Publicidade:

“Eu poderia estar morto”

 

Há algumas semanas, Laurie Towner sofreu o wipeout “mais aterrorizante de sua vida” em Teahupoo, no Tahiti. Os danos foram sérios: rosto dilacerado, mandíbula quebrada, pontos no olho, e uma perfuração no pescoço que por pouco não atingiu a artéria. Poderia ter sido fatal. Mas Towner sobreviveu; e pela primeira vez comentou sobre o acidente.

A sessão foi patrocinada pela equipe de Holywood, que alugou a bancada taitiana durante um big swell inesperado para a filmagem de Point Break 2 (Caçadores de Emoções). Towner era um dos surfistas duble.

“Eu sou muito grato e sortudo por ainda estar aqui. Esse foi provavelmente o pior wipeout, ou o mais aterrorizante, que já sofri. Eu sou super sortudo de estar bem. Se eu tivesse ficado mais tempo desmaiado na água eu poderia estar morto”, conta o surfista.  

No vídeo acima, o filmmaker Tim Bonython quebra o silêncio, entrevista Laurie Towner, ainda claramente debilitado, e divulga as imagens do wipeout pela primeira vez.

Assista!

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias