitor Alves nas quartas e o francês Tim Boal, ex-top do WT, nas semis. Nessas duas baterias, o cearense conseguiu excelentes somatórias acima dos 16 pontos. Na bateria final contra o neozelandês, Pablo não teve sorte com a tática que escolheu. “A final não teve as mesmas ondas das semis e fiquei esperando por uma que nunca veio”, disse Paulino. “Estou muito feliz com esse resultado que foi o melhor que tive esse ano. Não estou muito bem no ranking, me sinto pressionado, então este resultado é para o meu patrocinador também. Meu sonho é conseguir um melhor desempenho nos próximos campeonatos.” Para Reinaldo “Dragão” Andraus, diretor de marketing da Hawaiian Dreams, que desde maio desse ano é a atual patrocinadora de Paulino, o vice do cearense não foi algo que o pegou de surpresa. “O resultado de Pablo era uma coisa que já esperávamos. Ele vem fazendo, há um bom tempo, um ótimo trabalho com seu treinador Pedro Robalinho.” Robalinho ficou satisfeito com a atuação de seu pupilo e afirmou que o melhor ainda está por vir. “Pablo teve uma performance quase impecável durante todo o evento. Experimentou diferentes condições e adversários. Acredito que ele colocou em prática tudo o que sabia em ondas pequenas. Paulino mostrou que amadureceu e teve uma grande melhora também no aspecto comportamental, o que faz toda a diferença. Com certeza, o nascimento de seu filho Juan teve grande influência em tudo isso.” Com o vice em Pantín, Pablo passou a ocupar 62º posição do world ranking da ASP. Confira o vídeo do dia decisivo. http://www.youtube.com/watch?v=qfoFBOqF20Q

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias