24 C
Hale‘iwa
sábado, 13 abril, 2024
24 C
Hale‘iwa
sábado, 13 abril, 2024

Alejo Muniz explica ausência no Tahiti

 


Primeiro substituto de Jordy Smith, Alejo Muniz não participará do Billabong Pro Tahiti 2015. Foto: Reprodução

Líder do ranking unificado da WSL, Alejo Muniz explicou o motivo de ter recusado a vaga de alternate no Billabong Pro Tahiti – a sétima etapa do Tour, que pode começar nesta sexta-feira no Tahiti.

O surfista seria chamado para substituir o sul africano Jordy Smith, mas alegou problemas com o visto estadunidense para explicar a recusa à vaga. 

“Fala pessoal. Está todo mundo me perguntando o que foi que houve sobre a minha recusa para a etapa do Tahiti. Foi o seguinte: estou com problema no visto americano, descobri na volta do US Open. Em seguida, assim que cheguei ao Brasil, dei entrada e estamos refazendo todo o processo para garantir minha ida para o Hawaii e Califórnia.


Foi quando recebi a confirmação oficial da WSL sobre a desistência de dois atletas do CT e o convite para participar da etapa. Infelizmente não tinha a menor possibilidade de conseguir resolver tudo a tempo, por isso não pude embarcar nessa.


Com toda certeza, mais do que qualquer um, eu queria muito poder surfar em Teahupoo nessa etapa dos sonhos! Fica para 2016!

Deixo a minha torcida para todos os brasileiros que estarão lá representando a gente, parabéns ao Bruno Santos pela classificação nos trials e vamos torcer muito! Abraços!”, publicou o surfista em seu perfil nas redes sociais.

O Billabong Pro Tahiti pode começar nesta sexta-feira em Teahupoo! Confira as baterias do Round 1.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias