26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024

Quiksilver Pro Gold Coast: Dia 3

Por Kevin Assunção

As direitas de Snapper Rocks mantiveram os 4 pés neste domingo (10), para a conclusão do Round 2 e da metade da terceira fase do Quiksilver Pro Gold Coast.

O terceiro dia de competição não foi bom para os brasileiros: Alejo Muniz, Filipe Toledo e Raoni Monteiro foram eliminados. Apenas Gabriel Medina segue na competição.

Logo após a bateria disputada entre Dusty Payne, o vencedor, e Owen Wright, que perdeu por 0.01, Raoni entrou no mar para enfrentar Jeremy Flores, pelo Round 2.

O surfista de Saquarema combinou rasgadas, cutbacks e aéreos em duas ondas, que valeram iguais 5.67 pontos. Jeremy foi mais feliz na escolha das direitas e aplicou sequências de manobras no crítico, que o classificaram com 15.23 de somatória.

Na repescagem, Filipe Toledo venceu a primeira bateria como Top 34. O ubatubense se garantiu no Round 3 depois de espremer uma onda até o inside nos segundos finais. Filipinho teria pela frente Taj Burrow, o atual campeão da etapa.

Toledo e Burrow se enfrentaram na terceira bateria da terceira fase. Depois de 22 minutos na água, Filipinho tinha 13.43 somados e a maior nota do duelo. Ele recebeu 8.43 ao conectar 10 manobras, incluindo um aéreo reverse e rasgadas com pressão e invertendo a rabeta.

No entanto, antes de sair a nota do brasileiro, Taj tirou 6.83 pontos por ligar quatro manobras em uma onda espumada. Com nota 7.83 que recebeu no início do confronto, ele acumulou 14.66. Filipinho ficou com a prioridade, mas não conseguiu os 6.23 que precisava.

Trinta minutos depois, Alejo Muniz e Michel Bourez protagonizaram a melhor bateria do dia. O taitiano impressionou novamente: em um minuto, ele já tinha surfado duas direitas e somado 17.90 pontos.

Alejo reagiu três minutos depois, com cinco manobras bem conectadas que valeram 8.50. A última onda boa foi pega pelo catarinense. Ele executou três rasgadas – sendo uma jogando as quilhas para fora – e uma batida na junção. Recebeu 9.07, 0.34 a menos do que precisava.

Na sequência, Joel Parkinson eliminou Dane Reynolds. O campeão mundial sacramentou a vitória com quatro rasgadas potentes, que o renderam a maior nota do domingo (9.87). 

Jeremy Flores e Julian Wilson também venceram suas baterias e avançaram para o Round 4, que é não-eliminatório.

Único brasileiro na competição, Gabriel Medina vai enfrentar o americano Brett Simpson, no décimo duelo do R3.

JJ fora
Instantes antes de começar o Round 3, John John Florence informou que não poderia continuar na competição. O havaiano machucou o tornozelo na Expression Session de sábado, quando voltava de um aéreo 360º de frontside. Com isso, Adam Melling avançou para o Round 4.

 A próxima chamada está marcada para segunda-feira (11), às 6h30 – ainda domingo no Brasil, às 18h30 (Brasília). Acompanhe ao vivo aqui.

Confira os resultados do terceiro dia de Quiksilver Pro Gold Coast e as próximas baterias do Round 3.

Round 2
5. Dusty Payne (HAW) 14.44; Owen Wright (AUS) 14.43
6. Jeremy Flores (FRA) 15.23; Raoni Monteiro 11.34
7. CJ Hobgood (USA) 15.00; Tiago Pires (PRT) 13.66
8. Nat Young (USA) 15.50; Adrian Buchan (AUS) 12.60
9. Adam Melling (AUS) 15.90; Damien Hobgood (USA) 8.80
10. Filipe Toledo 13.80; Kieren Perrow (AUS) 12.60
11. Kai Otton (AUS) 14.90; Glenn Hall (IRL) 11.10
12. Sebastian Zietz (HAW) 16.37; Kolohe Andino (USA) 14.93

Round 3
1. Adam Melling (AUS) 00.00; John John Florence (HAW) 00.00
2. Jeremy Flores (FRA) 15.50; Kai Otton (AUS) 13.13
3. Taj Burrow (AUS) 14.66; Filipe Toledo 13.43
4. Julian Wilson (AUS) 13.80; Sebastian Zietzz (HAW) 12.27
5. Michel Bourez (PYF) 17.90; Alejo Muniz 17.57
6. Joel Parkinson (AUS) 16.04; Dane Reynolds (USA) 14.77
7. Kelly Slater (USA); Dusty Payne (HAW)
8. CJ Hobgood (USA); Bede Durbidge (AUS)
9. Josh Kerr (AUS); Matt Wilkinson (AUS)
10. Gabriel Medina; Brett Simpson (USA)
11. Jordy Smith (ZAF); Travis Logie (ZAF)
12. Mick Fanning (AUS); Nat Young (USA) 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias