26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

18ª edição do Sul-Americano de Wakesurf consolida Brasília como potência do esporte

A 18ª edição do Sul-Americano de Wakesurf — que aconteceu na Ponte JK, em Brasília — chegou ao fim no domingo, 5 de março. A competição trouxe mais de 70 atletas de diversas partes do Brasil e da América Latina, e consolidou ainda mais o calendário da modalidade na capital federal com um excelente público que compareceu na orla.

André Romão, organizador da prova, relembra, o início de tudo quando em 1995 surfavam o Brasiliense de Surf em Garopaba, Santa Catarina. “Brasília não tem praia, mas temos um lago limpo com ótimas condições de praticar esportes náuticos nele. Podemos nos divertir e fazer bons campeonatos com essa edição do Sul-Americano”, afirmou o promotor.

As águas do Lago Paranoá estavam repletas de praticantes do caiaque, remo e Stand Up Paddle. Para Romão, o evento é para todo mundo e atingiu o objetivo de dar visibilidade ao Wakesurf.

+ Lucas Silveira vence o Hang Loose Pro Contest 2023

“O sol de Brasília esteve encantador e muitas pessoas nos prestigiaram. Agora a meta é trazer mais gente para as próximas competições e quem sabe atletas de outras partes do mundo para a gente realizar uma etapa do Campeonato Mundial”, contou.

No Wakesurf o surfista é rebocado por uma lancha que reproduz o formato de uma onda e no momento em que o atleta está firme sobre a prancha, ele solta o cabo e literalmente surfa realizando manobras radicais.

+ MEO Rip Curl Pro Portugal divulga baterias

Um dos atletas mais renomados do Brasil, Marcos Protta, que tem no currículo cinco brasileiros, três ouros em etapas de mundiais, competiu em três categorias e gostou do seu desempenho nas águas do Lago Paranoá.

“Foi divertido e consegui tirar bom proveito das minhas voltas. Seguirei treinando forte para continuar representando bem o Brasil nas competições internacionais”, disse.

Para frente, Protta tem no calendário duas etapas do Mundial. A primeira será em Madri em junho e a segunda em julho na Inglaterra. O candango também disputará uma competição nos Estados Unidos, em Orlando, no mês de setembro.

A 18ª edição do Sul-Americano de Wakesurf foi realizada pela Abrawakesurf, por meio do Termo de Fomento com a Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal – Setur e conta com apoio da Malibu Boats, Pepsi Black, Cerveja Corona, Mormaii, JBL e Monster Energy.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias