29 C
Papeete
sexta-feira, 14 junho, 2024
29 C
Papeete
sexta-feira, 14 junho, 2024

Cascais Pro: Jadson quebra


Jadson André não dá chances ao americano Conner Coffin na decisão. Foto: ASP/Masurel

Por Felipe Fernandes

O brasileiro Jadson André reinou em terras portuguesas. O potiguar sagrou-se campeão do Cascais Pro, evento com status Prima da ASP, encerrado neste sábado, nas ondas de Caravelos, Portugal. 

Desde o início da prova o brasileiro dava pinta de que veio para ganhar. Na luta por uma vaga para voltar a elite do surf mundial em 2014, Jadson sabia que a vitória neste Prime praticamente o colocaria novamente entre os melhore do mundo – e foi isso que ele buscou. 

O local de Praia Negra atropelou impiedosamente quem cruzou seu caminho. Com ótimas atuações durante toda a prova, Jadson terminou com três notas entre as cinco melhores do evento – incluindo um 10 unânime na final contra o californiano Conner Coffin – falando nisso, e que final!

Único brasileiro que sobreviveu ao round dos 16 melhores, Jadson estava elétrico e soube impor seu ritmo. Conner ficou a espera das melhores ondas mas quem encontrou foi o brasileiro. 

No meio da bateria, Jadson se posicionou bem e correu por dentro de um expresso muito longo. Quando todos achavam que ele não sairia, o potiguar escapou pela “porta do cachorro” no último segundo, e surgiu de dentro da espuma da onda com os braços levantados sob o grito da torcida da praia. 

"Isso é incrível, Portugal é um lugar muito especial para mim. Já fui campeão mundia pela ISA aqui e quando tive 100% de certeza que me classifiquei para o Tour em 2009 eu também estava aqui. Eu estava precisando de um grande resultado e uma vitória aqui vai ser muito importante novamente. Trabalhei duro para ganhar este evento. É um momento especial", declara o campeão. 

Apesar de matematicamente ele ainda não estar confirmado na elite, na prática, sua vaga esta quase assegurada. Um final perfeito para potuguar voador. Possívelmente teremos o prazer de ver Jadson competir novamente entre os melhores surfistas do mundo no próximo ano.

Final

1 Jadson Andre (BRA) 16.50
2 Conner Coffin (USA) 7.10

Semifinal

1 Conner Coffin (USA) 13.34 x Carlos Munoz (CRI) 13.20
2 Jadson Andre (BRA) 14.14 x Jeremy Flores (FRA) 9.44

Quartas de final

1 Carlos Munoz (CRI) 16.57 x Mitch Crews (AUS) 8.23
2 Conner Coffin (USA) 14.43 x Jonathan Gonzalez (CNY) 13.66
3 Jadson Andre (BRA) 13.67 x Granger Larsen (HAW) 8.44
4 Jeremy Flores (FRA) 16.43 x Adam Melling (AUS) 11.50

Round dos 16 melhores

1 Carlos Munoz (CRI) 15.17 x Bede Durbidge (AUS) 6.00
2 Mitch Crews (AUS) 12.76 x Gabriel Medina (BRA) 12.20
3 Jonathan Gonzalez (CNY) 10.67 x Maxime Huscenot (FRA) 9.10
4 Conner Coffin (USA) 16.40 x C.J Hobgood (USA) 14.94
5 Jadson Andre (BRA) 12.57 x Wade Carmichael (AUS) 9.70
6 Granger Larsen (HAW) 14.17 x Kiron Jabour (HAW) 9.83
7 Adam Melling (AUS) 16.67 x Krystian Kymerson (BRA) 9.26
8 Jeremy Flores (FRA) 14.30 x Travis Logie (ZAF) 12.24

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias